Países com menor custo de vida: veja 10 boas opções

Morar fora do país é o sonho de grande parte das pessoas. Veja alguns dos principais países que oferecem um custo de vida baixo:

Escrito por Lucas Proença

Por que confiar no iDinheiro?

Responsabilidade editorial: Nosso editores são especialistas nas áreas e isentos nas avaliações e informações. Nosso objetivo é democratizar e simplificar o acesso a produtos e serviços financeiros sem viés. Conheça nosso código editorial.

Como ganhamos dinheiro?

Podemos ser comissionados pela divulgação e cliques nos parceiros. Isso também pode influenciar como alguns produtos aparecem na página, sempre com a devida identificação. Entenda como o site ganha dinheiro.

Política de Cookies: Nosso site utiliza cookies para estatísticas gerais do site e rastreamento de comissões de forma anônima. Nenhum dado pessoal é coletado sem seu consentimento. Conheça nossa política de privacidade.


Se você está pensando ou tem o desejo de se mudar do Brasil para morar no exterior, é importante saber quais são os países com menor custo de vida antes de escolher o seu destino.

Afinal, existem diversos países que oferecem um custo de vida bem mais atrativo que o do Brasil, ou seja, o seu sonho pode estar mais próximo da realidade do que você pensa.

A revista americana International Living listou dez destinos tão baratos para se viver que se você possuir uma boa poupança guardada, talvez não precise nem trabalhar para conseguir se manter nos primeiros meses.

E a boa notícia é que não são quaisquer países. São locais paradisíacos e com uma belíssima infraestrutura. Confira a lista a seguir!

1- Panamá

Localizado próximo aos Estados Unidos, o Panamá possui uma boa saúde pública e muitas pessoas que falam inglês. O custo de vida para quem mora no país pode chegar a menos de US$ 1 mil por mês.

Além disso, o país possui uma infraestrutura de internet boa o bastante para quem pretende trabalhar online de casa. Outro ponto positivo é a facilidade para retirada de visto.

De acordo com especialistas, é perfeitamente possível viver com um padrão de vida alto sem gastar muito no país. 

2- Costa Rica

De acordo com o levantamento feito pela revista americana, a Costa Rica aparece em segundo lugar entre os países com menor custo de vida para se morar.

Segundo a editora, no país é possível andar de cavalo, pescar, surfar, jogar golfe e realizar outras séries de atividades em um clima quente e bastante agradável.

A região mais indicada para morar é a do Vale Central, onde o aluguel de uma casa “grande” sai por cerca de US$ 500. Além disso, restaurantes locais oferecem uma comida de ótima qualidade por US$ 4 a refeição.

3- México

Em terceiro lugar, na América do Norte, temos o México entre as melhores opções de países baratos para morar.

Uma boa indicação é a cidade de Playa del Carmen, que inclusive costuma atrair uma grande quantidade de turistas.

O município é o lugar perfeito para quem deseja morar em uma cidade litorânea com infraestrutura urbana. O custo de vida médio de um casal nesta região é de cerca de US$ 1500 mensais.

4- Portugal

Portugal é um dos países mais acessíveis da Europa para se morar. Um casal consegue, por exemplo, viver com cerca de US$ 2200 por mês na capital Lisboa.

Em cidades menos populosas, o custo de vida é ainda menor. Por isso, a dica é procurar por cidades próximas, como Mafra e Ericeira.

Nesses locais, é perfeitamente possível viver com cerca de US$ 2000 por mês.

5- Equador

Chegando na América do Sul, temos o Equador entre os países que oferecem um baixo custo de vida.

Além de contar com cidades modernas como Quito e Cuenca, o país possui moradores bastante receptivos, serviços de qualidade e um custo de vida bem baixo.

Na cidade de Cuenca, por exemplo, o custo de vida chega a aproximadamente US$ 1200. Valor que é capaz de proporcionar uma vida bastante tranquila em praticamente qualquer cidade do país.

6- Colômbia

Na grande cidade de Medellín, na Colômbia, um casal consegue viver perfeitamente com cerca de US$ 2000 por mês. Esses custos são ainda menores para pessoas sozinhas.

Quem optar por morar no país, irá conhecer uma cidade bastante sofisticada, repleta de cultura e uma gastronomia de grande qualidade com preços bem acessíveis.

Para se ter ideia, há restaurantes de ótima qualidade no país que oferecem pratos a partir de US$ 10.

7- França

Embora muitos pensem que não, a França também faz parte da lista de países com menor custo de vida.

Um fator que contribui bastante para isso é o sistema de saúde do país, que proporciona cobertura universal e garantida a todos os residentes, até mesmo os expatriados.

No entanto, é importante saber que o custo de vida varia de acordo com a cidade escolhida. Em Paris, por exemplo, o custo de vida é bastante elevado.

Por outro lado, em cidades como Charantes e Auvergne é perfeitamente possível viver de maneira bem confortável com cerca de US$ 2200 mensais por casal.

8- Espanha

Na Espanha, itens básicos de supermercado como vegetais e outros alimentos costumam ser bem baratos, o que é um fator importante para quem está em busca de um baixo custo de vida.

Outro ponto positivo do país é que, para quem mora na região urbana, não é preciso de carro para se locomover, pois tudo é próximo e o transporte público dá conta do recado. Ou seja, você não vai precisar gastar com combustível.

Na capital Madri, por exemplo, é possível viver bem com uma renda mensal de US$ 2.000.

9- Malásia

Chegando no continente asiático, temos a Malásia como um país barato para morar. Um casal consegue viver de forma confortável no país com cerca de US$ 1400 por mês, incluindo todas as despesas.

Moradia, transporte público e a alimentação são grandes atrativos. É possível, por exemplo, fazer qualquer refeição gastando menos de US$ 5 por pessoa.

Além disso, grande parte da população fala inglês, ou seja, o idioma não será um grande problema.

10- Vietnã

Fechando a lista de países com menor custo de vida temos o Vietnã, onde é possível viver de forma moderada com aproximadamente US$ 500 por mês por pessoa.

No entanto, para um casal é possível viver confortavelmente com cerca de US$ 1100 mensais. Esses valores incluem aluguel, alimentação, serviços de saúde, entre outros gastos eventuais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Participe das Comunidades do iDinheiro.