Confira os erros frequentes do app Caixa Tem e aprenda a solucioná-los agora mesmo!

 

O objetivo do aplicativo Caixa Tem, lançado em abril deste ano, era facilitar o acesso e as transações dos milhões de brasileiros que foram contemplados pelo Auxílio Emergencial ou outros projetos do governo para lidar com a crise que se instaurou por aqui.

Apesar de todos os benefícios que podem ser percebidos pela ideia do app, na prática, a situação é um pouco diferente.

Continua após a publicidade:

Muitos usuários relataram problemas para utilizar funções básicas — no início, por exemplo, não era possível fazer login em celulares iPhone — e, no post de hoje, vamos falar um pouco mais sobre as principais delas. 

Além disso, você também poderá descobrir algumas formas de solucionar os problemas. Vamos lá?

Erros frequentes do app Caixa Tem no iPhone

Conforme adiantamos, no início do processo de cadastro e aprovação do Auxílio Emergencial, usuários que tinham telefones com o sistema operacional iOS, da Apple, não conseguiam nem ao menos fazer login no app.

Continua após a publicidade

O aplicativo que estava disponível era uma versão desatualizada, que servia para correntistas da Caixa acessarem o saldo do FGTS, abono do PIS ou fazer demais movimentações. 

Por isso, podemos dizer que este período foi conturbado para aquelas pessoas que precisavam fazer suas consultas ou acessar a primeira parcela do benefício.

No momento em que ela foi liberada, uma série de usuários relataram a dificuldade e ficaram sem respostas.

O Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, atribuiu à própria Apple os atrasos, alegando uma demora na homologação do aplicativo.

Continua após a publicidade

Hoje, já é possível acessá-lo, mesmo que usuários relatem certa lentidão. 

Instabilidade por muitos acessos simultâneos

Como sabemos, o Auxílio Emergencial foi solicitado por uma quantidade gigantesca de brasileiros. Então, muitos deles costumam acessar o aplicativo de uma vez só. 

Já era de se esperar que essa sobrecarga causasse certo transtorno e, no caso do app Caixa Tem, é comum receber uma mensagem escrita com a seguinte frase: “Nenhuma conversa encontrada”.

Uma outra possibilidade é que existam falhas internas do software, que geralmente são resolvidas logo quando a equipe interna do aplicativo entende o problema e o soluciona.

Para resolver esta questão — caso ela seja justificada pelo grande número de acessos — é evitar horários de pico, considerados entre 8h e 20h.

Continua após a publicidade

A verdade é que não dá para ter certeza sobre o motivo da instabilidade. Então, mesmo que seja uma falha de software, o recomendado é buscar por horários alternativos. 

Além disso, o aplicativo passa por muitas atualizações de melhoria. Sendo assim, fique de olho e deixe sempre a versão mais nova rodando.

Pagamentos de boleto

Na hora de fazer o pagamento de um boleto, é possível receber a seguinte mensagem: “Serviço de pagamento indisponível no momento”. 

A primeira ação a se fazer, neste caso, é buscar no Google ou em redes sociais como o Twitter se existe alguma instabilidade divulgada pela própria Caixa ou outros usuários que relatam os problemas de forma frequente nas suas redes sociais.

Continua após a publicidade

Geralmente, a questão está relacionada com alguma instabilidade. Então, a solução é realmente aguardar. 

Todavia, existem casos em que a internet do usuário não está com uma boa conexão ou a versão do aplicativo é antiga. Portanto, certifique-se que seu celular está devidamente configurado. 

Erros no cadastro de um novo dispositivo

Se você está se cadastrando no app pela primeira vez, é possível receber a mensagem “Não foi possível cadastrar o dispositivo”.

Isso acontece, mais uma vez, em razão da grande quantidade de usuários fazendo a mesma ação e causando uma sobrecarga.

Desse modo, opte por fazer transações e acesso ao aplicativo nos horários alternativos que já indicamos.

Continua após a publicidade

Assim, você terá menos estresse, poderá fazer as movimentações com calma e terá tempo suficiente para fazer tudo o que precisa sem se preocupar com grandes possibilidades do aplicativo cair em meio a uma transação importante. 

Por fim, um transtorno que na verdade não é um erro, mas é uma mensagem que pode chegar para muitos usuários que não atualizaram o app: “Aplicativo desativado: favor atualizar seu aplicativo”.

Neste caso, realmente, a única saída é fazer a atualização.

A melhor forma de evitar passar por esses transtornos com o app é se informando.

Na maioria das vezes, os erros são coletivos. Sendo assim, dificilmente o problema estará no seu celular ou na forma em que você acessa o app. 

Publicidade