Quanto rende um milhão na poupança em 2021? Veja se seu rendimento supera a inflação

Rendimento da poupança e inflação parecem estar em constante conflito!
Será que vale a pena investir um milhão na poupança? Leia e descubra.

Amanda Gusmao
Amanda Gusmão

Quanto rende 1 milhão no juros da poupança atualmente em 4,38% ao ano? Se você tivesse essa quantia, aplicaria na caderneta de poupança ou em outros investimentos mais elaborados?

Quando a taxa Selic muda ou, até mesmo, quando o ganhador do prêmio milionário do Big Brother Brasil é conhecido, muitas pessoas se perguntam: quanto esse valor renderia no juros da poupança hoje? E, será que ele é o melhor investimento?

Continua após a publicidade

E, antes que você pense que isso é só uma curiosidade, adiantamos: saber quanto rende 1 milhão na poupança pode ajudar, e muito, nas suas próximas escolhas financeiras. Então, muita atenção aqui!

Quanto rende 1 milhão na poupança?

Com a rentabilidade mensal da poupança em 0,36% hoje, ao investir 1 milhão de reais na poupança, você terá um ganho em 30 dias de aproximadamente três mil e seiscentos reais, R$ 3.578,71.

Continua após a publicidade

Isso, em tese, significa que você pode retirar mensalmente este valor referente aos juros da poupança, quando estes forem pagos, e o saldo permanecerá em um milhão de reais.

Já quem planeja deixar esse valor investido por um ano, receberá R$ 43.800,00 ao final de 12 meses

Quem não retirar o rendimento todo mês terá o benefício dos juros compostos, ou juros sobre juros, que é uma forma de capitalizar o patrimônio contabilizando o montante do capital aportado mais seus rendimentos mês a mês. 

Nesse contexto, podemos determinar o valor que o investidor possuirá ao fim de períodos mais longos de aplicação (considerando a Selic constante):

Continua após a publicidade

  • Rendimento da poupança em 1 ano: R$ 1.043.800,00
  • Juros da poupança somados a aplicação em 2 anos: R$ 1.089.518,44
  • 3 anos de aplicação da poupança: R$ 1.137.239,35
  • 4 anos de aplicação na poupança: R$ 1.187.050,43
  • Rendimento da poupança 5 anos: R$1.239.043,24

Dessa forma, ao fim de 5 anos, por exemplo, o investidor terá R$ 1.239.043,24 que são provenientes dos juros da poupança (R$ 239.043,24) e do valor investido (1 milhão de reais).

Qual a rendimento da poupança hoje?

O juros da poupança hoje, depois do último ajuste da taxa Selic, está em 4,38% ao ano. Já o seu rendimento mensal, quando respeitado seu aniversário, é de aproximadamente 0,36% ao mês.

Isso porque existe uma regra em curso que, se a taxa Selic for menor que 8,5% ano ano, a rentabilidade da poupança será 70% da taxa Selic + Taxa Referencial.


Saiba como funciona a poupança, veja um comparativo dos seus rendimentos com a inflação, quais os melhores bancos para abrir conta poupança e muito mais.

Continua após a publicidade

Rendimento da poupança em 2021


Inflação e rentabilidade real: vale a pena investir na poupança?

Enquanto um milhão rende na poupança, os preços de produtos e serviços sobem por causa da inflação, o que é um movimento “natural” da economia.

Porém, quando os ganhos na poupança são menores do que o quanto os preços aumentaram, significa que os brasileiros perderam seu poder de compra. É aí que entra o conceito da rentabilidade real.

Para facilitar o entendimento, preparamos uma tabela com valores reais que traz a rentabilidade nominal (que é quanto a poupança rende de acordo com sua regra), inflação e rentabilidade real da nova poupança nos últimos cinco anos, que é quanto o investidor realmente recebe.

AnoRentabilidade NominalInflaçãoRentabilidade Real
20202,11%4,52%-2,41%
20194,26%4,31%-0,05%
20184,62%3,75%0,84%
20176,61%2,95%3,55%
20168,30%6,29%1,89%

Podemos observar o efeito da inflação sobre a rentabilidade nominal quando olhamos para a tabela acima. 

Continua após a publicidade

No ano de 2020, por exemplo, onde a rentabilidade nominal foi menor que a inflação, houve um retorno real negativo da aplicação (-2,41%).

Então, na prática, se você aplicar um milhão na poupança e no final dos 30 dias sacar o valor do rendimento (R$3.578,71) para pagar as despesas da casa, no mês seguinte, provavelmente terá que tirar os mesmos R$3.578,71, mais uma parte do um 1 milhão para pagar as mesmas contas e despesas.

Em outras palavras, você começará a corroer o patrimônio, os rendimentos ficarão cada vez menores, enquanto a inflação continuará a subir.

Ou seja, pela remuneração atual, não vale a pena investir na poupança em 2021.

Outras aplicações que pagam mais que a poupança

As melhores carteiras e bancos digitais, que tem conta gratuita, inclusive, estão oferecendo rendimento no saldo da conta que são superiores ao que a poupança paga aos seus investidores. São elas:

Continua após a publicidade

O CDI é um indicador que acompanha a taxa Selic, usada para determinar o rendimento da poupança. Isso significa que ele tem um valor muito similar.

Assim, na regra atual, a poupança paga 70% da taxa Selic + Taxa Referencial (que está quase zerada). Se o CDI é muito próximo da Selic, então, Banco Pan paga 103%, Nubank paga 100% e PagBank 200%!

E quanto rendeu 1 milhão de reais investido na poupança em 2020?

Como podemos observar na tabela 1, a rentabilidade nominal em 2020 foi de 2,11% ao ano, o que leva a uma rentabilidade de R$ 21.100 ao fim de 2020. 

Porém, como a inflação acumulada de 2020 foi de 4,52%, houve uma rentabilidade real de -2,41% no período, o que significa que quem aplicou R$ 1.000.000 em 2020 amargou um retorno real negativo da aplicação.

Continua após a publicidade

Vantagens e desvantagens da Poupança hoje

Agora você conhece o rendimento da poupança, sabe que pode usar nossa calculadora para simular o rendimento da caderneta. Então, para finalizar essa reflexão, vejamos as vantagens e desvantagens da poupança.

Vantagens da poupança

  • segurança, já que é resguardada pelo Fundo Garantidor de Crédito – FGC);
  • facilidade de aplicação, já que é fácil abrir conta poupança ou fazer depósitos na conta vinculada;
  • rapidez no resgate para ter o dinheiro disponível quando você precisar;
  • isenção de Imposto de Renda para rendimentos anuais até R$40.000,00 (Por exemplo: se você aplicar um milhão na poupança, terá rendimentos maiores que 40 mil no ano e portanto, será tributado)
  • isenção de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

Desvantagens da poupança

  • rentabilidade abaixo da inflação;
  • juros da poupança só contabiliza por aniversário.

Então, faz sentido investir na poupança hoje?

A resposta para o questionamento acima é: depende.

Por conta da praticidade, facilidade de acesso, liquidez, isenção de IOF e Imposto de Renda dentro de uma faixa de aplicação, a poupança pode ser uma opção como reserva de emergência para parte do seu dinheiro.

Nesse contexto, a poupança pode ser melhor que guardar dinheiro em casa ou adquirir títulos de capitalização, por exemplo. Agora se o seu objetivo é rentabilidade e construção de patrimônio, certamente a poupança não será uma boa opção de investimento.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔

2 comentários

  1. Ingrid Siqueira

    Parabéns, artigo muito esclarecedor!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.