Poupança

Quanto rende 1 milhão na poupança atualmente? Descubra agora!

Victor Leitão
Ilustração de pilhas crescentes de moedas para simbolizar o tema Quanto rende 1 milhão na poupança

Por conta da praticidade, facilidade de acesso, liquidez imediata e por apresentar uma rentabilidade (mesmo que seja baixa), a poupança pode ser uma boa opção como reserva de emergência para parte do seu dinheiro.

Artigo originalmente publicado em blog.mobills.com.br. Conteúdos e comentários foram integralmente mantidos.

Quanto rende 1 milhão na poupança atualmente? Descubra agora!

Muitas pessoas têm perguntado qual o rendimento da poupança e se este ainda é um bom investimento.

Para responder a primeira parte da questão, primeiramente precisamos entender como que a remuneração da poupança é calculada.

Continua após a publicidade:

Qual a rendimento da poupança hoje?

O rendimento hoje está em 1,58% ao ano (o menor patamar da história).

Já o rendimento mensal da poupança, é de exatos 0,13% ao mês.

Para mais detalhes sobre como funciona a poupança e como calcular os juros, acesse nosso artigo completo sobre Poupança clicando no link abaixo:

Rendimento da poupança hoje: Entenda de vez como funciona esse investimento

Quanto rende 1 milhão na poupança?

Já imaginou ter R$ 1 milhão na poupança? Quanto será que rende R$ 1 milhão na poupança por mês? E por ano? 

Continua após a publicidade

Vamos tirar suas dúvidas de uma vez por todas.

Com a rentabilidade mensal da poupança em 0,13% hoje, ao investir 1 milhão de reais na poupança, você terá uma rentabilidade mensal de R$ 1.300,00. 

Isso significa que você pode retirar mensalmente este valor referente aos juros, quando estes forem pagos. 

Assim, você receberá aproximadamente R$ 1.300 por mês (aumentará um pouco por causa dos juros compostos) durante o período em que o dinheiro ficar investido.

Já quem planeja deixar esse valor investido por um ano, receberá R$ 15.800 ao fim de um ano

Continua após a publicidade

Quem não retirar o rendimento todo mês terá o benefício dos juros compostos, ou juros sobre juros, que é uma forma de capitalizar o patrimônio contabilizando novos juros com base nos juros anteriores e no capital aportado inicialmente. 

Nesse contexto, podemos determinar o valor que o investidor possuirá ao fim de períodos mais longos de aplicação (considerando a Selic constante):

  • 1 ano: R$ 1.015.800,00
  • 2 anos: R$ 1.031.849,64
  • 3 anos: R$ 1.048.152,86
  • 4 anos: R$ 1.064.713,67
  • 5 anos: R$ 1.081.536,13

Essa evolução pode ser observada no gráfico abaixo.

-AMAZONPOLLY-ONLYWORDS-START-

[polly_no_audio]

Resultado de quanto rende R$ 1 milhão na calculadora de juros 

[/polly_no_audio]

-AMAZONPOLLY-ONLYWORDS-END-

Dessa forma, ao fim de 5 anos, por exemplo, o investidor terá R$ 1.081.536,13 que são provenientes dos juros (R$ 81.536,13) e do valor investido (1 milhão de reais).

E quanto rende R$ 100 mil na poupança?

De forma bem semelhante, calcular o rendimento de 100 mil reais na poupança segue a mesma regra.

Continua após a publicidade

Uma maneira interessante de simular essas rentabilidades para múltiplos de 10 é recuar ou avançar casas decimais.

No caso de 100 mil, devemos recuar uma casa decimal dos resultados e já teremos de forma simples o resultado final.

Logo, considerando a rentabilidade mensal da poupança 0,13%, ao investir 100 mil reais, você terá uma rentabilidade mensal de R$ 130,00. 

Já se você deixar esse valor investido por um ano, receberá R$ 1580,00 ao fim de um ano

Continua após a publicidade

Seguindo a mesma ideia do R$ 1 milhão, você pode ver abaixo o rendimento de 100 mil reais projetados para 5 anos.

  • 1 ano: R$ 101.580,00
  • 2 anos: R$ 103.184,96 
  • 3 anos: R$ 104.815,28
  • 4 anos: R$ 106.471,37
  • 5 anos: R$ 108.153,61

Inflação e rentabilidade real

Agora que vimos como calcular a rentabilidade nominal (retorno bruto), precisamos avaliar o peso da inflação para termos a rentabilidade real (retorno líquido).

Para facilitar o entendimento, preparamos uma tabela com valores reais que traz a rentabilidade nominal, inflação e rentabilidade real da nova poupança nos últimos quatro anos.

-AMAZONPOLLY-ONLYWORDS-START-

[polly_no_audio]

Ano

Rentabilidade NominalInflação

Rentabilidade Real

2019

4,26%4,31%-0,05%
20184,62%3,75%

0,84%

2017

6,61%2,95%3,55%
20168,30%6,29%

1,89%

[/polly_no_audio]

-AMAZONPOLLY-ONLYWORDS-END-

Podemos observar o efeito da inflação sobre a rentabilidade nominal quando olhamos para a tabela acima. 

Continua após a publicidade

No ano de 2019, por exemplo, onde a rentabilidade nominal foi menor que a inflação, houve um retorno real negativo da aplicação (-0,05%).

Com a atual crise global por conta da pandemia do novo coronavírus, a expectativa é que a taxa Selic caia ainda mais, levando a um retorno nominal ainda menor da poupança. 

E quanto rendeu 1 milhão de reais investido na poupança em 2019?

Como podemos observar na tabela 1, a rentabilidade nominal em 2019 foi de 4,26% ao ano, o que leva a uma rentabilidade de R$ 42.600 ao fim de 2019. 

Porém, como a inflação acumulada de 2019 foi de 4,31%, houve uma rentabilidade real de -0,05% no período, o que significa que quem aplicou R$ 1.000.000 em 2019 amargou um retorno real negativo da aplicação.

Continua após a publicidade

Então, faz sentido investir na poupança?

A resposta para o questionamento acima é: depende.

Por conta da praticidade, facilidade de acesso, liquidez imediata e por apresentar uma rentabilidade (mesmo que seja baixa), a poupança pode ser uma boa opção como reserva de emergência para parte do seu dinheiro.

Nesse contexto, a poupança pode ser melhor que guardar dinheiro em casa, investir em títulos de capitalização ou investir em CDBs sem liquidez.

Agora se o seu objetivo é rentabilidade e construção de patrimônio, certamente a poupança não é uma boa opção de investimento.

Conclusão

Agora que você conhece o rendimento da poupança, está mais apto a tomar decisões mais corretas em relação aos seus investimentos.

Continua após a publicidade

Para finalizar, vejamos um resumo das vantagens e desvantagens da poupança:

Vantagens da poupança: segurança, facilidade e rapidez no resgate para ter o dinheiro disponível quando você precisar. 

Desvantagens da poupança: a rentabilidade é a baixíssima, além disso, o investidor só recebe os juros no aniversário do investimento.

Agora que você sabe quanto rende 1 milhão de reais, ainda que esse valor pareça atrativo, lembre-se que há opções mais rentáveis, com a mesma segurança e liquidez.

Baixe gratuitamente nosso aplicativo Mobills para organizar e controlar seus gastos e investimentos.

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

2 resposta em “Quanto rende 1 milhão na poupança atualmente? Descubra agora!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *