Joseph Safra, o homem mais rico do Brasil, morre em São Paulo

O banqueiro Joseph Safra morreu aos 82 anos de causas naturais. Fundador do Grupo Safra, ele era considerado o homem mais rico do Brasil.

Heloisa Vasconcelos
Heloísa Vasconcelos

O bilionário Joseph Safra morreu na manhã desta quinta-feira, 10, em São Paulo. Fundador do Grupo Safra, ele era considerado o homem mais rico do Brasil após ultrapassar em setembro deste ano a fortuna do dono da Ab InBev, Jorge Paulo Lemann.

Segundo nota divulgada pela assessoria de imprensa do Banco Safra, o óbito ocorreu por causas naturais. “É com imenso pesar que comunicamos o falecimento, nesta data, do Sr. Joseph Safra, aos 82 anos, de causas naturais”, informou.

Continua após a publicidade

O banqueiro estava em primeiro lugar no último ranking da Forbes de homens mais ricos do Brasil, com uma fortuna estimada em R$ 119,08 bilhões.

Conheça mais sobre a história de Joseph Safra

Joseph Safra era um banqueiro de origem libanesa, que deixou a terra natal para trabalhar com os ofícios da família na América Latina.

A maioria dos familiares dele atuavam na área de bancos, e financiavam o câmbio de moedas entre mercadores da Europa, África, Ásia e o Império Otomano.

Por conta disso, Joseph começou a trabalhar muito novo no banco do pai, que veio para o Brasil para fundar o Banco Safra. Essa instituição foi fundada em São Paulo e hoje é reconhecida como o 4º maior banco privado do país.

Atualmente, o bilionário havia passado a gestão do banco para os filhos e aproveitava a aposentadoria em uma mansão no bairro Morumbi, em São Paulo.

As 10 pessoas mais ricas do Brasil em 2020

Logo abaixo, você pode conferir o Top 10 da Forbes das pessoas mais ricas do Brasil em 2020:

  1. Joseph Safra (setor financeiro) – Patrimônio: R$ 119 bilhões
  2. Jorge Paulo Lemann (Bebidas e investimentos) – Patrimônio: R$ 91 bilhões
  3. Eduardo Saverin (Investimentos/Internet) – Patrimônio: R$ 68 bilhões
  4. Marcel Telles (Bebidas e investimentos) – Patrimônio: R$ 54 bilhões
  5. Carlos Alberto Sicupira e família (Bebidas e investimentos) – Patrimônio: R$ 42,6 bilhões
  6. Alexandre Behring (Investimentos) – Patrimônio: R$ 34,3 bilhões
  7. André Esteves (Setor financeiro) – Patrimônio: R$ 24,9 bilhões
  8. Luiza Trajano (Varejo) – Patrimônio: R$ 24 bilhões
  9. Ilson Mateus (Varejo) – Patrimônio: R$ 20 bilhões
  10. Luciano Hang (Varejo) – Patrimônio: R$ 18,7 bilhões

Quer continuar acompanhando notícias sobre os homens mais ricos do mundo? Então, assine a newsletter iDinheiro e se mantenha sempre atualizado.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.