Após ter sua solução de pagamentos anunciada de maneira exclusiva no Brasil, e ter tido o serviço suspenso em apenas 08 dias, o WhatsApp divulgou um comunicado em que diz estar trabalhando em conjunto com parceiros para integrar, em breve, suas soluções financeiras à nova plataforma de pagamentos, o PIX.

Com lançamento previsto para novembro, o PIX promete ser o novo método de pagamento para competir no mercado com soluções já conhecidas dos consumidores, como o TED.

Continua após a publicidade:

O método de pagamentos do WhatsApp foi divulgado pela primeira vez em 15 de junho e suspenso após oito dias de utilização após a solicitação do Banco Central e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), onde alegavam uma ameaça grande à competitividade deste mercado.

Um dos representantes do WhatsApp, Will Cathcart destaca estar animado em ter uma segunda oportunidade de trabalhar com o mercado financeiro brasileiro.

“Estamos animados e ansiosos para permitir que os brasileiros possam enviar pagamentos seguros sem precisarem se preocupar com cédulas. Acreditamos que isso será possível em breve”, disse. 

Neste mesmo comunicado, Cathcart disse que o compromisso em fornecer pagamentos no sistema PIX é fundamental e espera que ele esteja “disponível o mais rápido possível”.

Para entender um pouco melhor sobre a suspensão do sistema de pagamentos do WhatsApp no Brasil, clique aqui e confira nossa matéria sobre o tema. 

Quer continuar acompanhando as últimas notícias sobre o universo financeiro? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro.

Publicidade