Notícias

Whatsapp do TSE tem novas funcionalidades para o eleitor

Amanda Gusmão
Amanda Gusmão
logos do whatsapp do TSE
O Whatsapp do TSE vai ajudar a atender os eleitores com dúvidas durante o período eleitoral. Entre as vantagens, o chatbot não congestiona.

Para facilitar o atendimento ao eleitor, o Whatsapp do TSE agora conta com um chatbot para otimizar o contato.

A tecnologia pode atender vários eleitores simultaneamente, o que resolve o congestionamento dos canais de atendimento do TSE no período eleitoral.

Continua após a publicidade

Facilidades oferecidas no Whatsapp do TSE

A possibilidade de receber atendimento por uma das redes sociais de mensagens instantânea mais utilizadas no Brasil, por si só, já é um benefício.

Isso porque os eleitores já conhecem seu funcionamento e, portanto, não têm dificuldades em usar.

Além disso, trata-se de uma inteligência artificial. Portanto, o chatbot consegue orientar os eleitores com diversos assuntos, como:

  • local de votação;
  • data e hora da votação;
  • cuidados com a saúde na hora de votar;
  • orientações para justificar ausência;
  • notícias checadas;
  • dicas em áudio;

Formas de usar o atendimento do chatbot do TSE

De acordo com matéria da Exame, que testou a ferramenta, o eleitor pode acessar o atendimento por três caminhos.

Assim, o primeiro está no site do TSE para quem estiver usando um computador ou smartphone. Será preciso fazer a leitura do QR code exibido na tela.

Além disso, outro caminho é registrar o número +55 61 9637-1078 na lista de contatos e iniciar uma conversa pelo Whatsapp.

O link wa.me/556196371078 também leva o interessado diferentemente para o atendimento do chatbot do TSE.

Não é possível justificar a ausência na votação pelo canal

Entretanto, vale ressaltar que o Whatsapp do TSE não vai receber justificativas de ausência nas eleições.

Ou seja, quem precisar realizar o procedimento e estiver impossibilitado de usar os outros meios legais pode usar o e-Título.

O e-Título pode ser baixado pelo iOS e Android e o eleitor tem até 60 dias depois da votação para fazer a justificativa da ausência.

Quer acompanhar outras notícias sobre as eleições e seus efeitos na economia do país? Então, assine nossa newsletter e receba as atualizações do iDinheiro.

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *