#social

Vale-gás de R$ 52: saiba como será o seu pagamento

#social

Ainda no mês de dezembro, mais de 5 milhões de famílias vão receber a primeira parcela do vale-gás de R$ 52.

#social

O benefício será pago a cada dois meses, correspondendo, no mínimo, a 50% da média do preço nacional do botijão de 13 kg.

#social

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o custo médio do produto em novembro foi de R$ 102,52.

#social

No entanto, o valor máximo pode chegar a R$ 140.

#social

A Lei nº14.237 que prevê o auxílio para subsidiar pelo menos metade do valor do gás de cozinha a famílias de baixa renda foi assinada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, na última quinta-feira, 2.

#social

O programa terá duração de cinco anos.

#social

Como será feito o pagamento do vale-gás?

#social

O Auxílio Gás será gerido pelo Ministério da Cidadania, que fará a divulgação do calendário de pagamentos e dos procedimentos relativos ao saque.

#social

A pasta também será responsável pela emissão e entrega de notificação da concessão do vale-gás às famílias, por meio do envio de correspondência ao endereço registrado no Cadastro Único (CadÚnico).

#social

O programa foi criado com o intuito de amenizar os efeitos do preço do gás liquefeito de petróleo (GLP) sobre os orçamentos das famílias consideradas de baixa renda.

#social

Terão direito ao auxílio as inscritas no CadÚnico com renda familiar mensal per capita igual ou menor que meio salário mínimo e as que tenham entre seus componentes alguém que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

#social

O vale-gás será concedido, preferencialmente, às famílias com mulheres vítimas de violência doméstica e que estejam sob vigilância de medidas protetivas de urgência.

#social

Isso será feito a partir do acesso a informações do banco de dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

#social

Gostou do conteúdo? No iDinheiro, cobrimos as principais notícias sobre programas sociais.