#finanças

Entenda o aumento no preço da gasolina

#finanças

Os preços da gasolina e do diesel tiveram aumentos expressivos na última semana. No último dia 10, a Petrobras anunciou alta de quase 19% no preço da gasolina e de quase 25% do diesel.

#finanças

Para além de pessoas que trabalham como motorista de aplicativo e são diretamente impactadas pelo preço da gasolina, a alta nos preços também afeta a vida dos brasileiros que não possuem um automóvel.

#finanças

Diante disso, o iDinheiro conversou com um especialista em macroeconomia a fim de entender esse aumento e quais são as perspectivas para o cenário futuro.

#finanças

De acordo com o professor de macroeconomia do Ibmec-SP Walter Franco, o mercado está vivendo um momento de volatilidade.

#finanças

Dessa forma, há uma subida e descida de preços com muita frequência, em espaços muito curtos de tempo, o que é prejudicial para a economia.

#finanças

Além disso, para entender o aumento, é necessário considerar outros fatores:

#finanças

O contexto pós-pandemia, com as economias retomando os seus processos produtivos, o que aumenta a demanda por combustíveis no geral, e o cenário político internacional em decorrência da guerra na Ucrânia.

#finanças

O professor também chama a atenção para outro fator: “No caso do Brasil, com a política atual de trazer os preços atrelados ao mercado internacional, há também a questão da taxa do dólar.

#finanças

Assim, por mais que o dólar esteja um pouco mais baixo no momento, de uma forma ou de outra o preço local acompanha o preço internacional em dólar.

#finanças

A gasolina deve continuar aumentando?

#finanças

Na última semana, o presidente da República Jair Bolsonaro sancionou, na íntegra, o Projeto de Lei Complementar Nº 11/2020, que cria uma nova regra de cálculo do ICMS nos combustíveis.

#finanças

O texto prevê a cobrança única do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre combustíveis, inclusive importado.

#finanças

No entanto, apesar dessa tentativa de frear o aumento no preço da gasolina, o professor afirma que o cenário deve permanecer o mesmo nas próximas semanas:

#finanças

“Os preços são cotados e definidos no mercado como um todo. Por mais que a gente aumente a oferta local, sempre vai existir, em maior ou menor proporção, uma pressão em função dos preços externos.”.

#finanças

Segundo o professor de macroeconomia, como a gasolina é um item caro e ainda não há investimentos no Brasil para a produção de derivados, os brasileiros devem continuar com um cenário de combustíveis no geral mais caros nas próximas décadas.

#finanças

Diante disso, Walter ressalta a importância de se pensar em energia alternativa.

#finanças

“A busca por combustível alternativo, por transportes de massa, por veículos mais econômicos, por um uso mais eficiente energeticamente falando é uma necessidade que precisa estar no olhar de todos.”, aponta o professor.

#finanças

Aumento da gasolina: Confira 8 dicas para otimizar o uso de combustível e economizar!

#finanças

Gostou do conteúdo? No iDinheiro abordamos os principais temas sobre finanças pessoais!