#blackfriday

O que é a “black fraude”? Saiba como não cair em furadas!

#blackfriday

A Black Friday se tornou um dos eventos mais importantes do varejo brasileiro.

#blackfriday

No entanto, ainda existe um clima de desconfiança em relação às promoções oferecidas durante a data, que acabou dando origem a expressões como “black fraude” ou “tudo pela metade do dobro”.

#blackfriday

Afinal, de onde saiu a “black fraude”?

#blackfriday

A expressão “black fraude” ficou famosa entre os consumidores depois de ter sido percebida a existência de descontos falsos na sexta-feira das ofertas.

#blackfriday

A prática consiste em aumentar os valores de produtos na véspera da Black Friday para, na data, abaixar novamente e anunciar os preços normais como “descontos”.

#blackfriday

O idealizador da Black Friday no Brasil, Ricardo Bove, explica que o termo “black fraude” foi muito utilizado, principalmente, no início da ação, por volta de 2012 e 2013.

#blackfriday

Isso porque eram esperados grandes descontos, como acontece na data nos Estados Unidos, no entanto, consumidores perceberam os descontos “falsos”.

#blackfriday

Segundo Bove, isso se deu devido ao despreparo dos lojistas na época, diante de uma forte adesão por parte dos consumidores.

#blackfriday

"O interesse do consumidor chegou antes que os lojistas estivessem preparados para lidar com a Black Friday. Os lojistas brasileiros achavam que era uma data normal e não estavam preparados para a massa de pessoas procurando descontos”, explica o empresário.

#blackfriday

Já para a advogada cível e presidente da Comissão de Direito do Consumidor da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – Seção Goiás, Renata Abalém, a prática de oferecer descontos falsos é um sintoma da própria cultura brasileira.

#blackfriday

"O fornecedor, ao invés de fidelizar o cliente com política de transparência, prefere levar uma pequena vantagem pontual, do que manter uma postura de coerência, proximidade e empatia com seu cliente. Nós somos muito mal educados socialmente", afirma.

#blackfriday

Cuidados para não cair na black fraude

#blackfriday

Quem deseja aproveitar as oportunidades de compras, por meio dos descontos da Black Friday, deve estar atento para não cair em furadas.

#blackfriday

Segundo Abalém, uma boa maneira de fazer isso é planejar com bastante antecedência.

#blackfriday

“A compra tem que ser estudada. Se você quer uma geladeira, escolha a marca, modelo e acompanhe esse produto ao menos dois meses antes da data. Assim, você vai ter a certeza do real preço do produto”, aconselha a advogada.

#blackfriday

Bove também aconselha ter um planejamento e uma boa pesquisa antes de fechar as compras. Além disso, ele afirma que comprar em lojas conhecidas também é uma boa maneira de garantir maior segurança e melhores descontos.

#blackfriday

“A Black Friday é, na verdade, uma ação de aquisição de clientes. Por isso, essa história de aumentar preços nas grandes lojas já não é mais uma realidade”, afirma.

#blackfriday

Tome cuidado com sites falsos

#blackfriday

Um tipo de golpe que tem crescido nos últimos tempos é o do sites falsos.

#blackfriday

O golpe homográfico é aquele em que os domínios falsos imitam a aparência e até a URL de sites famosos.

#blackfriday

Abalém aconselha sempre ficar de olho no link do site, principalmente, no miolo do endereço.

#blackfriday

“Se existir ali alguma letra suspeita, desconfie e pesquise no Google. Faça a pesquisa da loja para obter o link correto logo nos primeiros resultados. O Google dificulta aos sites falsos o topo da pesquisa, de forma que você consegue fazer a comparação com simples conferência”, explica.

#blackfriday

Gostou do conteúdo? Acompanhe as novidades sobre a Black Friday no iDinheiro!