#finanças

Malha fina do IR: saiba cuidados para não cair

#finanças

“Cair na malha fina” significa que a declaração do Imposto de Renda ficou retida na Receita Federal por conta de algum possível problema identificado.

#finanças

Ao menos 600 mil declarações do Imposto de Renda entregues em 2021 caíram na malha fina, segundo dados da Receita Federal.

#finanças

A análise da declaração é feita com base em um cruzamento de informação por parte da Receita, a fim de checar se os dados lançados pelo contribuinte são consistentes.

#finanças

Além das informações declaradas pelo contribuinte, a Receita também recebe prestações de contas de empresas, bancos e entidades, além de dados fornecidos por estados e municípios.

#finanças

O Imposto de Renda é o tributo descontado sobre os rendimentos de pessoas físicas e de empresas no Brasil.

#finanças

A declaração deve ser entregue por todos os que tiveram um rendimento anual superior a R$ 28.559,70, em 2021 – média de R$ 2.379,98 por mês.

#finanças

O prazo de entrega da declaração de Imposto de Renda 2022, referente ao ano-base 2021, começa em março.

#finanças

Confira a seguir o que fazer para não cair na malha fina do IR!

#finanças

Principais motivos que levam a cair na malha fina

#finanças

Dentre as principais falhas estão a informação de valores incorretos, omissão de rendimentos do titular ou de seus dependentes, erros ao informar gastos com saúde ou a inclusão de dependentes que não atendem as regras do fisco, entre outros.

#finanças

No entanto, o professor de contabilidade da Universidade Presbiteriana Mackenzie Murilo Torelli explica que nem só erros fazem cair na melha fina.

#finanças

Muitas vezes o contribuinte é retido para uma checagem de dados, mesmo tendo declarado de forma correta, mesmo com a declaração prestada de maneira perfeita.

#finanças

"As pessoas gastam muito com saúde, e quando lançam na declaração, esse volume significativo de despesas dedutíveis pode chamar a atenção de uma eventual fiscalização", explica.

#finanças

Ainda segundo Torelli, o principal motivo que leva as pessoas a caírem na malha fina é falta de declaração de rendas.

#finanças

Por exemplo, em casos de contribuintes que têm uma renda de aluguel, além da renda do trabalho e não declaram ao sistema.

#finanças

Como a análise é feita com base em um cruzamento de informações, quando a Receita faz o cruzamento, identifica que o contribuinte deixou de informar a renda relacionada a essa locação e, por isso, ele acaba caindo na malha fina.

#finanças

Cuidados para não cair na malha fina

#finanças

1. Declare com antecedência

O processo da declaração requer atenção e, por conta da pressa, muitos contribuintes acabam cometendo equívocos.

#finanças

Planejando com antecedência, o contribuinte tem mais tempo para organização de dados e documentos e, caso erre alguma informação, terá um tempo maior para fazer uma retificação.

#finanças

Além disso, quanto antes for feita a declaração, será maior também a chance de receber a restituição do Imposto de Renda, caso tenha direito.

#finanças

2. Se atente as informações e aos campos

Muitos contribuintes acabam digitando valores errados na declaração, por exemplo, teclando zeros a mais ou zeros menos, o que acaba gerando inconsistências.

#finanças

Ao digitar R$ 100,00, por exemplo, é importante não se esquecer de colocar a vírgula antes dos centavos. Caso contrário, o programa transformará o número em R$ 10.000,00.

#finanças

3. Procure ajuda se necessário

Aqueles que sintam dificuldade no processo podem procurar o auxílio de um profissional, como um contador ou um advogado.

#finanças

O advogado tributarista Ângelo Peccini diz que se o contribuinte deseja realizar a própria declaração sozinho, é necessário entender como o processo funciona.

#finanças

Gostou do conteúdo? No iDinheiro abordamos os principais temas sobre finanças pessoais!