#IPVA

IPVA 2022: imposto deve ficar mais caro

#IPVA

O Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) deve ficar mais caro em 2022, devido a disparada dos preços dos veículos novos e usados.

#IPVA

Isso porque o IPVA leva em conta o valor dos veículos no mercado.

#IPVA

O IPVA é um imposto estadual, por isso seu valor pode ser diferente dependendo da região.

#IPVA

Cada estado tem uma alíquota diferente, mas todos levam em conta o valor venal de veículos usados — calculado por meio da tabela Fipe — ou o da nota fiscal de compra, no caso dos veículos dos 0km.

#IPVA

Em 2021, tanto os veículos novos, quanto os usados sofreram uma expressiva valorização.

#IPVA

De acordo com o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), os veículos novos aumentaram mais de 20% em um ano e os usados, cerca de 30%.

#IPVA

Especialista aponta aumento no IPVA 2022

#IPVA

Em um primeiro momento, o cálculo do IPVA é feito a partir do valor venal do veículo, disponibilizado na tabela FIPE de cada ano.

#IPVA

O valor venal é uma estimativa que o Poder Público confere sobre o preço de alguns bens, incluindo automóveis.

#IPVA

Nesse caso, a tabela FIPE realiza pesquisas para determinar a média dos preços e disponibilizar publicamente.

#IPVA

Segundo o presidente da Comissão de Direito Tributário e Constitucional da OAB/SP subseção Pinheiros André Félix Ricotta de Oliveira o valor do IPVA 2022 deve aumentar devido a esse aumento do preço dos veículos no mercado.

#IPVA

“O IPVA utiliza como base de cálculo o valor do veículo na tabela Fipe, que segue, além dos valores de mercado, os índices inflacionários. Por isso, consequentemente, vai aumentar o valor do IPVA”, explica.

#IPVA

Desta forma, um veículo novo, por exemplo, terá valor venal apresentado diretamente no documento fiscal da compra, pois o preço válido é do mesmo ano.

#IPVA

Enquanto isso, um veículo usado possui seu preço médio vigente a partir do mesmo mês do ano anterior.

#IPVA

Como se preparar para pagar o IPVA 2022

#IPVA

O IPVA pode ser pago à vista ou parcelado. Caso seja pago em uma única parcela até a data estabelecida para pagamento do imposto é possível ganhar um desconto.

#IPVA

O desconto também varia de estado para estado, mas gira em torno de 3% do IPVA. Essa pode ser uma forma de economizar.

#IPVA

Se você tem o dinheiro à disposição, ou mesmo, em um investimento que esteja rendendo menos que o valor do desconto, vale a pena aproveitar o desconto.

#IPVA

“Para se calcular o IPVA devido, pegue o valor do veículo na tabela Fipe e aplique a correspondente alíquota do seu estado e será o IPVA devido no ano de 2022, aproximadamente”, orienta Oliveira.

#IPVA

Para calcular quanto deve ser pago de IPVA em 2022, você pode usar o Simulador de IPVA do iDinheiro!

#IPVA

Basta preencher os três campos da calculadora: valor de mercado do veículo; tipo de veículo (de acordo com a documentação); e estado de registro do veículo.

#IPVA

Qual o destino do dinheiro arrecadado com o IPVA

#IPVA

Muitos contribuintes não têm certeza do uso que é dado ao dinheiro arrecadado através dos impostos.

#IPVA

Um erro muito comum é acreditar que o IPVA é sempre usado para construções de estradas ou outras despesas relacionadas a circulação e trânsito.

#IPVA

André Félix Ricotta de Oliveira explica que o imposto não tem um destino certo.

#IPVA

"Sendo imposto, o IPVA tem como características que as suas receitas não têm destinação específica. Outro ponto interessante é que metade da arrecadação do IPVA pertence aos municípios do respectivo estado”, ressalta Oliveira.

#IPVA

O IPVA foi criado pela Emenda Constitucional nº 27, em novembro de 1985.

#IPVA

Além de autorizar sua cobrança, o documento determina que 50% da arrecadação iriam para os cofres do governo estadual e os outros 50% para o município.

#IPVA

Sendo assim, cada prefeitura, governo estadual ou distrital fica responsável por definir como será usado o dinheiro.

#IPVA

O recurso pode servir, por exemplo, para o pagamento de servidores ou na compra de materiais utilizados em escolas e hospitais públicos.

#IPVA

A Emenda Constitucional determina ainda que 6% da arrecadação dos municípios deve investida na saúde.

#IPVA

Gostou do conteúdo? No iDinheiro abordamos os principais temas que impactam o seu bolso!