#economia

Redução do IPI: Produtos vão ficar mais baratos?

#economia

O governo federal ampliou para 35% a redução no Imposto de Produtos Industrializados (IPI) para uma lista de itens específicos.

#economia

O decreto com a medida foi publicado no Diário Oficial da União do dia 29 de abril. Anteriormente, a redução era de 25%.

#economia

Segundo o governo, a nova redução tem como principal objetivo ajudar a recuperação econômica do país.

#economia

Como o IPI é um imposto que incide sobre produtos industrializados, a tributação é repassada ao consumidor final e, por isso, impacta diretamente no valor de diversos produtos.

#finanças

Diante disso, o iDinheiro conversou com especialistas para entender a redução e como isso pode afetar a vida dos brasileiros.

#economia

Entenda a nova redução do IPI

#economia

O IPI é um imposto que incide sobre produtos industrializados, ou seja, aqueles que passaram por algum processo de industrialização, sejam eles nacionais ou importados.

#economia

Como explica Marco Caruso, economista chefe do banco Original, a obrigatoriedade de pagamento do IPI acontece a partir do momento que o produto sai da fábrica ou do estabelecimento equivalente.

#economia

Já no caso dos produtos importados, o imposto incide quando o produto passa pela alfândega.

#economia

Esse novo corte beneficia uma série de produtos industrializados, como calçados, tecidos, aparelhos de som e TV, carros, móveis, brinquedos e armas.

#economia

Impactos da redução para o consumidor

#economia

Essa não é a primeira vez que o governo reduz o IPI. Em fevereiro as alíquotas do imposto foram reduzidas para 25% para a maioria dos produtos.

#economia

Com a nova redução, o governo busca estimular o consumo e baratear produtos para os consumidores.

#economia

De acordo com Fernando Valente Pimentel, presidente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), a redução não terá efeito imediato nos preços dos produtos para o consumidor.

#economia

No entanto, o especialista vê a medida com bons olhos tanto para a indústria, quanto para o consumidor.

#economia

Apesar da expectativa de redução de preços, Caruso aponta que a medida só terá impacto para o consumidor se os estabelecimentos repassarem a redução no preço final da mercadoria.

#economia

Isso porque nada garante o repasse, já que os próprios estabelecimentos são responsáveis pelo pagamento desses impostos.

#economia

“Então, se ele (estabelecimento) repassar, os consumidores poderão encontrar esses produtos industrializados com preços mais baixos no comércio, por exemplo. Assim, a tentativa do governo é de redução de preços via redução de impostos, mas isso não é garantido."

#finanças

Gostou do conteúdo? No iDinheiro abordamos os principais temas que impactam o seu bolso!