#social

Governo adia o pagamento de R$ 400 do Auxílio Brasil para dezembro

#social

Na última quinta-feira, 28, recebemos o Ministério da Cidadania informou que apesar do lançamento do Auxílio Brasil estar confirmado para novembro, o pagamento do novo valor será adiado para o próximo mês.

#social

Sendo assim, o valor de R$ 400,00 prometido pelo governo só entrará em vigor a partir de dezembro.

#social

O calendário do Bolsa Família prevê que as parcelas sejam depositadas entre os dias 17 e 30 de novembro, a depender do dígito final do NIS de cada beneficiário.

#social

No entanto, o governo informou que ainda não será possível depositar a complementação temporária no mês de novembro.

#social

Valor mínimo de R$ 400 é adiado para dezembro

#social

O ministério também informou que pretende pagar em dezembro o valor retroativo referente a compensação que seria feita em novembro.

#social

Para uma família que recebe R$ 200 de Bolsa Família, por exemplo, o pagamento ficaria da seguinte forma:

#social

- em novembro, a família receberá R$ 240 (valor com reajuste de 20%);

- em dezembro, a família receberá R$ 560 (R$ 240 do Auxílio Brasil + R$ 160 para atingir o valor mínimo + R$ 160 para complementar a parcela de novembro).

#social

PEC dos Precatórios

#social

Segundo o Ministério da Cidadania, para cumprir o planejamento, o ideal seria que o Congresso aprovasse a proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios até o fim de novembro.

#social

O texto autoriza o adiamento do pagamento de dívidas judiciais por parte do governo e, com isso, viabiliza a possibilidade de destinar mais recursos ao Auxílio Brasil.

#social

No entanto, a pasta afirma que existe uma “margem de segurança” caso essa votação não aconteça, uma vez que a parcela com as duas complementações previstas será paga a partir do dia 10 de dezembro.

#social

Gostou do conteúdo? No iDinheiro, cobrimos os principais temas sobre programas sociais.