#finanças

Fim da bandeira escassez hídrica: conta de luz deve ficar mais barata a partir do dia 16

#finanças

O Governo Federal decidiu antecipar o fim da bandeira de escassez hídrica para 16 de abril.

#finanças

A decisão foi anunciada pelo Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), vinculado ao Ministério de Minas e Energia (MME), em uma reunião nesta quarta-feira (6).

#finanças

A bandeira de escassez hídrica estava em vigor desde o ano passado, e gerava uma taxa extra na conta de energia elétrica de R$ 14,20 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

#finanças

Com o anúncio desta quarta-feira, a conta de luz dos brasileiros terá aplicação da bandeira verde a partir do dia 16 de abril, sem cobrança adicional.

#finanças

Bandeira escassez hídrica

#finanças

A bandeira de escassez hídrica foi anunciada pelo governo em setembro de 2021, com previsão de cobrança extra até 30 de abril de 2022.

#finanças

Em nota, o Ministério de Minas e Energia informou que a cobrança extra foi necessária para enfrentar a pior seca já registrada na história do Brasil.

#finanças

“Para garantir a segurança no fornecimento de energia elétrica, o País utilizou todos os recursos disponíveis e o Governo Federal teve que tomar medidas excepcionais.", afirmou o Ministério.

#finanças

A previsão é de que, com a manutenção das atuais condições de chuva, a bandeira verde vigore até o final do ano.

#finanças

Veja como funcionam as bandeiras tarifárias (valores adicionais cobrados na conta de luz):

Bandeira verde: Sem cobrança adicional.

Bandeira amarela: R$ 1,874 por 100 kWh consumidos

#finanças

Veja como funcionam as bandeiras tarifárias (valores adicionais cobrados na conta de luz):

Bandeira vermelha: dois patamares: um de R$ 3,971 e outro de R$ 9,492

Bandeira escassez hídrica: R$ 14,20 por 100 kWh consumidos

#finanças

Gostou do conteúdo? No iDinheiro abordamos os principais temas que impactam o seu bolso!