#social

Bandeira verde na conta de luz para famílias baixa renda

#social

Consumidores que recebem o benefício do programa Tarifa Social de Energia Elétrica continuarão com bandeira tarifária verde (sem cobrança adicional) na conta de luz em fevereiro de 2022.

#social

O anúncio foi feito na última sexta-feira, 28, pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

#social

Neste momento, a bandeira verde vale apenas para os consumidores beneficiários da Tarifa Social.

#social

Para os demais consumidores, continua em vigor a bandeira escassez hídrica, a mais cara.

#social

Nela são cobrados R$ 14,20 a cada 100 kWh, um aumento de 49,7% em relação à bandeira vermelha patamar 2.

#social

A exceção são os moradores das áreas não conectadas ao Sistema Interligado Nacional, como os de Roraima e de áreas remotas também que não pagam bandeira tarifária.

#social

Bandeira tarifária também tem desconto com a Tarifa Social

#social

Além disso, a bandeira tarifária também tem desconto com a Tarifa Social.

#social

Famílias de baixa renda, inscritas no programa pagam as bandeiras com os mesmos descontos que já possuem nas tarifas, de 10% a 65%, dependendo da faixa de consumo.

#social

Mais de 11,5 milhões de pessoas poderão usufruir dos descontos, além das 12,3 milhões já atendidas.

#social

Bandeira de escassez hídrica na conta de luz

#social

O sistema de bandeiras tarifárias é uma cobrança aplicada às contas de luz quando o custo de produção de energia aumenta.

#social

É o que vem acontecendo desde o ano passado, em consequência da pior crise hídrica em 91 anos.

#social

Criada por meio da Medida Provisória nº 1.055/2021, a bandeira Escassez Hídrica segue em vigor até abril de 2022.

#social

Gostou do conteúdo? No iDinheiro, cobrimos as principais notícias sobre programas sociais.