#serviços

Ainda vale comprar ou trocar de carro em 2021?

#mercado

O desejo de comprar ou trocar de carro aumentou entre os brasileiros durante a pandemia, mesmo com a grave crise econômica.

#mercado

No entanto, o cenário de crise econômica intensificada pela pandemia de covid-19 pode acabar atrapalhando os planos de quem quer trocar de carro ainda em 2021.

#mercado

Isso porque o preço dos automóveis novos e usados vem sofrendo um forte aumento, assim como nos juros dos financiamentos de veículos.

#serviços

Desejo de comprar ou trocar de carro pode ter que esperar

#mercado

O setor, assim como outros, sentiu muito a pandemia, visto que as fábricas ficaram totalmente paralisadas durante meses.

#mercado

A produção segue ainda sob forte impacto da crise, seja pela falta de insumos e componentes ou pelos protocolos de segurança sanitária nas fábricas.

#mercado

O advogado e economista, Alessandro Azzoni, explica que esses dois fatores fazem com que não valha a pena comprar carro ou trocar de veículo agora.

#mercado

“Nós tivemos uma alta no preço das matérias-primas, justamente porque a variação cambial subiu e estava tendo uma resistência acima dos R$5,50, então, isso faz com que haja alta nos preços das matérias-primas”, explica Azzoni.

#mercado

Segundo Azzoni, uma outra questão também foi a falta de semicondutores. Isso porque desde o ano passado, a indústria vem enfrentando problemas com escassez de matéria-prima.

#mercado

No setor automobilístico, o maior problema foi a falta de chips eletrônicos semicondutores, que afetou a produção de carros em escala global.

#mercado

Além disso, nos últimos meses a taxa Selic vem sofrendo consecutivos aumentos.

#mercado

A taxa foi de 2% para 7,75% e especialistas ainda apontam para ainda uma tendência de alta de 1,5% para dezembro (passando a 9,25%).

#serviços

Vender seu usado pode ser um bom negócio

#mercado

Desde o início da pandemia, o aumento das buscas por veículos usados vem crescendo no Brasil.

#mercado

Isso porque com menos carros novos nos pátios das montadoras e das revendedoras, a demanda se deslocou para seminovos ou usados. Com isso, também houve uma valorização da categoria.

#mercado

De acordo com uma publicação da Kelley Blue Book Brasil (KBB Brasil), empresa especializada em pesquisa de preço de veículos, modelos que têm de quatro a dez anos de uso registraram uma valorização média de 13% só nos primeiros seis meses de 2021.

#mercado

Segundo Azzoni pode ser uma grande oportunidade vender seu carro usado nesse momento com a alta dos preços. Mas não para comprar outro veículo, e sim para investir.

#mercado

“Se você não precisa do meu veículo, pode ser um bom momento para você vender o seu veículo usado, fazer um capital e investir aproveitando esses momentos de juros mais altos”, aconselha o economista.

#mercado

A startup InstaCarro, que auxilia na venda de veículos usados ou seminovos, registrou em outubro, pela primeira vez, desde o início da pandemia, um recuo na precificação dos automóveis.

#mercado

No entanto, mesmo com essa desaceleração, alguns veículos ainda estão sendo negociados pela plataforma por valores acima da tabela FIPE.

#mercado

“Em outubro, por exemplo, os preços ainda estão 6% acima daqueles praticados em janeiro deste ano”, aponta Luca Cafici, CEO e fundador da InstaCarro.

#mercado

No Top 10 do ranking da startup, que considera os veículos negociados apenas pela plataforma, o FIAT 500, modelos 2014 e 2012, foram os mais valorizados, com 9% e 8%, respectivamente, em relação a tabela

#mercado

Como fazer um bom negócio?

#mercado

Apesar do momento não ser o ideal para trocar de carro, algumas pessoas precisam de um veículo para trabalhar, por exemplo.

#mercado

Então, quem precisa ou quer muito e já decidiu que vai comprar ou trocar de carro ainda em 2021, é preciso ter alguns cuidados antes de fechar o negócio.

#mercado

Geralmente, a hora certa de trocar de carro é quando os custos com a manutenção começam a aumentar.

#mercado

Os especialistas afirmam que antes disso acontecer, não há necessidade de trocar de veículo.

#mercado

Por isso, pesquise preços e tenha em mente o valor que você deseja ou pode pagar pelo carro que pretende adquirir.

#mercado

Visite no mínimo três lojas e não se acanhe em fazer contrapropostas para conseguir, senão o valor que você deseja ou pode pagar, um preço bem próximo disso.

#mercado

Para quem vai financiar, além de uma boa pesquisa, Azzoni aconselha fazer as contas e não focar apenas no valor das parcelas.

#mercado

“Eu posso fazer um financiamento de 36 meses ou 33 meses e a parcela ficar em torno de mil reais, mas se eu somar todas as parcelas mais a entrada, eu vou estar pagando quase o dobro ou triplo do valor do carro”.

#mercado

Desta forma, a dica é nunca entender o valor da compra do carro apenas pelo valor da parcela. Sempre faça as contas. Multiplique o número de parcelas pelo valor para ter certeza de que está fazendo um bom negócio.

#mercado

Lembre-se também que a parcela pode fazer parte do orçamento mensal por alguns anos.

#mercado

Não esqueça de ajustar as prestações do automóvel e os gastos do dia a dia com o veículo às outras despesas previstas no orçamento.

#mercado

Além disso, é importante incluir na conta custos com manutenção, combustível, impostos, seguro, revisão e depreciação do automóvel.

#serviços

Gostou do conteúdo? No iDinheiro abordamos os principais temas sobre o cenário econômico!