Quem está a procura do carro perfeito pode acabar se apaixonando por um dos modelos Hyundai, não é mesmo? O passo seguinte é buscar uma forma de comprá-lo e, a Hyundai Financiamentos pode ser a solução ideal.

Isso porque negociar diretamente na concessionária pode ser bem interessante e, quem sabe, aumentar os adicionais do modelo do carro, não é mesmo?

Continua após a publicidade


Mas, além de favorecer uma compra mais completa, também é preciso ter uma condição econômica mais vantajosa e compatível com seu orçamento.

Vale lembrar que, a Hyundai Financiamentos não tem a exclusividade nessa modalidade e você pode comparar sua proposta com a do seu banco, por exemplo.

Para ajudar nesse processo, reunimos neste conteúdo todas as informações que você precisa sobre a Hyundai Financiamentos antes de fechar negócio. Confira.

O que é a Hyundai Financiamentos?

A Hyundai Financiamentos, ou melhor, o Banco Hyundai Capital Brasil S.A., é uma instituição financeira destinada a realizar financiamentos dos veículos da montadora em suas concessionárias ou site.

Possui políticas comerciais independentes, o que significa que as taxas de juros cobradas e suas ofertas diferenciadas não são influenciadas por outra instituição financeira, como é comum nesse mercado.

Mas, o que isso influencia na sua compra? A flexibilidade para negociação é maior, além disso, as variações econômicas do país e do mercado das montadoras podem influenciar suas condições.

Dica do iDinheiro

A compra de um veículo, ainda que por financiamento, é uma decisão que deve ser tomada com estratégia. Além das suas necessidades e condições financeiras estarem favoráveis, é importante encontrar o melhor momento do mercado.

Historicamente, de setembro a dezembro, a oferta de carros seminovos cresce e o mercado, o que faz com que os vendedores aumentem os descontos para conquistar os compradores. Além disso, também é preciso lembrar da Black Friday em novembro que muitos revendedores e concessionárias costumam aderir.

Os carros novos também têm um ciclo de ofertas anual a ser acompanhado, principalmente porque do meio para o final do ano, os novos modelos do veículo começam a chegar no mercado com preços maiores, é claro. Assim, os modelos do ano presente podem sair com descontos maiores.

Por fim, algumas revistas especializadas afirmam que negociar veículos nas concessionárias no final do mês pode ser vantajoso porque as metas dos vendedores e das lojas precisam ser batidas ou superadas e, é claro, eles estarão mais dispostos a barganhar.

Quem pode contratar a Hyundai Financiamentos?

Os financiamentos da Hyundai são exclusivos para quem deseja adquirir os carros de suas concessionárias.

É feita uma análise de crédito e dos documentos do comprador, por isso, se você está pensando em negociar um veículo Hyundai, antecipe-se juntando o que é preciso, como:

  • documento original de identidade que comprove maioridade legal;
  • CPF;
  • carteira de motorista;
  • comprovante de endereço recente;
  • comprovante de renda recente;

Outros documentos podem ser solicitados, como certidões negativas em órgãos de proteção ao crédito, por exemplo.

Com a aprovação do financiamento, o comprador pode avaliar quais as condições oferecidas pela Hyundai é a mais interessante. Sim, existe mais de uma!

Como é o financiamento Hyundai e suas opções?

Para realizar o financiamento Hyundai, é preciso dar uma entrada do valor do veículo e escolher entre duas opções, o CDC e o Compra Certa.

Crédito Direto ao Consumidor (CDC)

O CDC é uma das modalidades mais comuns no financiamento do veículo. Por ser uma operação financeira, incide Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

Além disso, o carro fica em nome do comprador e arrendado a instituição financeira que realizou o financiamento, neste caso, ao Banco Hyundai Capital Brasil S.A., como se fosse uma garantia.

Essa modalidade costuma ter uma taxa de juros mais cara do que o leasing, que é outra modalidade comum na compra de veículos.

Porém, se o comprador decidir antecipar as parcelas do seu financiamento, o desconto será maior, o que não acontece no leasing que, aliás, pode cobrar multa pela alteração no contrato.

Cada opção tem suas vantagens, não é mesmo?

Para fazer o CDC na Hyundai, é preciso dar uma entrada entre 20% e 30% do valor do carro e, parcelar o restante em até 48 vezes com uma taxa de juros que depende da análise de crédito realizada.

Na contratação, ainda podem ser cobradas taxas para o registro do contrato, além dos custos para emissão, emplacamento e outras despesas do processo de compra.

Multas e juros de mora podem ser cobrados em caso de atraso do pagamento das parcelas, que podem ser gerenciadas por carnê e boleto.

A Hyundai Financiamentos não oferece a opção de leasing, mas criou outra modalidade de vendas que pode ser interessante para seus compradores: a compra certa.

Compra certa

A compra certa também é um CDC mas, nesse caso, tem condições diferenciadas e a garantia de recompra no final do plano. É claro que é preciso cumprir alguns requisitos para essa modalidade, mas, vale à pena considerar essa opção. Entenda.

Na Compra Certa, o comprador escolhe um modelo de veículo que seja apto a esse plano, dá uma entrada de 20% do valor do carro, paga entre 24 e 48 parcelas de valor reduzido e, no final do plano, entre 20% e 40% residual.

Para entender melhor, vamos montar um fluxo do processo:

1ª etapa: escolher um modelo de veículo

De acordo com o simulador no site da Hyundai, somente a família do HB20 e o Creta estão disponíveis, mas as opções podem ser diferentes nas concessionárias.

2ª etapa: fazer a análise de crédito e ter o financiamento aprovado

Essa é uma etapa regular de todo processo de financiamento, inclusive para o Compra Certa.

3ª etapa: pagar uma entrada de até 20% do valor

Essa é uma etapa negociável entre o comprador e a concessionária. Os planos do Compra Certa pedem uma entrada de, no mínimo, 20% do valor do veículo mas, se for do desejo do cliente, é possível aumentar até 40% sem restrições.

4ª etapa: pagar as parcelas reduzidas

Aqui mora uma diferença substancial. As parcelas do programa de financiamento Compra Certa podem ser até 50% mais baratas que um CDC normal e terem um plano entre 24 e 48 pagamentos mensais.

Ou seja, o comprometimento de renda mensal vai ser menor, o que permite que o comprador possa fazer outros investimentos, acumular recursos etc.

5ª etapa: quitar o valor residual

O valor residual da compra, que vai ser em torno de 20% a 40%, deve ser quitado ao final do plano para que o veículo seja transferido integralmente para o nome do comprador, ou, ele pode usar a recompra oferecida pela Hyundai para dar entrada em um novo carro.

Nesse caso, a Hyundai Financiamentos paga até 80% da Tabela Fipe no seminovo do cliente e, com esse recurso, ele pode quitar o valor restante do financiamento e dar entrada em um novo modelo da concessionária.

Para o cliente, é vantajoso porque ele terá facilidade na revenda do seu veículo para adquirir um novo e, para a concessionária, será benéfico, pois ela terá uma venda garantida no futuro.

É claro que para ser aplicável a revenda, o  veículo deve estar em bom estado, com as revisões em dia, dentre outros cuidados. Mas, é uma forma interessante de comprar seu carro financiado, certo?

Isso porque as parcelas até 50% mais baratas podem ser mais leves para seu orçamento, permitindo que você acumule os recursos necessário para quitar o montante final ou, realizar outras obrigações financeiras que não param.

Fazer esse controle das finanças não é simples e, como mencionamos no início do post, requer tomadas de decisão estratégicas. Ofertas como essas da Hyundai Financiamentos podem ser muito vantajosas para um perfil de comprador, e não tanto para outro.

Então, é hora de ativar seu lado estratégico, traçar objetivos e fazer escolhas financeiras inteligentes. Quer um apoio nessa trajetória? Assine a newsletter do iDinheiro e receba toda semana uma seleção de conteúdos sobre o que importa para seu dinheiro.