Financiamentos, Guias

Tudo sobre Financiamento Caixa

Cris Landa
Cris Landa
financiamento caixa

O financiamento Caixa sempre é colocado como uma das opções mais econômicas do mercado para […]

O financiamento Caixa sempre é colocado como uma das opções mais econômicas do mercado para quem deseja comprar um imóvel. Mas, será que é mesmo?

E, além disso, é válido somente para correntista do banco ou é possível contratá-lo de forma independente? E, o que dizer sobre o tipo de bem que pode ser financiado? 

Continua após a publicidade

Se você está pensando em adquirir bens nos próximos meses ou anos, precisa conhecer quais são as ferramentas que pode usar e, principalmente, quem são os players do mercado com as melhores alternativas, certo?

Pensando nisso, montamos um resumo para explicar tudo que você precisa saber sobre o Financiamento Caixa, como seus benefícios, flexibilidade, funcionamento e regras de contratação. Tire suas dúvidas conosco agora mesmo.

Continua após a publicidade

O que é o financiamento Caixa?

O financiamento Caixa é um operação financeira que oferece crédito para a compra ou contratação de serviços específicos, como a compra de um imóvel, veículo ou estudo. Em contrapartida, o banco compra juros remuneratórios da operação.

A Caixa Econômica Federal, ou Caixa, é uma instituição financeira pública, com autonomia administrativa e patrimônio próprio. Porém, é vinculada ao Ministério da Economia do Brasil e, portanto, é responsável única pela gestão de muitos projetos de ordem financeira do país.

Já que o foco do post são os financiamentos, é provável que você já tenha lembrado dos mais famosos, o Minha Casa Minha Vida e o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), certo?

As linhas de oferta de crédito e financiamento da Caixa é muito grande e se mistura com programas do governo, portanto, é preciso solucionar algumas dúvidas sobre seu funcionamento.

Continua após a publicidade

Tira dúvidas do blog

Listamos aqui as principais dúvidas que as pessoas têm em relação a função da Caixa Econômica Federal no governo e em suas vidas privadas. Confira todas.

1. Quem fundou a Caixa Econômica Federal?

Dom Pedro II, em 12 de janeiro de 1861, após assinar o Decreto nº2.723, estipulando um capital inicial para esse fim e o Monte de Socorro de 30 conto de réis (por essa você esperada?)

2. Quais são suas responsabilidades além do funcionamento como um banco?

A Caixa é responsável pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), Programa de Integração Social (PIS), Seguro Desemprego, além de programas sociais do Governo Federal, como é o caso do FIES, Minha Casa Minha Vida (MCMV), o Bolsa Família e o Auxílio Emergencial oferecido aos brasileiros durante a pandemia do coronavírus.

3. Todo brasileiro tem conta na Caixa?

Não. Mesmo aqueles participantes dos programas de benefícios e auxílios do governo podem sacar seus recursos sem a obrigatoriedade de ter uma conta na Caixa como instituição financeira, porém, agiliza o processo.

Continua após a publicidade

Isso também vale para as pessoas que vão usar o financiamento MCMV ou o FGTS em outras instituições. É um direito como cidadão e não existe exclusividade com a Caixa.

4. A Caixa cobra juros menores por ser uma empresa pública?

Não. A Caixa é uma empresa pública e, por isso, é utilizada para as operações do governo na concessão de auxílios, gerenciamento de fundos e administração da liberação de seguros desemprego.

Porém, também é uma instituição financeira que gera negócios, oferece investimentos e, portanto, precisa ter um bom desempenho financeiro, não é mesmo?

Porém, desde que incorporou o Banco de Habitação Nacional (BHN) em 1986, a Caixa aumentou sua infraestrutura e recursos direcionados a habitação, e portanto, tem sido considerada uma das melhores opções para financiamento imobiliário desde então.

Continua após a publicidade

5. Por que a Caixa pode explorar jogos de azar com a Loteria Federal?

Para fechar nossas dúvidas e curiosidades, a Caixa só pode realizar jogos de azar porque seus recursos são direcionados aos programas e ações sociais do governo, como financiamento de várias modalidades do esporte nacional. 

Essas respostas ajudam a mostrar como o relacionamento da Caixa e do Governo Federal é íntima, mas, também deixam claro que não é preciso ser correntista do banco para ter seus direitos como trabalhador e cidadão honrados, certo?

Mas, e quanto ao financiamento da Caixa? Vale somente para os correntistas? Confira a seguir.

Quem pode contratar um financiamento da Caixa?

Não é necessário ter uma conta corrente na Caixa Econômica Federal para realizar o financiamento, porém, é preciso atender os requisitos da análise de crédito de acordo com o bem a ser financiado e, se for o caso, as regras do programa do governo, como é o caso do Minha Casa Minha Vida.

Continua após a publicidade

Quais os tipos de crédito podem ser obtidos no financiamento Caixa?

A Caixa oferece várias linhas de crédito para pessoas físicas, jurídicas e até o Poder Público, como as prefeituras. Aqui, porém, vamos concentrar naqueles que podem ser utilizados pelas pessoas físicas, ou seja, financiamento imobiliário, de veículos e estudantil.

Como funciona o Financiamento imobiliário?

O financiamento imobiliário da Caixa é destinado a compra de bens de todos os valores e, poderão participar, ou não, dos programas de incentivos do governo.

Quais os tipos de financiamentos imobiliários oferecidos na Caixa?

A Caixa oferece o financiamento habitacional, que contempla qualquer tipo de imóvel residencial, financiamento para construção e para habitação social, nesse caso, pelo Minha Casa Minha Vida e outros.

Como é o processo de solicitação do financiamento?

Para consultar as condições de contratação e análise do crédito, o processo é simples.

A começar pelo simulador de investimento Caixa. O interessado realiza a consulta das condições que poderiam ser aplicadas ao pedido.

Continua após a publicidade

Para dar prosseguimento ao financiamento imobiliário, alguns documentos são necessários para a análise de crédito efetiva. São eles:

  • documento oficial de identificação do comprador e vendedor;
  • comprovante do estado civil do vendedor;
  • comprovante de renda atualizado emitido, no máximo, em 2 meses;
  • certidão atualizada de inteiro teor da Matrícula;

Com os documentos analisados, a equipe técnica de engenharia da Caixa autoriza o imóvel e, o contrato pode ser assinado com a liberação do crédito para o vendedor. Depois, basta dar continuidade ao financiamento realizando os pagamentos das parcelas.

Quais as condições de contratação?

A parcela do financiamento não pode ultrapassar 30% da renda mensal familiar e o cliente precisa dar uma entrada do valor do imóvel, afinal de contas, o financiamento não pode ser feito integralmente.

Porém, o FGTS pode ser utilizado no processo, o que soluciona caso o cliente não tenha recursos imediatos para a entrada.

Continua após a publicidade

Além disso, o financiamento pode ser realizado:

  • com taxa anual acrescida de Taxa Referencial;
  • com taxa anual acrescida de IPCA;
  • com taxa fixa.

Como funciona o financiamento de veículo?

É possível financiamento de veículos novos, usados, nacionais e importados. Dependendo do ano e modelo, até 80% do seu valor pode ser envolvido na operação de crédito.

As condições de parcelamento, que pode chegar até 60 vezes, tem juros a partir de 1,49%.

Como é o processo de solicitação do financiamento de veículos?

O processo para financiamento de veículos é mais simples, basta procurar uma agência da Caixa, entregar a documentação necessária, conferir dados para a transferência de valores e concluir a contratação.

Os documentos necessários, são:

  • RG, CPF em condições regulares;
  • comprovante de renda e de residência recentes;
  • DUT ou nota fiscal do veículo;
  • formulário do DETRAN demonstrando que não existem pendências de débitos no IPVA do veículo.

Como funciona o financiamento Estudantil?

O Fundo para Financiamento Estudantil (FIES) faz parte dos programas do governo que a Caixa ajuda em sua gestão e liberação, mas vale ser inserido nessa lista por representar uma boa possibilidade de economia, certo?

Continua após a publicidade

No caso do FIES da Caixa, porém, apenas dos interessados que tiverem renda máxima abaixo de 3 salários mínimos podem solicitar.

O prazo para pagamento é após o término do curso e debitado na conta corrente. Além disso, com renda familiar de menos de 1,5 salários mínimos, a taxa de juros é zero.

Ou seja, existem opções de financiamentos para diversos perfis e necessidades na Caixa Econômica Federal, mas nem sempre ela será a alternativa mais interessante do mercado financeiro, é preciso fazer comparações e consultas sem compromissos, não é mesmo?

Para isso, você pode usar o simulador de financiamento Caixa para avaliar se a taxa de juros e quantidade de parcelas é compatível com seu orçamento mensal, assim como para fazer uma comparação com outras soluções de crédito.

Então, essa informação vai ser útil para ajudar na organização das suas finanças ou ainda precisa de mais dicas além do financiamento Caixa?

Assine a newsletter do iDinheiro e receba uma seleção de conteúdos semanal sobre o que realmente importa para suas finanças.

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *