Empréstimos, Guias

Tudo sobre empréstimo BNDES

Cris Landa
emprestimo bndes

WhatsappLinkedInTwitterFacebookPara empresas, uma das melhores opções para quem precisa de crédito é o empréstimo BNDES. […]

Para empresas, uma das melhores opções para quem precisa de crédito é o empréstimo BNDES. A instituição governamental tem linhas específicas para empreendedores, que abrangem diferentes portes e segmentos de atuação.

O crédito é disponibilizado por meio de instituições financeiras conveniadas. Ainda assim, as regras seguidas são determinadas pelo BNDES. Por isso, é importante entender como a instituição funciona. É o que vamos apresentar neste artigo. Confira!

Continua após a publicidade:

O BNDES

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social foi implementado em 1952, com o objetivo de auxiliar os projetos de desenvolvimento no Brasil. Hoje, é a principal instituição usada pelo governo federal para financiar e investir em diversos setores da economia do País.

Para assegurar esses propósitos, o BNDES atua com diferentes atividades. Entre elas estão:

  • financiamento a investimentos;
  • subscrição de valores mobiliários;
  • prestação de garantia;
  • concessão de recursos não reembolsáveis a projetos culturais, sociais e tecnológicos.

Além disso, existem condições diferentes para micro, pequenas e médias empresas, além de linhas para educação, saúde, saneamento básico, agricultura familiar e transporte urbano.

Continua após a publicidade

Os serviços oferecidos pelo BNDES

O BNDES sempre tem programas e projetos de investimento para empresas de diferentes segmentos de atuação. Os serviços são variados, mas sempre dentro dessa perspectivas. Atualmente, o banco destaca que os setores de investimento são:

  • infraestrutura;
  • agropecuária;
  • inovação;
  • exportação;
  • desenvolvimento regional e territorial;
  • social;
  • indústria, comércio e serviços;
  • micro, pequenas e médias empresas;
  • cultura e economia criativa;
  • mercado de capitais;
  • meio ambiente.

Os empréstimos do BNDES

As linhas de crédito do BNDES são divididas em perfis. Eles são:

  • microempreendedores e pessoa física: abrange tanto os formais quanto os informais da indústria, do comércio e de serviços, além de caminhoneiros;
  • micro, pequenas e médias empresas: envolve os negócios ainda em crescimento em todos os setores. O faturamento máximo deve ser de R$ 90 milhões;
  • empresas médias e grandes: é específico para empresas com receita bruta anual entre R$ 90 milhões e R$ 300 milhões;
  • grandes empresas: contempla companhias com faturamento bruto total superior a R$ 300 milhões no ano e que desejam manter a competitividade;
  • agro: é indicado para quem trabalha no campo. Abrange produtores rurais e empresas de pecuária, agricultura e agroindústria, qualquer que seja o nível de receita obtido;
  • União, estados e municípios: é indicado para os projetos de gestão e investimentos;
  • infraestrutura: abrange holdings e Sociedades de Propósito Específico (SPE) voltadas para essa finalidade, qualquer que seja a faixa de faturamento.

Cada um desses perfis ainda tem suas linhas de crédito. Em situações emergenciais, como a pandemia do novo coronavírus, o BNDES também pode criar alternativas para auxiliar as empresas brasileiras.

Quais são as condições e as taxas?

As condições e as taxas de juros são diferentes, a depender da modalidade de empréstimo escolhida. Por isso, é preciso consultar o site do portfólio de produtos do BNDES para ver quais são as condições de cada modalidade.

Ainda assim, as taxas de juros podem mudar de uma instituição financeira para outra. Isso acontece porque o banco determina as diretrizes a serem seguidas, mas oferece uma taxa máxima, sem especificar a mínima.

Continua após a publicidade

No site, é explicado que a taxa de juros é diferenciada entre operações diretas e indiretas. No primeiro caso, é cobrada a taxa do BNDES mais o custo financeiro. No segundo caso, ainda há cobrança de um valor do agente intermediário.

Os prazos de pagamento são sempre os mesmos. Eles podem ser de alguns meses ou até de vários anos. Tudo depende do quanto será contratado e do motivo. De toda forma, fica claro que a opção via BNDES é mais atrativa, em quesitos financeiros.

Quais são os canais para contratar o serviço?

A contratação pode ser feita pelo BNDES ou por uma instituição financeira credenciada. O mais comum é o empréstimo ocorrer da segunda forma. O motivo é simples: o banco não tem agências pelo Brasil. Portanto, entrar em contato com um agente é uma forma de simplificar o processo.

Esse é o chamado apoio indireto. Ele tende a ser realizado para financiar a compra de máquinas e equipamentos, e garantir empréstimos do BNDES no valor máximo de R$ 10 milhões. A lista de todos os bancos autorizados a trabalharem com os produtos está no site.

Continua após a publicidade

Os projetos que ultrapassarem esse limite de valor podem ser solicitados diretamente ao BNDES. Essa opção é válida somente para quem já tem habilitação com a entidade. Além disso, é necessário preencher as informações solicitadas no Portal do Cliente

Ali, você pode inserir seu CNPJ ou CPF, nome de usuário e senha, ou fazer um novo cadastro. Também é preciso seguir um roteiro de pedido de financiamento. Ele depende de acordo com o empréstimo solicitado ao BNDES. Por isso, é importante consultar no site.

Quando vale a pena contratar um empréstimo BNDES?

Apesar de muitos empresários não solicitarem o empréstimo do BNDES, é uma boa alternativa para quem deseja pagar pouco. Basta optar por enfrentar a burocracia. Caso você passe por essa etapa, alcançará vários benefícios, como:

  • condições facilitadas: os juros tendem a ser menores e o prazo de pagamento costuma ser maior. Em muitos casos, ainda há um período de carência, ou seja, alguns meses ficam isentos até pagar a primeira parcela;
  • melhoria da organização financeira: o pagamento é quase que garantido, pois o BNDES exige prestar contas detalhadas;
  • parceria com o governo: a contratação de novos empréstimos é facilitada pelo BNDES, se você fizer o pagamento correto;
  • aumento dos prazos: o período de pagamento costuma ser bastante longo, a fim de garantir o investimento e permitir que ele traga resultados financeiros para a empresa.

Por outro lado, as regras do BNDES são rígidas e precisam ser seguidas à risca. Além do mais, as linhas de crédito, como você pôde perceber, são específicas para empresas.

Assim, se você quer contratar um empréstimo BNDES para sua empresa, essa é uma boa ideia. No entanto, caso precise de dinheiro para suas finanças pessoais, deve encontrar outra alternativa.E você, quer saber mais sobre a situação dos empréstimos no Brasil? Aproveite e entenda qual é o panorama do mercado de crédito durante a pandemia.

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *