Bancos, Notícias

Taxas de juros de empréstimos têm queda em agosto

Lilian Calmon
close de mão com dinheiro sendo entregue a outro representando Taxas de juros de empréstimos têm queda

As taxas de juros de empréstimos tiveram queda em agosto. Isso se deve à redução da taxa básica de juros (Selic) e dos compulsórios.

As taxas de juros de empréstimos tiveram queda em agosto, segundo o balanço da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac). Isso se deve, principalmente, à redução da taxa básica de juros (Selic) e dos depósitos compulsórios (parte do dinheiro dos clientes que os bancos são obrigados a manter em depósito no Banco Central).

Responsável pelo relatório, o diretor executivo da Anefac, Miguel Ribeiro de Oliveira, também relaciona a diminuição das taxas de juros para operações de crédito aos aportes do governo para o pagamento de folhas de pequenas e médias empresas.

Continua após a publicidade:

Ele cita ainda a renegociação de dívidas com juros menores e a redução de juros para não complicar ainda mais o cenário de inadimplência e solvência de companhias e pessoas físicas.

As informações são da Agência Brasil.

Taxas de juros de empréstimos: Selic está em seu menor patamar

A taxa Selic passou de 7,25% ao ano em abril de 2013 para 2% ao ano em agosto de 2020. Somente neste ano, ela já caiu cinco vezes. Em janeiro, estava em 4,5% ao ano. Veja como isso impacta as taxas de juros de empréstimos para pessoa física e jurídica.

Taxa de juros para pessoa física

A taxa de juros média para pessoa física teve uma redução de 0,03 ponto percentual no mês, o que representa 0,65 ponto percentual no ano. A variação foi de 5,59% ao mês em agosto. Essa é a menor taxa desde novembro de 2013.

Com a taxa Selic em baixa, a tendência é que os bancos ofereçam empréstimos em melhores condições, porque eles têm um custo menor para fazerem isso. A seleção mais criteriosa dos tomadores de crédito também influencia nisso.

Taxa de juros para pessoa jurídica

A taxa de juros para pessoa jurídica teve uma redução de 0,04 ponto percentual no mês, o que representa a 0,66 ponto percentual no ano. A variação foi de 2, 93% ao mês em agosto, atingindo o menor nível da série histórica.

Quer saber atualizações da notícia “Taxas de juros de empréstimos têm queda”? Então, assine a newsletter do iDinheiro e receba tudo em tempo real.

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *