Nesta quinta feira (06/08), os principais bancos do Brasil anunciaram condições diferenciadas para a redução da taxa de juros dos seus principais produtos financeiros, diante do novo corte da taxa Selic, realizada pelo Copom na tarde de ontem.  

Até o momento, o Banco do Brasil e o Itaú foram os únicos a se pronunciarem sobre menores condições em suas taxas de juros a serem repassadas aos consumidores de maneira direta.

Continua após a publicidade:

Com o corte de 0,25% realizado na taxa Selic, fazendo com que chegue ao novo patamar histórico de 2%, algumas linhas de crédito passarão a contar com reduções diferenciadas a partir da próxima segunda feira (10/08), tanto para pessoas físicas, como jurídicas.

Taxa de Juros do Banco do Brasil

No caso do Banco do Brasil, a redução de juros para o crédito imobiliário para pessoas físicas passará a ser encontrado na instituição pelo valor de 6,99%, para 6,59%, acompanhando assim, a taxa mínima estipulada. Já nas linhas de crédito com o imóvel em garantia, chamada de home equity, as taxas passarão a ser cobradas de 0,78%, para 0,75%.

Enquanto isso, nas linhas de crédito estruturadas, o juro mínimo também contará com alterações, passando de 0,80% para 0,77%.

Pessoas jurídicas

No caso de empresas, os descontos dos títulos passarão uma redução de 0,10%, passando de 0,76%, para 0,66% ao mês. Enquanto isso, no desconto do cheque especial, algumas opções poderão ser encontradas de maneira diferencial, de 1,67% para 0,72%.

E o crédito rotativo, passará a custar cerca de 1,91%, contra a taxa de juros de 1,93% que será cobrada até a sexta feira (07/08).

Banco Itaú

Apesar de ainda não ter divulgado as novas taxas de juros, o Banco Itaú informou em comunicado oficial que repassará o novo corte de 0,25% a todos os seus correntistas, sejam eles pessoas físicas, ou jurídicas. 

Neste caso, os maiores impactos poderão vir para as linhas de crédito destinadas para o capital de giro de pequenos negócios, que estão sendo impactados diretamente pela crise provocada pelo novo coronavírus. 

Pessoas físicas que quiserem contar com as soluções de empréstimos do banco já calculando as novas taxas, deverão entrar em contato com a instituição financeira também a partir de segunda feira (10/08).

Quer continuar acompanhando as novidades sobre a redução de taxas de juros dos grandes bancos? Não deixe de acompanhar a newsletter do iDinheiro.

Publicidade