Tabela ICV 2021

Você sabe o que é ICV? Confira nosso guia para conhecer todos os detalhes sobre esse índice, como ele é calculado e qual a sua importância para o brasileiro.

Data Variação em % Variação no Ano Acumulado 12 meses
janeiro/2020 0,64 0,64 3,30
fevereiro/2020 0,12 0,76 3,07

Todos Valores

Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Acumulado anual
2020 0,64 0,12 - - - - - - - - - - 0,76
2019 0,43 0,35 0,54 0,32 0,20 -0,21 0,17 0,07 -0,11 -0,04 0,46 0,87 3,09
2018 0,95 0,05 0,03 0,04 0,07 1,38 0,14 -0,09 0,55 0,58 0,32 -0,21 3,86
2017 1,04 -0,14 0,01 -0,18 0,37 -0,31 0,13 -0,01 0,20 0,88 0,15 0,28 2,44
2016 1,80 0,71 0,44 0,57 0,67 0,45 0,21 0,36 0,03 0,37 0,28 0,12 6,17
2015 2,25 1,40 1,26 0,55 0,57 0,81 0,95 0,06 0,48 0,78 1,02 0,77 11,44
2014 1,95 0,61 0,81 0,57 0,14 0,00 0,68 0,02 0,23 0,50 0,52 0,52 6,74
2013 1,77 0,12 0,78 0,31 0,61 0,34 0,09 0,09 0,24 0,64 0,45 0,44 6,03
2012 1,32 0,13 0,59 0,68 0,43 0,23 0,42 0,20 0,42 0,81 0,57 0,43 6,41
2011 1,28 0,41 0,91 0,80 0,06 -0,34 0,44 0,39 0,69 0,31 0,52 0,50 6,13
2010 1,72 0,59 0,47 0,22 0,15 0,02 0,14 0,25 0,53 0,93 1,04 0,65 6,91
2009 0,69 0,02 0,40 0,31 0,23 0,05 0,49 0,30 0,27 0,53 0,60 0,08 4,04
2008 0,88 -0,03 0,45 0,42 0,87 0,97 0,87 0,32 0,14 0,43 0,53 0,10 6,11
2007 0,95 0,21 0,25 0,41 0,63 0,15 -0,30 0,40 0,30 0,33 0,28 1,09 4,79
2006 0,72 0,12 0,52 -0,06 -0,37 -0,21 -0,14 0,32 0,39 0,27 0,33 0,65 2,56
2005 0,91 0,32 0,81 0,50 0,39 -0,17 -0,17 0,00 0,72 0,57 0,38 0,19 4,53
2004 1,46 -0,18 0,47 0,06 0,43 1,12 1,21 0,69 0,29 0,53 0,83 0,54 7,70
2003 2,92 1,35 1,06 1,39 0,24 -0,26 0,35 -0,15 1,26 0,47 0,26 0,32 9,56
2002 1,06 0,13 0,23 0,74 0,10 0,60 1,34 0,40 0,95 1,13 3,20 2,39 12,93
2001 0,83 0,23 0,48 0,39 0,22 1,53 2,12 0,65 0,60 1,20 0,98 -0,16 9,43
2000 1,19 -0,20 0,77 0,29 -0,20 0,15 2,13 1,31 0,41 0,00 0,34 0,82 7,21
1999 1,38 1,15 0,98 0,11 0,22 0,34 1,19 0,38 0,37 0,93 1,34 0,80 9,57
1998 0,70 0,28 0,20 0,19 0,41 0,05 -0,37 -0,89 -0,11 0,21 -0,34 0,15 0,47
1997 2,12 0,46 0,50 1,08 -0,01 0,99 0,55 -0,28 0,11 0,06 0,21 0,18 6,11
1996 2,53 0,31 1,11 0,56 1,76 0,09 2,34 -0,26 0,10 0,32 0,32 0,38 9,94
1995 0,92 1,50 3,24 2,69 2,74 2,82 2,81 1,49 0,50 1,47 2,78 1,58 27,44
1994 41,50 39,28 41,30 48,08 43,74 49,15 27,19 2,21 0,66 2,98 2,74 0,53 1 130,48
1993 25,91 27,41 27,61 29,05 28,53 30,21 34,73 35,65 34,79 36,27 38,51 - 1 955,79

O ICV é um dos principais índices que auxiliam no cálculo do custo de vida na maior cidade do Brasil, e, por isso, vale a pena conhecer mais sobre ele.

Além de ser um importante indicador econômico, esse índice também pode te ajudar a fazer planos mais concretos para o futuro, e ter um planejamento financeiro mais completo.

Continua após a publicidade

Com isso, será mais fácil determinar as suas prioridades e alcançar uma melhor qualidade de vida, tudo a partir das informações que esse indicador reúne.

Assim, se você ainda não conhece o ICV e como ele é calculado, confira o conteúdo que preparamos e a importância desse índice no seu dia a dia.

Continua após a publicidade

O que é o índice ICV?

ICV é a sigla para Índice do Custo de Vida, um indicador econômico criado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE). 

Seu principal objetivo é mensurar o valor total necessário para financiar o padrão de consumo dos habitantes da cidade de São Paulo.

A localidade escolhida também é estratégica, uma vez que a capital é a cidade mais populosa do país, além de ser um importante centro econômico nacional.

Apesar do ICV avaliar os dados de apenas uma região, ele é considerado um dos indicadores mais importantes do segmento, realizando pesquisas desde 1959, com mais de 60 anos de resultados publicados.

Continua após a publicidade

Como se calcula o ICV?

Para obter uma cobertura mais ampla de dados, o ICV DIEESE realiza um levantamento de dados com base em três perfis diferentes, determinados de acordo com faixas de renda distintas.

Dessa forma, os resultados poderão abranger o padrão de consumo e custo de vida de várias classes sociais.

Assim, os grupos são separados como:

  • menor renda, sendo famílias que ganham de 1 a 3 salários mínimos;
  • renda intermediária, sendo famílias que ganham de 1 a 5 salários mínimos;
  • maior poder aquisitivo, sendo famílias que ganham de 1 a 30 salários mínimos.

Além disso, a pesquisa é feita mensalmente em mais de mil locais, analisando os preços de mais de 500 bens e serviços por todo o município de São Paulo, de acordo com a metodologia do DIEESE.

O levantamento é feito mensalmente, e analisa produtos e serviços de diversas categorias, como:

  • alimentação: incluindo bebidas e alimentação fora de casa;
  • habitação: impostos, aluguel e condomínio;
  • transporte;
  • lazer;
  • saúde: incluindo valores de consultas médicas, planos de saúde e remédios em geral;
  • cuidados pessoais: como higiene e beleza;
  • gastos domésticos: como eletricidade, internet, compras de bens para residência.

Assim, o ICV pode determinar o custo de vida de forma mais completa, abrangendo todas as principais despesas que o consumidor pode ter vivendo em São Paulo.

Continua após a publicidade

Como o ICV afeta a vida dos paulistanos?

O ICV é um índice de extrema importância para os paulistanos, pois está diretamente relacionado ao seu poder de compra e qualidade de vida.

Em um primeiro momento, o indicador DIEESE realiza um levantamento dos preços de bens e serviços na cidade, permitindo que os consumidores tenham um panorama do cenário econômico de São Paulo.

Isso auxilia na elaboração de um planejamento financeiro mais concreto, levando em consideração o valor para se manter o padrão de consumo.

Além disso, quanto maior o ICV, maior devem ser os recebimentos do paulistano, para que ele possa cobrir suas despesas básicas.

Continua após a publicidade

Nesse caso, conhecer e acompanhar o ICV permite que o consumidor monitore sua própria condição, e tome decisões com mais segurança. Por exemplo, optar por se mudar, caso o custo de vida ultrapasse seu orçamento.

De forma geral, essa análise só é possível com o índice de custo de vida e suas atualizações.

Qual o Índice de Custo de Vida de outras cidades?

Uma vez que o ICV DIEESE monitora apenas o custo de vida de São Paulo, não é possível acompanhar o levantamento de outras cidades por meio desse indicador.

No entanto, para calcular o custo médio de outras localidades, é possível levar em conta alguns fatores, como o salário médio e o preço de bens e serviços básicos.

Continua após a publicidade

Assim, você poderá traçar um custo aproximado em diferentes cidades brasileiras. Confira alguns exemplos, com dados atualizados do último ano:

Rio de Janeiro

  • salário médio: R$ 4.197,60;
  • refeição individual: R$ 25,00;
  • passagem de transporte público: R$ 3,95;
  • água e luz para um apartamento médio: R$ 362,36.

O Rio de Janeiro é um dos maiores centros turísticos e econômicos do Brasil, de modo que seu salário médio consegue alcançar um valor considerável.

Além disso, os gastos básicos também ficam dentro da média. Mas vale a pena ressaltar que essas informações variam de acordo com a região e localidade da cidade.

Brasília

  • salário médio: R$ 5.247,00;
  • refeição individual: R$ 27,50;
  • passagem de transporte público: R$ 4,50;
  • água e luz para um apartamento médio: R$ 227,28.

Na capital do país, o custo de vida também tem avaliação positiva, por conta da média salarial elevada e preços de serviços dentro da faixa.

Continua após a publicidade

João Pessoa

  • salário médio: R$ 2.575,80;
  • refeição individual: R$ 19,00;
  • passagem de transporte público: R$ 3,55;
  • água e luz para um apartamento médio: R$ 254,3;

Enquanto isso, no Nordeste, a cidade de João Pessoa, na Paraíba, também possui um bom índice de custo de vida.

Embora o salário médio não seja tão alto quanto no Sudeste, a capital não fica atrás quanto aos preços de bens e serviços.

Conhecer o ICV e o custo de vida de outras cidades é importante para determinar quais localidades mais valem a pena e se ajustam ao seu orçamento.

Inclusive, se você deseja conhecer mais informações sobre outros locais, pode conferir nosso guia especial sobre o assunto.

Perguntas frequentes

O que é o índice ICV?

ICV é a sigla para Índice do Custo de Vida, um indicador econômico criado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE). Seu principal objetivo é mensurar o valor total necessário para financiar o padrão de consumo dos habitantes da cidade de São Paulo.

Como se calcula o ICV?

Para obter uma cobertura mais ampla de dados, o ICV DIEESE realiza um levantamento de dados com base em três perfis diferentes, determinados de acordo com faixas de renda distintas. Dessa forma, os resultados poderão abranger o padrão de consumo e custo de vida de várias classes sociais.

Continua após a Publicidade