Stake corretora é boa para investir no exterior? Vale a pena?

Conheça tudo sobre a plataforma, veja como ela funciona, se seus serviços são confiáveis.

B612_20210521_152657_024_2
Melissa Nunes

Por ser relativamente nova no mercado brasileiro e não atuar diretamente na B3, muitos investidores que procuram uma nova instituição podem se perguntar se a Stake corretora é boa e confiável.

A plataforma de investimentos permite que estrangeiros invistam com mais facilidade nas bolsas financeiras dos Estados Unidos, e, agora, também disponibiliza seus serviços para o Brasil.

Continua após a publicidade

No entanto, suas funcionalidades se destacam de outras corretoras, e algumas vantagens podem fazer com que os usuários questionem a confiabilidade dos serviços. Nesse caso, antes de tomar uma decisão definitiva e avaliar se a Stake corretora é boa e vale a pena, é fundamental conhecer mais sobre a organização e entender como ela funciona.

Pensando nisso, preparamos um guia especial sobre o assunto, com tudo que você precisa saber para determinar se a corretora Stake é confiável e segura.

Continua após a publicidade

Conheça a corretora Stake

A corretora Stake é uma plataforma de investimentos fundada na Austrália, em 2017, que tem por objetivo permitir que investidores estrangeiros possam operar nas bolsas norte-americanas.

Ela possibilita isso por meio de uma parceria comercial com a DriveWealth, uma gestora de corretagem dos Estados Unidos. Dessa forma, apesar de ser conhecida como corretora, a Stake atua como uma casa de câmbio que realiza a mediação entre investidor e corretora americana.

Embora seja australiana, a Stake possui milhares de clientes no Reino Unido e na Nova Zelândia. Desde 2020, também passou a atuar no Brasil, somando mais de 400 mil usuários ativos cadastrados em sua plataforma, 30 mil somente no país.

Apesar de relativamente nova, em comparação a outras corretoras que possuem mais tempo de serviço no mercado, a plataforma conta com uma reputação considerável no mercado financeiro, um ponto importante para quem busca determinar se a Stake corretora é boa.

Continua após a publicidade

Segundo análises, a empresa está avaliada em cerca de U$200 milhões, e recebeu aportes significativos da gestora DST Global, responsável por investir em startups como Nubank e Neon. Com isso, foi capaz de cobrir as necessidades do seu caixa pelos próximos dois anos, segurança que permitiu que expandisse sua área de atuação e se destacasse no mercado pelas campanhas que divulga.

Bônus para novos clientes

Recentemente, a Stake voltou a chamar a atenção pelo bônus que oferece para novos usuários, como uma forma de atrair investidores, especialmente brasileiros.

Todos os novos clientes podem ganhar uma ação no valor de até U$ 150 caso realizem o depósito mínimo de R$ 500 nas primeiras 24 horas de abertura de conta. Em outras palavras, a plataforma paga seus investidores para operarem utilizando seus serviços. A campanha, ainda vigente até o momento, foi uma das responsáveis pela popularidade da corretora no Brasil.

Além disso, também disponibiliza um jogo para os investidores, que determina qual a ação que irão ganhar. Entre os nomes disponíveis estão empresas como Nike, DBR e GoPro.

Continua após a publicidade

A Stake é confiável e segura para investir? 

A busca por uma nova plataforma de investimentos no exterior faz com que diversos usuários procurem nomes diferenciados no mercado, em busca de novas funcionalidades e serviços mais em conta. Nesse caso, a Stake surge como uma alternativa, especialmente por ter entrado recentemente no mercado brasileiro.

Contudo, pode ser pouco conhecida por alguns investidores, que se perguntam se a Stake corretora é boa e segura para investir. Assim, o primeiro passo para realizar essa avaliação é considerar alguns pontos importantes sobre a plataforma, que podem auxiliar o investidor a determinar se a gestora Stake é, de fato, confiável. Confira alguns dos fatores mais pertinentes:

Questões regulatórias

Em um primeiro momento, gestoras estrangeiras que não possuem atuação vigente na Bolsa de Valores brasileira não são regulamentadas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Isso se aplica à Stake, que atua como uma mediadora de negociações entre investidores nacionais e as bolsas de valores norte-americanas.

Nesse caso, uma vez que a plataforma não opera diretamente na B3, ela não é regulamentada pela CVM. Isso pode levar muitos investidores a questionarem se a Stake corretora é boa e confiável.

Continua após a publicidade

No entanto, como corretora estrangeira, a plataforma possui outras certificações de segurança.

Assim, a gestora DriveWealth está incluída no Securities Investor Protection Corporation (SIPC), ou Corporação de Proteção ao Investidor. Trata-se de uma associação não-governamental com o objetivo de limitar os prejuízos de investidores caso as corretoras se tornem insolventes. Basicamente, ele funciona como o Fundo Garantidor de Crédito, no Brasil, e também cobre investimentos feitos por estrangeiros por meio de casas de câmbio como a Stake. Em outras palavras, caso a corretora quebre, o investidor continuará tendo seus ativos e seu capital investido será estornado.

Além disso, outros fatores que contribuem para a análise se a Stake corretora é boa são os órgãos de fiscalização que determinam seus certificados de segurança, incluindo a US Securities and Exchange Commision e a Financial Industry Regulatory Authority (FINRA), ambas norte-americanas.

Ainda, uma vez que a DriveWealth é uma corretora norte-americana estabelecida e regulamentada, suas atividades também são certificadas por esses e outros órgãos de fiscalização financeira.

No Brasil, a Stake tem uma parceria com a corretora Ativa Investimentos.

Dessa forma, quanto às questões regulatórias, a Stake corretora é boa e confiável.

Reclame Aqui

Outra consideração que pode ajudar os investidores a determinarem se a Stake corretora é boa e confiável é a sua reputação em plataformas de avaliação. Dessa forma, usuários interessados em se tornarem clientes podem conhecer as impressões de outros investidores, além de verificar depoimentos e reclamações quanto aos serviços da corretora.

Continua após a publicidade

Um dos principais sites de avaliação no Brasil, atualmente, é o Reclame Aqui, que permite o registro de reclamações e insatisfações, e também a atribuição de notas para o atendimento e para a qualidade no serviço. Na plataforma, a média da corretora Stake é, no momento, 8.6, considerada ótima. Ela também apresenta outros índices positivos:

  • 100% de reclamações respondidas;
  • 90% de soluções encontradas;
  • 80% dos clientes afirmaram que voltariam a fazer negócio no futuro.

A partir dessa avaliação, é possível determinar que a Stake corretora é boa e confiável na opinião dos usuários. No entanto, até o momento possui apenas 13 reclamações registradas. Nesse caso, é importante se atentar para a corretora no futuro, pois ainda conta com poucos anos de atuação no mercado brasileiro, e pode apresentar novas reclamações posteriormente.

Análise de Ações

Enquanto isso, outra plataforma que contribui para analisar se a Stake corretora é boa é o site Análise de Ações. Ele também oferece um espaço para os usuários atribuírem notas para os serviços da gestora, além de fóruns de discussão.

Atualmente, a Stake possui nota 4 de 5 estrelas na média geral. Suas menores atribuições são “Custos e taxas” e “Atende às necessidades”, com 3 de 5 estrelas. No entanto, de modo geral, a avaliação da corretora é positiva, destacando seus pontos positivos, como a facilidade que ela oferece para os investidores operarem em bolsas estrangeiras.

Continua após a publicidade

Nesse caso, de acordo com a plataforma, a Stake corretora é boa na opinião dos usuários e clientes, mas é preciso se atentar para alguns pontos de atenção.

Aplicativos

Por fim, para quem deseja saber se a Stake corretora é boa, vale a pena conferir também as notas atribuídas aos aplicativos que ela disponibiliza para sistema Android e iOS.

Na Play Store, o aplicativo da Stake possui 4.6 de 5 estrelas, com mais de 3.800 avaliações dos usuários. Os pontos positivos ressaltam as funcionalidades da plataforma para dispositivo móvel, como gráficos e relatórios, mas alguns usuários também apontam lentidão no sistema e dificuldade de utilizar algumas ferramentas.

Enquanto isso, na Apple Store a média do aplicativo é 3.8 de 5 estrelas, com mais de 3.200 avaliações. No entanto, o programa ainda não está disponível em português para usuários do sistema iOS, o que é uma desvantagem. Dessa forma, somente investidores estrangeiros puderam opinar sobre o aplicativo, e, embora definam que a Stake corretora é boa, seus apontamentos negativos ganham maior visibilidade.

Continua após a publicidade

Como funciona o investimento na Stake?

Em um primeiro momento, a corretora conta com mais de 6 mil stocks disponíveis em seu catálogo, incluindo ações das bolsas norte-americanas. Também trabalha com REITs, que funcionam como fundos de investimento imobiliário estrangeiro, e ETFs.

Para começar a operar por meio da plataforma, o investidor deve abrir uma conta, que pode ser feita pela internet, e realizar a transferência de capital como saldo em sua carteira. Essa transferência pode ser feita, atualmente, por meio de TED ou Pix, com conversão cambial automática.

Nesse caso, o investidor envia a transferência para a Stake, que, por sua vez, converte a moeda para dólar por meio da plataforma FacilitaPay. Uma vez que o saldo já se encontra na carteira do investidor, é possível realizar aplicações em ações dentro da plataforma, que media a operação com a corretora DriveWealth.

O saque do saldo da carteira também pode ocorrer por meio de transferência eletrônica, com conversão cambial automática. No entanto, é importante que o usuário se atente para a cobrança de taxas e eventuais juros sobre o valor no momento da conversão de dólar para real, no caso de investidores brasileiros.

Continua após a publicidade

Custos e taxas da corretora

Outro fator importante para definir se a Stake corretora é boa são seus custos e taxas de operação. Uma vez que o investidor escolhe a instituição, é preciso se atentar para as tarifas que ela pode cobrar a cada negociação.

Abertura de contaIsento
CorretagemIsento
Spread cambial2% + IOF + taxa fixa de U$ 5,00
Depósitos e saques1,6%
Transferências no mesmo dia1,6% + 0,7%
Assinatura premium no BrasilU$ 5,00 por mês
Assinatura premium em outros países U$ 9,00 por mês

Como a plataforma de investimentos é estrangeira, todos os investimentos são feitos em dólar, mesmo que os usuários utilizem o site em português. A boa notícia é que todos os câmbios são automáticos, e o depósito e saque de saldos já incluem a conversão de moedas. Por outro lado, os custos da Stake também são cobrados em dólar, e podem ser mais altos, por conta da valorização da moeda.

Além disso, um ponto que pode ajudar a determinar se a Stake corretora é boa é sua taxa de corretagem, que, atualmente, é zero. Em outras palavras, a plataforma não cobra corretagem dos investidores, de modo que sua receita provém, basicamente, das taxas de spread que ela aplica na conversão da moeda local para dólar.

Ainda, também conta com uma tarifa adicional no caso de antecipação de recebimentos, e planos de assinatura que dão acesso à funcionalidades mais completas.

Continua após a publicidade

Vantagens e desvantagens de investir no exterior com a Stake

Por fim, depois de conhecer mais detalhes sobre as funcionalidades da plataforma e seus custos, vale a pena conferir os pontos positivos e negativos do serviço, para definir se a Stake corretora é boa.

Para se diferenciar de outros serviços do mercado, a plataforma investiu em algumas vantagens atrativas para os usuários.

Vantagens da corretora Stake

  • Home broker com vários idiomas, inclusive português;
  • site e aplicativo em português;
  • permite investir no exterior de forma simples e acessível;
  • corretagem zero;
  • mais de 4 mil stocks disponíveis;
  • promoção de ação gratuita ao abrir uma conta e transferir o saldo mínimo dentro de 24 horas;
  • permite negociar ações no mercado padrão e fracionário.

Nesse caso, como plataforma de investimentos estrangeira, os serviços que ela disponibiliza para o investidor são atrativos.

Por outro lado, antes de decidir se a Stake corretora é boa, é importante também se atentar para alguns de seus detalhes menos positivos. Algumas desvantagens foram levantadas pelos usuários e reportadas em depoimentos, como pontos de melhoria.

Continua após a publicidade

Desvantagens da corretora Stake

  • Falta de relatórios detalhados para declaração de Imposto de Renda;
  • não possui plataforma de negociações desktop (só é possível comprar e vender ativos pelo aplicativo);
  • não possui aplicativo em português para sistema iOS;
  • cobra taxa adicional para transferências no mesmo dia.

Vale a pena investir com a Stake?

Depois de analisar as principais funcionalidades da plataforma de investimentos, o investidor poderá determinar se a Stake corretora é boa e vale a pena usar seus serviços para investir no exterior diretamente.

Em um primeiro momento, existem alguns apontamentos que destacam a plataforma, especialmente o fato de seus serviços serem estrangeiros. Dessa forma, como mediadora de negociações, ela permite que investidores de outros países possam atuar nas bolsas de valores norte-americanas com mais praticidade e facilidade.

Além disso, possui parceria comercial com uma administradora registrada e certificada dos Estados Unidos, o que traz mais segurança para o cliente.

Enquanto isso, também conta funcionalidades atrativas, como a possibilidade de ganhar uma ação no momento de abertura da conta, e não pagar nada pela corretagem.

Continua após a publicidade

Por outro lado, existem alguns pontos menos positivos, como a possibilidade de negociar ativos somente pelo aplicativo. Nesse caso, investidores que possuem afinidade com plataformas desktop podem sentir falta desse serviço.

Ainda, antes de determinar se a Stake corretora é boa e vale a pena, é fundamental que o usuário determine suas próprias necessidades. Isso porque cada investidor apresenta suas próprias necessidades, o que ajuda a escolher a plataforma de investimentos ideal para o seu perfil.

Por esse motivo, a Stake é uma corretora que possui ferramentas de qualidade e funcionalidades interessantes, mas é preciso determinar quais as suas necessidades como investidor antes de abrir uma conta. Dessa forma, poderá aproveitar tudo que a corretora oferece, e ter uma experiência positiva.

Contudo, podemos concluir, de modo geral, que a Stake corretora é boa e confiável.

Sugestões de leitura do iDinheiro:

Perguntas frequentes

  1. Como investir na Stake?

    O investidor pode abrir uma conta gratuitamente pelo site da corretora. Depois de se cadastrar, basta transferir o valor mínimo para sua carteira, e já poderá começar a investir em ativos pela plataforma.

  2. Quanto custa investir na Stake?

    A abertura de conta e a corretagem da Stake são gratuitos. Enquanto isso, existem custos de spread, de 2% mais uma taxa fixa de $5 dólares, e 1,6% de taxa para depósitos e saques.

  3. Em quais produtos posso investir na Stake?

    Na corretora Stake é possível investir em stocks, ou ações estrangeiras, REITs, que funcionam como fundos de investimento, e ETFs, também conhecidos como fundos de índice.

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.