Tutoriais

Aprenda a solicitar o seguro-desemprego pelo app da Carteira de Trabalho Digital

Victor Leitão
Victor Leitão
Mulher usando o celular para solicitar o seguro-desemprego
Entenda como é possível solicitar o seguro-desemprego pela Carteira de Trabalho Digital sem precisar sair de casa, só pelo celular!

Artigo originalmente publicado em blog.mobills.com.br. Conteúdos e comentários foram integralmente mantidos.

Aprenda a solicitar o seguro-desemprego pelo app da Carteira de Trabalho Digital

 

Muitas pessoas não sabem, mas é possível solicitar o seguro-desemprego sem precisar sair de casa!

Isso acontece por conta do aplicativo Carteira de Trabalho Digital, disponível para Android e iPhone (iOS).

Continua após a publicidade

O maior benefício dessa opção é uma forma de garantir assistência aos trabalhadores que perderam seus empregos sem justa causa, e que não possuem outra fonte de renda no momento.

A quantia é recolhida durante o período de trabalho, por meio do PIS/PASEP e é fornecida ao trabalhador por tempo limitado.

Continua após a publicidade

Além de trabalhadores demitidos sem justa causa, outros trabalhadores também têm direito ao seguro-desemprego, como pescadores artesanais em época de proibição de pesca, trabalhadores resgatados em regime de escravidão, e trabalhadores que tiveram seu contrato suspenso por motivo de qualificação profissional.

Vale ressaltar que o aplicativo Carteira de Trabalho Digital também possibilita a exportação da CTPS em um documento PDF, acompanhar o Benefício Emergencial (BEm), e acessar contratos de trabalho.

Confira o passo a passo a seguir para entender como solicitar o seguro-desemprego pelo aplicativo de celular.

imagem do aplicativo carteira de trabalho digital

Aprenda a solicitar o seguro-desemprego pela Carteira de Trabalho Digital

Para solicitar o seguro-desemprego, basta seguir os 6 passos simples que mostrarei abaixo, e o processo será realizado de qualquer lugar, a partir do seu celular.

Continua após a publicidade

Passo 1: Baixar o aplicativo

Antes de tudo, você precisa baixar o aplicativo Carteira de Trabalho Digital, disponível nas lojas da PlayStore (Android) ou AppStore (iOS).

Após isso, abra o aplicativo e clique em “Entrar”.

Você será redirecionado ao site do governo. Então, basta digitar o seu CPF e logar no app.

Feito isso, selecione a opção “Avançar”.

Print screen do aplicativo carteira de trabalho digitalPrint screen do aplicativo carteira de trabalho digital

Passo 2: Consultar Benefícios

Após entrar no app, é hora de digitar sua senha. Faça isso, clique na opção “Entrar”, e então você terá acesso ao aplicativo.

Por fim, procure a opção “Benefícios” no menu inferior, que será possível consultar os benefícios disponíveis, inclusive o seguro-desemprego.

Continua após a publicidade

Passo 3: Solicitar o Seguro-desemprego

Agora, toque na opção “Solicitar”, que estará escrita no quadro nomeado “Seguro-desemprego”.

Na tela que aparecerá em seguida, escolha o botão azul nomeado “Seguro-desemprego”.

Passo 4: Iniciando o requerimento

Você precisará informar um numero de requerimento.

No total, são dez algarismos que poderão ser encontrados no canto superior direito do seu “Requerimento de Seguro-Desemprego”, documento emitido pela empresa onde você trabalhou.

Feito isso, clique em “Próximo” e confira todos os seus dados pessoais antes de tocar em “Avançar”.

Passo 5: Termo de Aceite

Ao conferir os dados pessoais, você será redirecionado para a etapa de “Vínculos”, onde será necessário conferir os dados da empresa na qual você trabalhou.

Em seguida, toque novamente em “Avançar”, caso todos os dados estejam corretos.

Agora, leia com atença o “Termo de Aceite” e, ao final da tela, marque a opção “Concordo com as regras para solicitação/recebimento do benefício” e confirme.

Continua após a publicidade

Neste momento, a solicitação será realizada!

Passo 6: Consultar o andamento

Caso você deseje consultar o andamento da solicitação, é só ir em “Benefícios” e clicar em “Consultar”, na seção “Seguro-desemprego”.

Nessa opção, poderão ser encontradas informações como parcelas e datas de recebimento, assim como notificações, recursos, vínculos e também seus dados bancários.

Como calcular o seguro-desemprego

O cálculo do valor das parcelas do seguro-desemprego é feito com base na média dos salários dos últimos três meses de trabalho.

Já para o caso de pescadores artesanais, empregado doméstico e trabalhadores resgatados, o valor do seguro equivale ao salário mínimo (atualmente no valor de R$ 1.045).

Continua após a publicidade

Vale ressaltar que o responsável por definir os valores e números das parcelas é a Secretaria do Trabalho, atualmente vinculada ao Ministério da Economia.

Dúvidas relacionadas a valores trabalhistas?

Caso você tenha quaisquer dúvidas quanto a direitos e valores relacionados ao seu trabalho, também pode acessar calculadoras.

São 5 opções que vão te ajudar a esclarecer os seus recebimentos. Acesse e confira as calculadoras de:

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *