O programa lançado pelo Serasa, batizado de “Serasa Limpa Nome” anunciou que, por conta da atual situação causada pela pandemia do coronavírus, passará a ampliar as negociações de dívidas existentes para pessoas físicas a partir de R$ 50.

A proposta do Serasa Limpa Nome, que é a de oferecer melhores condições de pagamentos para pessoas que tenham dívidas atrasadas ou estejam com o nome negativa, pagando juros mais baixos e tendo acesso a um parcelamento facilidade, sofrerá um reajuste para ajudar ainda mais a população.

Inicialmente, a solução ofertava a negociação de dívidas com parcelas a partir de R$ 100. Porém com a alta demanda de endividamento das pessoas durante os últimos dois meses, mais empresas aderiram ao programa e o valor mínimo de negociação acabou sendo reduzido pela metade. 

Para o diretor do Serasa Limpa Nome, Lucas Lopes, esta acaba sendo uma excelente oportunidade para que os brasileiros consigam priorizar seus gastos, sem precisar contar com juros abusivos durante esse período. 

“Estamos em um momento muito delicado. E oferecendo métodos diferentes dos brasileiros recuperarem sua saúde financeira, é muito gratificante para nós. O objetivo da empresa é que tenhamos cada vez menos pessoas inadimplentes”, disse. 

Alguma das empresas que participam do programa são: Net/Claro, Tricard, Santander e Recovery.

Importante ressaltar que as parcelas mínimas de R$ 50 estão disponíveis de acordo com as soluções ofertadas por cada instituição.