Semana do Cliente: veja 4 dicas para não cair em ciladas

No Brasil, o Dia do Cliente é comemorado em 15 de setembro, sendo as promoções […]

Isabella Proença
Isabella Proença

No Brasil, o Dia do Cliente é comemorado em 15 de setembro, sendo as promoções ampliadas para uma Semana do Cliente, realizada neste ano entre 13 e 19 de setembro.

Ainda que a data seja menos expressiva do que a Black Friday, também é uma oportunidade para o consumidor adquirir serviços e produtos com descontos.

Continua após a publicidade

No entanto, é importante se proteger de armadilhas, golpes e outros crimes virtuais. Confira algumas dicas para aproveitar a Semana do Cliente e fazer as compras com segurança.

1. Desconfie de ofertas surreais na Semana do Cliente

O phishing é um dos golpes online mais recorrentes e consiste em uma “isca” para atrair o consumidor e fazer com que ele forneça seus dados para os criminosos.

Um exemplo é anunciar um produto em rede social ou e-mail e pedir que a pessoa clique em um link para realizar a compra. Nesse caso, o link pode redirecionar o consumidor para uma página falsa, onde ele preenche os campos com seus dados pessoais.

A isca mais frequente do phishing são preços inacreditáveis. Por esse motivo, sempre desconfie.

2. Confira o aplicativo ou site

Ao receber uma oferta por rede social ou e-mail, não deixe de verificar o site ou aplicativo da empresa.

Para isso, acesse o site da loja diretamente pelo seu navegador e busque por lá a promoção mencionada, antes de finalizar a compra pelo link que recebeu.

Além disso, vale a pena ressaltar que nenhuma empresa solicita os dados do seu cartão de crédito via SMS ou e-mail.

3. Se informe sobre seus direitos como cliente

Ao adquirir um produto online, todo consumidor tem o chamado direito de arrependimento. Com isso, lojas devem oferecer estorno no prazo de até 7 dias, contando que consumidor não utilizou o produto.

A loja tem a obrigação de devolver o valor pago e, ainda, arcar com os custos de devolução (envio de mercadoria). Dessa forma, é possível evitar prejuízos caso o produto comprado não esteja dentro de suas expectativas.

4. Cheque o histórico de preços antes da semana

Muitas lojas aumentam os valores dos produtos antes de datas comemorativas como esta para vendê-los pelo valor original no dia das promoções. Dando, assim, uma falsa sensação de economia.

Portanto faça pesquisas em sites e aplicativos que mostram o histórico dos preços dos produtos, como o Buscapé e o Zoom, por exemplo, e compre somente em lojas que oferecerem descontos reais.

Estas dicas foram úteis? Então assine a newsletter do iDinheiro e receba outras informações para comprar online com segurança diretamente no seu e-mail.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.