O que é o seguro Bike Registrada? Entenda se vale a pena contratar

Já pensou em proteger sua bicicleta? Conheça o seguro Bike Registrada e veja se vale a pena contratar o serviço.

Julyana Andrade
Julyana Andrade

Se você pedala, sabe que precisa e precaver. O ciclista enfrenta muitos desafios em seu dia a dia, que vão desde roubos da bicicleta até atropelamentos. Para minimizar os problemas, surgiu o seguro Bike Registrada.

O serviço funciona como um seguro comum. Porém, é adaptado para a realidade dos ciclistas, é claro. Por isso, surge como uma alternativa viável para quem deseja garantir o seu bem.

Continua após a publicidade

A questão é: será que vale a pena? Será que o seguro Bike Registrada é bom? Vamos responder essas perguntas a partir das informações sobre o serviço. Confira.

O que é o seguro Bike Registrada?

O seguro Bike Registrada é um serviço oferecido pela insurtech de mesmo nome em parceria com a Seguradora ESSOR.

Continua após a publicidade

O objetivo é garantir que o ciclista tenha as principais coberturas necessárias de seguro de bicicleta para manter o bem protegido.

Antes de aprofundar nesse assunto, vale a pena explicar o que é insurtech: termo se refere a uma startup do mercado de seguros. Ela usa a tecnologia para melhorar a experiência dos usuários.

No caso do Bike Registrada, a ideia é oferecer planos específicos para quem usa a bicicleta com frequência. Assim, é possível:

  • evitar roubos;
  • ajudar na recuperação de bicicletas furtadas;
  • dificultar a venda do veículo roubado.

Todo o processo é feito pela internet. Por isso, é mais rápido e eficiente.

Como o seguro Bike Registrada funciona?

Assim que você fizer a contratação do serviço e receber a autorização, já terá o seguro. A partir disso, deverá conhecer os detalhes abaixo.

Continua após a publicidade

Franquia

Caso ocorra algum sinistro, é preciso pagar a franquia. O valor varia, mas é menor do que o custo de uma bicicleta nova. Além disso, a cobrança é feita quando houver pagamento de indenização integral ou parcial.

A participação obrigatória equivale a 10% do valor dos prejuízos. No entanto, tem um montante mínimo. Ele depende da bicicleta. Se ela custar entre:

  • 1.000 e 1.500 reais, o valor mínimo é de 250 reais;
  • 1.500,01 e 5.999,99 reais, é de R$ 500 reais;
  • 6.000,00 e 75.000 reais, tem um valor mínimo de 800 reais e um máximo de 3.000 reais.

Quando for o caso, a franquia é descontada da indenização. Assim o processo é agilizado. Além disso, existem algumas regras a cumprir. Elas são:

  • a bicicleta deve ter um valor entre R$ 1.500 e R$ 75.000;
  • o pagamento deve ser feito via cartão de crédito das bandeiras Visa, Elo, Mastercard, American Express e Diners;
  • o seguro deve ser contratado em nome do responsável legal, caso o usuário tenha menos de 18 anos.

Vale a pena observar que o valor segurado no contrato é de 100% do preço da bike. A quantia a ser paga mensalmente depende do cálculo feito com a taxa prevista. Por isso, é preciso fazer a simulação.

Continua após a publicidade

Sinistro

Se for necessário abrir um sinistro, o contato deve ocorrer por:

Selo de segurança

Esse é um produto tecnológico do seguro Bike Registrada. O objetivo é diminuir os roubos e identificar o proprietário da bicicleta. Assim, as vantagens divulgadas são:

  • combate ao comércio de bikes furtadas e roubadas;
  • praticidade e facilidade ao identificar a bicicleta e seu proprietário;
  • chance de recuperação do objeto;
  • combate à ação dos ladrões;
  • diminuição do risco de comprar um item roubado;
  • notificação com a localização de qualquer pessoa que consultar sua bicicleta;
  • informações do ciclista e contato de emergência em situações de acidente.

Vale a pena ressaltar que o selo de segurança é um serviço à parte. Ele custa R$ 69,90. Ainda existem um frete de R$ 10. Isso porque é enviado um adesivo para ser colado à bicicleta e identificá-la.

Classificados

O site do seguro Bike Registrada também tem essa área. Nela, você pode consultar a procedência da bicicleta que será comprada.

Assim, você evita que o veículo seja fruto de roubo. Da mesma forma, consegue encontrar o comprador ideal, caso faça um anúncio de venda.

Continua após a publicidade

Bike LOC

É um serviço de localização de consulta. Ele está incluído no selo de segurança e garante o recebimento de um SMS com o lugar de onde a verificação foi realizada.

No entanto, só funciona se a bicicleta estiver com o status de roubada/furtada ativado. A ativação do Bike LOC é automática.

Bike Vida

É outro serviço do selo de segurança. Nesse caso, é possível consultar as informações vitais de um ciclista. Também são assegurados os contatos de emergência a serem acionados se ocorrer um acidente.

Ainda há registro de ficha médica, tipo sanguíneo, alergias, problemas de saúde, medicamentos e mais. O Bike Vida também é ativado de forma automática.

Continua após a publicidade

Financiamento

No site do seguro Bike Registrada, você também pode simular a contratação de crédito. Existem três possibilidades:

  • empréstimo online: vai de R$ 500 a R$ 50.000. O pagamento é feito de 3 a 48 vezes;
  • cartão de crédito: está disponível nas bandeiras Visa, Mastercard e Elo. O limite varia de R$ 500 a R$ 5.000;
  • refinanciamento: é o empréstimo com garantia de imóvel ou de veículo. O primeiro permite usar apartamentos, casas, loteamentos e lotes, e imóveis rurais. O valor contratado vai de R$ 10.000 a R$ 500.000. O parcelamento vai de 12 a 240 vezes. O segundo aceita vários modelos e tem valores entre R$ 500 e R$ 300.000. O pagamento vai de 12 a 60 parcelas.

Vale a pena reforçar que o empréstimo é feito com parceiros. A disponibilização no site é apenas uma facilidade oferecida. No entanto, mostra que o seguro Bike Registrada é bom. Pelo menos, no que se refere à confiabilidade.

Quais são as coberturas oferecidas pelo seguro Bike Registrada?

As coberturas dependem do plano contratado. As opções são as que apresentamos a seguir.

Bike Performance

Garante proteção contra:

  • acidente ou quebra;
  • roubo e furto qualificado;
  • responsabilidade civil;
  • transporte e reboque;
  • assistência 24 horas;
  • extensão para transporte internacional.

Bike Ativo

Oferece as seguintes coberturas:

  • roubo e furto qualificado;
  • assistência 24 horas;
  • acidente ou quebra;
  • reboque e transporte.

Bike Urbano

É o plano mais simples e protege contra:

  • roubo e furto qualificado;
  • transporte e reboque;
  • assistência 24 horas.

O reboque cobre até 40 km do local do sinistro. O transporte é assegurado em caso de mal súbito. Além disso, os planos ainda incluem outras assistências: personal fitness e assistência nutricional.

Como contratar o seguro Bike Registrada?

A contratação do serviço é bastante simples. As etapas a serem realizadas são:

  • simulação: o processo é realizado pelo site a partir da informação da marca, do modelo e do valor da sua bicicleta. Esses dados são necessários para calcular o preço do seguro;
  • escolha do plano: o Bike Registrada oferece opções diferentes. Elas variam conforme o perfil de ciclista;
  • preenchimento e envio dos dados: as informações solicitadas devem ser repassadas. Afinal, elas precisam ser incluídas na apólice;
  • vistoria online: um WhatsApp será enviado para fazer a vistoria. Você terá aesso a ele após enviar os dados;
  • ativação do seguro: com a aprovação da vistoria, a apólice, o certificado e o manual são enviados.

Depois da ativação, você tem acesso às coberturas. O serviço é uma assinatura. Por isso, ele continuará funcionando pelo tempo que preferir, sem necessidade de renovação. Isso porque a cobrança é mensal.

Continua após a publicidade

Quais são as principais vantagens e desvantagens do seguro Bike Registrada?

Existem vários pontos positivos e negativos ao contratar esse serviço. As principais vantagens são:

  • facilidade na localização de bicicleta roubada;
  • menor chance de comprar uma bike com registro de furto;
  • valor de franquia baixo;
  • indenização de 100%;
  • poucos comentários no Reclame Aqui, com nota geral de 6,8, considerada regular;
  • serviços e assistências extras.

Por outro lado, também há desvantagens. Confira as principais:

  • continuidade dos roubos, já que o seguro não inibe, de fato;
  • sem proteção para o caso de bicicletas roubadas e desmontadas para vender as peças. Ou seja, a localização e o selo deixam de funcionar adequadamente;
  • qualquer pessoa pode registrar a bicicleta como sendo proprietário. Só é solicitado o número de série.

Afinal, o seguro Bike Registrada é bom? Vale a pena?

Somente você pode chegar a essa conclusão. De fato, é uma possibilidade interessante, especialmente para quem utiliza muito a bicicleta no dia a dia. No entanto, o seguro Bike Registrada não fará milagres.

Por isso, o melhor ainda é cuidar bem da sua bike e contratar o seguro como uma proteção extra. Assim, você evita problemas.

De toda forma, o seguro Bike Registrada é bom no sentido de trazer uma garantia a mais. Como ele funciona de maneira similar à proteção dos carros, pode ser uma alternativa válida.

Portanto, você já pode tomar a sua decisão de contratar ou não o seguro Bike Registrada. Afinal, tem todas as informações à sua disposição.

E você, quer ver outras dicas úteis? Assine a newsletter do iDinheiro e acompanhe as informações!

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.