Notícias

Caixa afirma que irá manter saque emergencial do FGTS

Karina Carneiro

WhatsappLinkedInTwitterFacebookMesmo após a Medida Provisória tendo deixado de existir, onde o saque emergencial era autorizado […]

Mesmo após a Medida Provisória tendo deixado de existir, onde o saque emergencial era autorizado a todos os trabalhadores que tivessem contas ativas ou inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), a Caixa Econômica Federal afirmou que manterá o pagamento dos mesmos. 

Essa medida foi tomada para não prejudicar os trabalhadores nascidos nos meses de julho em diante, que teoricamente, deixariam de ter direito ao benefício concedido pelo governo. 

Continua após a publicidade:

Para proteger as pessoas de que o compromisso do depósito do saque emergencial será mantido, a Caixa assumiu a responsabilidade e afirmou que os pagamentos serão “pagos de acordo com o comunicado oficial divulgado pelo governo”. 

Entretanto, o projeto de lei que prevê a retomada do saque emergencial deve ser votado nesta semana, no Congresso Nacional.

“O governo precisa trabalhar de maneira rápida para que a aprovação do projeto de lei tenha validade novamente. Infelizmente, esse foi um problema criado pelo próprio governo, que não previu o calendário com o banco no início dos pagamentos”, disse o deputado Marcel Van Hatten.

Programação do saque emergencial

Isso vem acontecendo, por conta da liberação já realizada para os trabalhadores nascidos entre janeiro e junho, que estavam respaldados pela antiga Medida Provisória. Sem esse posicionamento da Caixa Econômica, os trabalhadores nascidos em julho em diante, estariam sem o direito de receber o benefício. 

Por isso, os congressistas estão travando uma “luta interna” para retomar o assunto à pauta, e ter uma resposta oficial para que as pessoas não sejam prejudicadas, caso o posicionamento não seja mantido pelo Banco.

Sobre o saque emergencial

O saque emergencial foi lançado pela segunda vez em um período de dois anos, diante da crise provocada pelo coronavírus.

Em 2019, ele foi implantado com o objetivo de reaquecer a economia e fazer o dinheiro girar em pequenos negócios, disponibilizado para contas ativas e inativas do FGTS, onde o trabalhador poderia retirar a quantia de R$ 500.

Já a disponibilização do saque emergencial em 2020, o trabalhador pode optar pelo recebimento ou não, do valor de até R$ 1.045 de contas ativas e inativas do FGTS. 

Calendário de pagamento

Para que você consiga acompanhar de maneira mais assertiva, o iDinheiro trouxe o calendário oficial para os pagamentos do saque emergencial para os nascidos até dezembro. 

Confira abaixo:

Nascidos emCrédito na conta poupança social digitalDisponível para Saque em espécie ou transferência para outras contas
Janeiro29/06/202025/07/2020
Fevereiro06/07/202008/08/2020
Março13/07/202022/08/2020
Abril20/07/202005/09/2020
Maio27/07/202019/09/2020
Junho03/08/202003/10/2020
Julho10/08/202017/10/2020
Agosto24/08/202017/10/2020
Setembro31/08/202031/10/2020
Outubro08/09/202031/10/2020
Novembro14/09/202014/11/2020
Dezembro21/09/202014/11/2020

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *