O banco Santander lança linha de crédito nova para seus correntistas, agora com taxa de juros de 0,63% ao mês.

A modalidade está disponível para correntistas de todos os segmentos, ou seja, o básico para pessoas físicas, Van Gogh ou Select.

Continua após a publicidade:

Para ter acesso a essa condição de crédito, porém, o correntista deve apresentar um investimento na instituição como garantia.

Informações são da Exame.

Santander lança linha de crédito com garantia de investimentos; como funciona

A taxa de juros de 0,63% ao mês pode ter condições mais atraentes que o crédito consignado para aposentados e pensionistas do INSS em alguns casos.

Continua após a publicidade

Porém, é preciso que o correntista tenha investimentos na instituição em modalidades, como:

  • poupança;
  • CDB;
  • Fundos de renda fixa;
  • Letra de Crédito do Agronegócio (LCA);
  • Letra de Crédito Imobiliário (LCI).

O investimento é dado como garantia do contrato e o correntista pode ter até 60 meses para quitar seu empréstimo pessoal.

De acordo com Sandra Rodrigues, superintendente executiva de produtos de crédito PF do banco, a solução tem como foco permitir que seus clientes não precisem resgatar seus investimentos para ter uma liquidez imediata.

O banco Santander, assim como outras instituições financeiras, já oferecia outras linhas de crédito com garantia, como veículos, imóveis etc.

Como contratar o crédito com garantia de investimento do Santander

Correntistas de todos os segmentos do banco podem contratar o crédito nas agências Santander e o recurso é disponibilizado imediatamente.

Continua após a publicidade

Seguindo a linha dos produtos e serviços da instituição, a tendência é que o crédito também seja oferecido nos canais digitais da instituição na forma de pré aprovado. Outros detalhes do crédito não foram divulgados pelo Santander.

Novas soluções para as demandas dos correntistas na pandemia de coronavírus

O banco Santander mostra estar em sintonia com as novas necessidades e comportamento de seus correntistas depois do surto da Covid-19.

Com o slogan “Podemos errar, podemos acertar, mas de braços cruzados não vamos ficar”, o banco criou uma série de produtos e soluções.

É o caso dos 10 dias sem juros para o uso do limite da conta-corrente, crédito consignado com mais prazo e horário especial de atendimento para correntistas do grupo de risco do coronavírus.

Continua após a publicidade

A linha de crédito com juros de 0,63% ao mês é mais uma dessas iniciativas, porém, o correntista deve ficar atento às condições de contratação e, até mesmo, se vale a pena contratar.

Isso porque, desde a redução da taxa Selic para 2,0% ao ano, investimentos em renda fixa estão rendendo cada vez menos.

Dessa forma, em alguns casos, os investimentos em renda fixa, como é o caso da poupança e CDB, por exemplo, podem ter um rendimento abaixo da inflação.

Em outras palavras, apesar de a linha de crédito a 0,63% ao mês ser muito atrativa, é preciso fazer uma análise da situação financeira para fazer uma escolha acertada.

Quer receber dicas que vão ajudar na sua análise financeira pessoal? Então, assine agora mesmo a newsletter do iDinheiro e receba uma seleção especial de conteúdos toda semana.

Publicidade