Ícone Banner Pagina iDinheiro

Quais são as formas de pagamento mais utilizadas no Brasil? Pesquisa aponta preferências dos consumidores

Levantamento levou em consideração quase 3 mil respostas de usuários

logo-idinheiro

Pix (34,1%) e cartão de crédito (32,6%) são os métodos de pagamento favoritos dos brasileiros, enquanto apenas 1,6% utilizam carteiras virtuais como principal opção na hora de realizar compras.

Os dados são do MelhorPlano.net em maio de 2023 a partir de um questionário que consistia em três perguntas, com o objetivo de identificar quais são as preferências dos consumidores quanto a formas e tecnologias de pagamento no Brasil.

Foram coletadas e analisadas, no total, 2.823 respostas concedidas por usuários da plataforma. As perguntas usadas foram:

1) Qual método de pagamento você mais usa atualmente?

2) Você utiliza pagamento por aproximação?

3) Você já usou o pagamento do WhatsApp alguma vez?

Vale mencionar que as perguntas possuem quantidades de respostas diferentes, pois as questões não eram obrigatórias.

Ainda, as informações desta pesquisa estão sendo apresentadas no iDinheiro devido à parceria estabelecida entre o site com o MelhorPlano.net.

Confira os resultados do levantamento a seguir.

Pix e cartão de crédito são principais métodos de pagamento no Brasil

A pesquisa mostrou que Pix (34,1%) e cartão de crédito (32,6%) são as opções mais utilizadas por brasileiros, de acordo com as respostas fornecidas pelos usuários no período.

Cartão de débito e boleto bancário aparecem em seguida, com 13% e 12,4%, respectivamente.

gráfico representando as respostas da pergunta "qual método de pagamento você mais usa atualmente?", as respostas são: 397 responderam pix, 380 cartão de crédito, 152 cartão de débito, 144 boleto, 73 dinheiro e 19 carteira virtual

Apenas 6,3% dos consumidores brasileiros usam dinheiro em espécie como principal forma de pagamento no Brasil, enquanto a carteira virtual corresponde a somente 1,6% das respostas.

Quase 1/3 dos consumidores não se sente seguro para realizar pagamentos por aproximação

O pagamento por aproximação – Near Field Communication (NFC), em inglês – está disponível no Brasil desde 2015. No entanto, mais da metade dos brasileiros não se familiarizou com sua utilização.

Segundo a pesquisa, 42,4% das respostas recebidas foram positivas quanto ao uso da tecnologia. Em contrapartida, cerca de 32,4% revelam não fazer uso do recurso por não se sentirem seguros.

gráfico representando as respostas da pergunta "você utiliza pagamento por aproximação?", as respostas são: 271 responderam sim, 207 não, não me sinto seguro, 90 não (outro motivo) e 71 não, meu cartão não oferece essa opção

Entre os demais respondentes, 11,1% não possuem cartões que oferecem a opção de pagamento por aproximação e 14,1% não utilizam o recurso por outro motivo que não foi indicado.

Pagamento pelo WhatsApp é utilizado por menos de 10% dos brasileiros

O pagamento pelo aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp é realizado através do MetaPay, carteira virtual da empresa Meta. Assim como o NFC, é uma tecnologia pouco explorada por brasileiros.

Apenas 8,5% dos respondentes afirmaram já ter utilizado o aplicativo como método de pagamento pelo menos uma vez, enquanto os demais 91,5% nunca fizeram uso do recurso.

gráfico representando as respostas da pergunta "você já usou o pagamento do whatsapp alguma vez?", as respostas são: 286 responderam não, e não sei como funciona, 274 não, não me sinto seguro, 216 não (outro motivo), 156 não, mas sei como funciona e 87 responderam sim

A maioria diz não realizar transações pelo WhatsApp por não saber como funciona (28,1%) ou por não se sentirem seguros (26,9%).

Já 15,3% dos participantes, menor parte dos respondentes, declaram não usar a rede para transferências, apesar de saberem como funciona.

Sobre o iDinheiro

O iDinheiro é uma startup brasileira criada em 2020, que tem como objetivo auxiliar o público no processo de contratação de serviços financeiros como bancos, contas digitais, cartões de crédito, empréstimos, financiamentos e corretoras de investimentos.

Além da produção de conteúdo escrito, a plataforma oferece a tecnologia de calculadoras, recomendadores e simuladores. Atualmente, o site conta com mais de 5 milhões de acessos mensais.

Contatos de assessoria

Entre em contato com a assessoria de imprensa do iDinheiro para tirar dúvidas ou solicitar novos levantamentos.: jornalismo@idinheiro.com.br.