Saiba quem tem direito à antecipação da revisão dos auxílios do INSS

A solicitação de revisão dos auxílios do INSS pode ser feita mediante a laudo que comprove doença grave, por meio do site Meu INSS.

Isabella Proença
Isabella Proença

É possível solicitar a antecipação revisão dos auxílios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) diretamente pelo site. Podem realizar a solicitação beneficiários de aposentadoria por invalidez e auxílio-doença com direito à revisão do artigo 29 e pensionistas que não receberam os pagamentos em atraso.

O dinheiro é direito de quem começou a receber mais de um salário mínimo a partir de 17 de abril de 2002 e até 29 de outubro de 2009, tendo o benefício calculado com 100% de contribuição.

Continua após a publicidade

Na época, o benefício deveria ter sido calculado desconsiderando 20% das menores contribuições — o que geraria um valor mensal maior.

A diferença entre o valor recebido e o valor que o deveria receber foi fracionada em dez lotes.

Desde 2013, as parcelas são pagas anualmente devido a um acordo realizado em 2012 entre o INSS, o Sindicato Nacional dos Aposentados e Pensionistas da Força Sindical e o Ministério Público Federal.

O pagamento mais recente foi em maio deste ano. Segundo o cronograma, em 2022 será pago o último lote. Até agora, oito foram pagos.

Quem tem direito à antecipação da revisão dos auxílios do INSS?

Para garantir o recebimento antecipado, o beneficiário ou seu dependente devem comprovar estar com algum tipo de doença grave, como HIV, câncer maligno ou doenças terminais.

Os peritos do INSS analisarão os laudos médicos e exames, a fim de validar a comprovação.

De acordo com a Previdência, o requerimento pode levar cerca de até 30 dias corridos para ser analisado. O acompanhamento do pedido pode ser feito pelo telefone 135 ou pelo site.

Quem já recebeu o valor da revisão dos auxílios do INSS ou fez o pedido por meio da Justiça não pode solicitar o serviço.

Passo a passo de como solicitar a antecipação dos auxílios pelo Meu INSS

  1. Faça login no Meu INSS;
  2. Clique na opção “Agendamentos/Solicitações”;
  3. Clique em “Novo Requerimento”;
  4. Selecione o serviço;
  5. Clique em “Atualizar”;
  6. Confira os seus dados. Se necessário, faça alterações e depois clique em “Avançar”;
  7. Forneça os dados solicitados para finalizar o seu requerimento.

Documentação necessária

  • CPF;
  • Documentos médicos que comprovem a doença (exames, laudos e receitas).

No caso de procurador ou representante legal

  • Procuração ou termo de representação legal (curatela, tutela e termo de guarda);
  • Documento de identificação com foto (CNH, RG ou CTPS) e CPF do representante legal ou procurador.

Este conteúdo foi útil? Então, assine a newsletter do iDinheiro e acompanhe nossas atualizações em tempo real no seu e-mail.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.