Restituição do lote residual do IRPF: Receita realiza pagamentos nesta sexta-feira (30/10)

Contribuintes que regularizaram a situação fiscal recebem hoje a restituição do lote residual do IRPF. Saiba como receber o recurso.

Heloisa Vasconcelos
Heloísa Vasconcelos

A Receita Federal realiza nesta sexta-feira, 30, o pagamento da restituição do lote residual do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF).Ao todo, serão pagos R$ 560 milhões para 273.545 de contribuintes, entre pessoas com prioridade legal e não prioritários.Esse lote é pago para contribuintes que haviam caído na malha fina mas regularizaram a situação fiscal. A Receita Federal está enviando cartas para quem ainda tem alguma irregularidade na declaração.

Quem recebe a restituição do lote residual do IRPF?

Do total,R$ 211.773.065,86 são destinados aos contribuintes com prioridade legal: 5.110 idosos acima de 80 anos, 38.301 entre 60 e 79 anos, 4.636 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou doença grave e 21.244 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.Também foram contemplados 204.254 contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o dia 5 de outubro de 2020.No primeiro lote, pago no dia 29 de maio, receberam contribuintes com prioridade legal.O segundo, pago no dia 23 de junho, contemplou contribuintes com prioridade legal e mais de 1 milhão de contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o dia 4 de março. No terceiro, foram contribuintes em geral que entregaram a declaração em dia.O quarto lote, pago no dia 31 de agosto, contemplou idosos acima de 80 anos, contribuintes entre 60 e 79 anos, contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou doença grave e cuja maior fonte de renda seja o magistério, além dos não prioritários.Receberam o quinto lote, pago em 30 de setembro, contribuintes que têm prioridade legal, incluindo idosos, contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.Além disso, foram contemplados contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o dia 19 de junho de 2020.

Como consultar restituição do IRPF?

A consulta das restituições do IRPF pode ser realizada por telefone, no site ou no aplicativo, disponível para Android e iOS.O contribuinte pode ligar no Receitafone, no número 146, para saber se está no lote.No site www.receita.economia.gov.br, clique em “Acesso rápido”, depois em “e-CAC” e, então, em “Acessar”.

Como receber a restituição?

A restituição do IRPF ficará disponível no banco informado no momento da declaração durante o período de um ano.Caso o contribuinte não faça o resgate nesse prazo, é preciso refazer o pedido por meio da internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição.A solicitação também pode ser feita diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.Se o valor não for depositado, o contribuinte deve contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.O atendimento está disponível por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).Quer continuar acompanhando as novidades sobre a restituição do IRPF? Então, assine a newsletter do iDinheiro! 

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.