Notícias

Resgate Planejado do Nubank: conheça o novo recurso

Ana Júlia Ramos
Ana Júlia Ramos
Imagem de um cartão roxo com várias mãos o segurando, representando a notícia sobre o resgate planejado do Nubank

O Resgate Planejado foi lançado na última quinta-feira, 24 de setembro, e permitirá ao cliente o acesso à taxas de rendimento melhores.

O Resgate Planejado do Nubank é um novo recurso da fintech, disponibilizado para todos os clientes na última quinta-feira, 24.

Agora, clientes poderão investir valores específicos com um prazo definido para retirada. A data em questão estará vinculada à taxa de rendimento e, quanto mais distante ela for, maior será a porcentagem recuperada.

Continua após a publicidade

De acordo com a empresa, em comunicado oficial, o objetivo da ação é “incentivar os clientes a se planejarem financeiramente”.

Saiba mais sobre o recurso e aprenda a usá-lo a seguir.

Conheça o Resgate Planejado do Nubank

A opção de Resgate Planejado fica dentro da função Guardar Dinheiro, que foi lançada em 2019 e separa o “dinheiro do dia a dia” daqueles valores que são direcionados para as economias.

Agora, com a nova função, os clientes poderão separar um dinheiro para deixá-lo rendendo por mais tempo. Como vantagem, têm acesso a uma taxa melhor.

Conforme já adiantamos, quanto maior for o tempo em que o dinheiro ficará guardado, maior será o rendimento.

É possível escolher uma data de resgate de até dois anos, contando a partir da data de depósito. Não existe um valor mínimo e todos os depósitos têm a cobertura do FGC (Fundo Garantidor de Crédito). Ele cobre até R$ 250 mil por CPF.

O cliente poderá resgatar valor apenas após a data escolhida. Então, é preciso se planejar financeiramente para que o dinheiro não faça falta no bolso.

Quanto rende o dinheiro guardado na nova função?

O rendimento base da fintech é de mais de 100% do CDI. Dependendo do prazo estipulado, rendimento com o resgate programado pode chegar a até 118% do CDI.

Todavia, dependendo do tempo escolhido para resgate e condições do mercado, a taxa sofre variações.

Apesar disso, ou seja, mesmo com eventualidades que ocorram no prazo estipulado, a empresa garante que o rendimento selecionado na hora do depósito é o que vale para todo o prazo escolhido.

O Imposto de Renda recai automaticamente sobre os rendimentos na data de resgate do depósito. Nesse sentido, o cliente só paga imposto sobre o que render, e não sobre o valor depositado.

Gostou desta notícia sobre o Resgate Planejado do Nubank? Então, assine a newsletter do iDinheiro para receber mais conteúdos do tipo diretamente no seu e-mail.

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *