Máquinas de Cartão

Como funciona a Rede Taxa Zero? É mesmo Sem Tarifa?

Flávio Mariano
Como funciona a Rede Taxa Zero? É mesmo Sem Tarifa?

Você conhece a Taxa Zero Rede, uma nova oferta de serviços? Já imaginou não ter que arcar com tarifas de antecipação de recebíveis? Agora, isso é possível. Conheça o programa, a mudança no MDR e mais.

Artigo originalmente publicado pelo site Passa Cartão que, desde julho de 2020, faz parte do iDinheiro. Conteúdo e comentários foram integralmente mantidos.

Em abril de 2019 o Itaú, banco dono da Rede, anunciou que não iria cobrar uma parte dos clientes Rede pela antecipação dos recebíveis. A nova política da credenciada Itaú irá ser válida a partir de 2 de maio, começando uma nova era para as máquinas de cartão. Isso porque suas concorrentes, como PagSeguro, Stone e Cielo vão enfrentar uma nova concorrência potencializada e também entrarão com descontos semelhantes.

Com esta nova oferta, os clientes Rede que já possuam conta Itaú poderão receber os valores do crédito a vista em até dois dias, sem nenhum custo para o empreendedor. Porém, caso você seja cliente Rede e não receba pelo Itaú ou ainda nem possua uma maquininha Rede, pode ser contemplado com este novo serviço também, basta solicitar estes serviços.

Continua após a publicidade:

Confira abaixo mais sobre esta opção de taxa zero.

Taxa Zero Rede

A taxa de recebíveis é uma grande fonte de lucro para certas empresas que fornecem máquinas de cartões. Por exemplo, segundo André Martins, consultor da XP Investimentos, os recebíveis representavam metade da renda total da Stone. Isso porque a empresa sempre possuiu taxa MDR baixa. Assim, o estabelecimento de tarifa zero de antecipação é um passo muito grande, pois essa sempre foi uma renda alta.

Isso pode parecer um certo prejuízo para os bancos. Mas, analisando bem esta proposta e o regulamente deste novo serviço, percebemos que há a mudança do MDR, o aumento desta taxa. Além disto, é feita uma “venda casada”, pois somente os clientes que recebem no banco do Brasil podem desfrutar da Taxa Zero.

Como mencionado, a partir de 2 de maio a Rede irá oferecer taxa zero de antecipação para seus clientes que recebam pelo Itaú e que faturam até R$30 milhões anuais. Para saber mais, acesse o site da Rede clicando aqui. Somente os clientes atuais ou futuros clientes que contratem o produto flex serão contemplados com essa isenção. As taxas de MDR e aluguel continuam as mesmas.

A taxa MDR é a taxa cobrada por venda realizada, de acordo com a modalidade, crédito, crédito a vista ou crédito parcelado. No caso do crédito à vista, que é contemplado pela nova Taxa Zero, o cliente pagava a taxa referente a compra mais a tarifa de parcelamento. Agora, somente a taxa de venda que irá incidir no valor total.

Atualmente, sem a Taxa Zero, a taxa para vendas no débito é 1,99% sobre as vendas. São aceitas as bandeiras Maestro, Visa, Hiper, Elo, Union Pay, Cabal e Banescard neste modo de pagamento. Já à vista, no crédito, a taxa é de 3,49% recebendo pelo Itaú e 4,99% em outros bancos.

Como funciona a Rede Taxa Zero? É mesmo Sem Tarifa?
Nova oferta da Rede

Se a compra for feita parcelada, incide 3,99% na primeira parcela mais 1,99% nas demais. No crédito parcelado, são aceitas as bandeiras Mastercard, Visa, Elo, Diners, American Express, Hipercard, JCB, Discover, Union Pay, Sorocred, Banescred, Coopercard, Mais! e Cabal.

Ainda que a Rede mantenha a tarifa de aluguel das máquinas, tem a possibilidade que o cliente saia com ela gratuita. Isto é porque, segundo o site da empresa, se o empreendedor vender a partir de R$ 4.000 por mês em débito e crédito, ele recebe 100% do valor do aluguel de volta. Assim, até mesmo o aluguel pode ser cortado das despesas.

Caso você ainda não seja cliente Rede, clique aqui. Escolha a máquina que mais lhe convém e faça sua solicitação. Não se esqueça de conferir o regulamento, acessando a página. Como escrito neste mesmo regulamento, o cliente que adquirir a máquina será cobrado um valor de R$69,00 pela adesão. No primeiro mês não será cobrado aluguel.

O empreendedor que faturar mensalmente a partir de R$100,00 no débito, crédito à vista e crédito parcelado nas bandeiras Hiper, Hipercard, MasterCard, Visa, Diners Club International, Discover, Cabal, Sorocred, Sicredi Cartões, Union Pay, Mais!, Credz, Banescard, JCB, American Express e Elo farão jus ao rebate no valor que corresponde à diferença entre o aluguel da máquina escolhida e R$69,00.

Já os clientes que tiverem faturamento mensal a partir de R$ 4.000,00 nas mesmas bandeiras citadas acima, terão isenção total do aluguel da máquina, conforme escrito no regulamento. Este rebate será feito até o dia 10 do mês.

As máquinas Smart Rede e a maquininha sem bobina não estão incluídas no Plano Aluguel Zero. As taxas MDR passam a ser, na modalidade crédito à vista, de 5,39%. Para as vendas realizadas na modalidade crédito parcelado, será de 5,99%, acrescida da taxa de 1,99% para cada parcela. Ou seja, o MDR, na Taxa Zero, são maiores do que os mencionado acima.

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *