Reabertura do calendário do PIS 2019-2020 é anunciada pela Caixa

 

Quem não sacou o seu abono salarial até o dia 29 de maio, tem nova chance de fazê-lo.

Esta oportunidade foi anunciada pela Caixa, que liberou mais uma vez o saque.

Para entender sobre as datas em que o dinheiro será disponibilizado e poderá ser retirado, foi criado um calendário.

Continua após a publicidade:

Ele tem início em 16 de julho, seguindo o mês de nascimento do trabalhador, e as datas são as mesmas para o saque do calendário 2020/2021.

Reabertura do calendário do PIS 2019-2020: veja as datas

Veja, abaixo, o calendário divulgado pela Caixa.

Os meses são referentes ao nascimento do trabalhador e a data completa é referente ao prazo inicial para o saque.

  • Julho: 16 de julho de 2020
  • Agosto: 18 de agosto de 2020
  • Setembro: 15 de setembro de 2020
  • Outubro: 14 de outubro de 2020
  • Novembro: 17 de novembro de 2020
  • Dezembro: 15 de dezembro de 2020
  • Janeiro: 19 de janeiro de 2021
  • Fevereiro: 19 de janeiro de 2021
  • Março: 11 de fevereiro de 2021
  • Abril: 11 de fevereiro de 2021
  • Maio: 17 de março de 2021
  • Junho: 17 de março de 2021

Vale ressaltar que todos têm até o dia 30 de junho de 2021 para retirar o valor, caso queiram.

Quem tem direito ao Abono Salarial

Este benefício é garantido para todos os trabalhadores que sigam as seguintes especificações:

  • inscrito no PIS há pelo menos 5 anos;
  • trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2018;
  • remuneração média de até dois salários mínimos.

Lembrando que os dados devem ter sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Qual é o valor do saque?

O valor do abono pode chegar até R$1.045 (1 salário mínimo) e depende do número de meses trabalhados no exercício anterior.

Quem trabalha no setor público, recebe o benefício pelo Banco do Brasil. Então, este calendário é referente a trabalhadores vinculados a instituições privadas.

Publicidade