A Caixa Econômica Federal depositará até o dia 31 de agosto o lucro do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) referente a 2019. Você sabe quanto recebe do lucro do FGTS?

Ao todo, serão distribuídos R$ 7,5 bilhões, valor equivalente a 66,2% dos rendimentos do fundo no ano passado.

Continua após a publicidade:

Todos os trabalhadores com valor em contas até 31 de dezembro de 2019 terão direito ao pagamento, que é equivalente ao saldo.

Você sabe quanto recebe do lucro do FGTS?

Cada trabalhador receberá R$ 1,90 por cada R$ 100 que estava na conta até o último dia de 2019.

Continua após a publicidade

Um trabalhador com saldo de R$ 1. 000,00 na conta de FGTS em 31 de dezembro de 2019, terá creditado em sua conta, até 31 de agosto de 2020, R$ 19, por exemplo.

Segundo a Caixa, o valor médio depositado em cada uma das 167 milhões de contas com direito ao crédito será R$ 45.

Confira simulações

Saldo em 31 de dezembro de 2019 (em reais)Receberão em até 31 de agosto de 2020 (em reais)
1.00019
5.00095,00
10.000190
20.000380
30.000570
40.000760
50.000950
60.0001.140
70.0001.330
80.0001.520
90.0001.710
100.0001.900

Como é o rendimento do FGTS?

O FGTS tem rendimento de 3% ao ano por lei. E, com a distribuição dos lucros, o rendimento referente a 2019 passa para 4,9%.

Dessa forma, os trabalhadores que teriam R$ 103 por cada R$ 100 no início de 2019 passarão a ter R$ 104,90 com a distribuição do lucro do FGTS. 

Continua após a publicidade

Rendimento do fundo é, dessa forma, superior à poupança e à inflação, se tornando um dos maiores rendimentos de renda fixa.

A caderneta de poupança rendeu 4,26% em 2019 e a inflação teve alta de 4,31%.

Como posso sacar valor do lucro do FGTS?

Os trabalhadores poderão consultar o valor do crédito a partir de 31 de agosto no APP FGTS (Android/IOS), site da caixa (fgts.caixa.gov.br) ou internet Banking Caixa.

Rendimento será depositado nas contas ativas e inativas do FGTS dos trabalhadores, como ocorre normalmente.

Continua após a publicidade

A forma de saque não muda.

Saque total é permitido apenas por trabalhadores demitidos sem justa causa, que terminaram contrato por prazo determinado, deem entrada em moradia própria ou na aposentadoria.

Também é possível realizar saque aniversário ou saque emergencial no valor de R$ 1.045, permitido devido à pandemia. 

Quer continuar acompanhando as novidades sobre o FGTS? Então, assine a newsletter do iDinheiro e receba tudo em tempo real. 

Publicidade