Programa Ready to Return da PepsiCo oferece vagas para desempregados há 2 anos

O programa Ready to Return da PepsiCo está na terceira edição no Brasil. Os cargos são para os setores de operações e vendas.

Isabella Proença
Isabella Proença

A PepsiCo reabriu as inscrições para o programa Ready to Return, voltado para profissionais que estão há no mínimo 2 anos fora do mercado de trabalho.

No Brasil, o programa está em sua terceira edição e as vagas são para os setores de operações e vendas, em Ribeirão Preto (SP), Aparecida de Goiânia (GO) e São Bernardo do Campo (SP).

Continua após a publicidade

Podem se inscrever quaisquer profissionais que estejam desempregados pelo tempo determinado pela empresa.

O programa Ready to Return

A oportunidade auxilia a retomada da carreira corporativa para mulheres ou homens que saíram do emprego para cuidar dos filhos ou para quem tentou empreender, por exemplo.

No entanto, o processo seletivo levará em consideração a experiência anterior do profissional e a identificação com os valores da organização.

De acordo com a diretora de Recursos Humanos, Thaisa Thomaz, a organização quer reconhecer a importância de escolhas profissionais dos participantes.

“Na PepsiCo, valorizamos o que torna cada indivíduo único, e acreditamos que é essa cultura que nos torna mais fortes, diversos e criativos”, explica.

Os contratados receberão salário e benefícios compatíveis ao respectivo cargo. Além disso, serão inseridos em projetos de suas áreas, com direito a treinamentos, mentoria e imersões para capacitação e atualização.

O projeto faz parte da estratégia da empresa para promover a diversidade e a inclusão.

A operação da PepsiCo no Brasil possui 45,5% de mulheres na liderança e tem como meta chegar a 50% até 2025.

Se você tem interesse em participar do programa, acesse o site e realize a sua inscrição até o dia 22 de novembro.

Flexibilidade no trabalho

A PepsiCo adotou uma política desde outubro na qual os funcionários podem escolher onde e quando trabalhar. A única limitação é que a jornada de trabalho deve ser cumprida entre 5 da manhã e 10 da noite (fora deste horário, a lei trabalhista exige adicional noturno).

O objetivo é ir além do home office e liberar o trabalho de qualquer lugar. Além disso, os espaços do escritório estão sendo repensados para se adequar ao novo método de trabalho.

A empresa também instituiu novas políticas de licença maternidade ou parental, que já era de 6 meses. Agora, o retorno ao trabalho, depois a licença, será feito gradualmente, com um período de adaptação em que o funcionário trabalhará somente meio período.

Esta matéria foi útil? Então assine a newsletter do iDinheiro e receba nossas notícias sobre vagas de emprego diretamente no seu e-mail.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.