Programa de aceleração de startups do Boticário: lançamento será no dia 15 de novembro

O programa de aceleração de startups do Boticário será lançado no dia 15 de novembro. Chamado GB Venture, ele ajudará startups em early ages.

LilianCH
Lilian Calmon

O Programa de aceleração de startups do Boticário, o GB Ventures, será lançado no dia 15 de novembro. Esse será o primeiro programa próprio da companhia, embora já tenha participado de iniciativas de terceiros.

O GB Ventures busca empresas de base tecnológica em fase inicial, chamadas de early ages, que já tenham soluções inovadoras sendo testadas no mercado na área de varejo, beleza e tendências de consumo.

Continua após a publicidade

Com informações do Valor Investe e da CNN Brasil.

Programa de aceleração de startups do Boticário: ao menos 15 empresas serão escolhidas

Embora não haja um número pré-definido para a seleção das startups, a previsão é que ao menos 15 empresas sejam escolhidas.

“A história do grupo sempre esteve muito ligada à inovação. A incubadora é uma oportunidade muito grande de trazer as companhias para dentro de casa, permitindo que elas crescem com escala robusta e nos ajudem a encontrar novas soluções”, afirmou o presidente do grupo de beleza, Artur Grynbaum. 

Segmento de tendência de consumo é um dos que despertam maior expectativa

O segmento de tendência de consumo é um dos que despertam maior expectativa do Grupo Boticário, em especial, quando se trata de soluções para novos serviços e o uso de inteligência artificial.

“O comportamento do cliente no pós-pandemia é uma grande interrogação para todo mundo. Uma das coisas mais interessantes vai ser buscar quem proponha soluções para o mundo híbrido do consumo”, disse o diretor de informações (CIO) do grupo, responsável pela área de tecnologia e inovação, Daniel Knopfholz.

Inscrições vão até 15 de novembro

As inscrições no GB Ventures vão até 15 de novembro. As startups aceitas receberão mentoria do Comitê de Inovação do Grupo Boticário em encontros online e terão acesso às plantas industriais do grupo e aos laboratórios de experimentação, prototipação e design. 

Ao final do programa, que durará seis meses, a possibilidade de investimento nas startups será avaliada. 

Aproveite e leia também “Boticário e Black Friday: empresa não usará mais a expressão em respeito ‘aos que sentem desconforto com o termo’”

Quer continuar acompanhando as notícias sobre programas de aceleração de startups? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações do Push. 

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.