Responsabilidade Editorial

Por que confiar no iDinheiro

O iDinheiro tem o propósito de democratizar e simplificar os serviços financeiros. Nossa missão é te ajudar a fazer as melhores escolhas, a partir das mais completas informações e recomendações sobre cada serviço.

Quais são as profissões que mais dão dinheiro no Brasil?

Buscando profissões que dão dinheiro no Brasil? Conheça algumas das principais em nosso conteúdo e se destaque no mercado!

WhatsApp Image 2022-05-19 at 13.41.02
Regyane Bittencourt Estagiária de conteúdo

A remuneração é um dos principais fatores de avaliação que as pessoas consideram antes de tomar uma escolha por determinado trabalho, e muitas delas acabam se interessando pelas profissões que dão dinheiro no Brasil.

Afinal, a aspiração e o crescimento profissional é um dos fatores que costumam mais influenciar as pessoas, além da estabilidade e ascensão na carreira que os cargos valorizados pelo mercado podem oferecer.

Continua após a publicidade

Nesse caso, é importante ter alguns critérios de avaliação, como, por exemplo, os recebimentos que acompanham a contratação, bem como benefícios e bônus adicionais.

E se você se identifica com esse cenário e está priorizando as possíveis gratificações de um novo emprego, vale a pena conhecer as profissões que dão dinheiro no Brasil, e quais as áreas que estão em alta no mercado.

Continua após a publicidade

Confira o guia especial que preparamos com mais informações sobre os principais cargos e suas atividades, além de detalhes sobre como iniciar uma carreira bem remunerada em cada função.

Quais são as profissões mais bem remuneradas no Brasil atualmente?

Atualmente, as melhores profissões que dão dinheiro no Brasil estão ligadas ao setor de finanças, tecnologia da informação e cargos públicos.

Inclusive, existe uma série de estudos sobre a remuneração média dos cargos mais valorizados, o que pode trazer uma divergência nos valores de cada carreira. E nesse caso, é importante considerar avaliações oficiais, como o levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do Ministério da Economia.

Segundo informações do órgão, divulgadas pelo portal G1, os profissionais de carteira assinada que recebem as maiores médias salariais são os Diretores de Crédito, com remuneração de aproximadamente R$37 mil.

Continua após a publicidade

Outros cargos de gestão e direção também compõem a lista, incluindo:

  • Diretor de Riscos de Mercado: média de R$ 34 mil;
  • Diretor de Serviços de Informática: média de R$28 mil;
  • Diretor de Recuperação de Créditos: média de R$26 mil;
  • Diretor de Recursos Humanos: média de R$25 mil;
  • Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D): média de R$24 mil.

Já funções como Dramaturgo de Dança aparecem no topo da lista de profissões que dão dinheiro no Brasil, com salário próximo de R$30 mil.

Enquanto isso, existem cargos mais tradicionais que se destacam, como Médico Clínico Geral, com remuneração de R$20 mil, e funções de gerência, com média de R$18 mil.

No entanto, é importante ressaltar que os valores podem variar de acordo com diversos componentes, como:

  • localidade;
  • instituição;
  • contrato de trabalho;
  • habilidades e funções do profissional.

Dessa forma, vale a pena realizar uma busca mais detalhada conforme editais e dados públicos conforme o cargo e a região.

Continua após a publicidade

Cargos públicos

No Brasil, muitas das profissões que dão dinheiro são cargos públicos, prestados por meio de concurso ou nomeação conforme o chefe do Estado e seus respectivos representantes.

No Senado, as funções técnico-legislativas, enquadradas como no nível médio, possuem pagamentos que atingem cerca de R$16 mil reais como remuneração, mas podem chegar até R$19 mil, dependendo da classe.

Além disso, os cargos de nível superior, como consultor ou analista legislativo, possuem salários de R$23 mil e R$20 mil, respectivamente.

Contudo, essas carreiras não oferecem oportunidades para todos os candidatos, uma vez que dependem da abertura de concurso público, ou nomeação entre servidores já estabelecidos.

Continua após a publicidade

Ainda, funções jurídicas, como titulares de cartório, também são profissões que dão dinheiro, mas dependem de outras formações prévias, como Direito, além de provas de especialização e indicações de confiança.

Por esse motivo, embora sejam atividades bem remuneradas, podem não ser acessíveis a todas as pessoas que buscam isso no mercado de trabalho.

Quais são as profissões que estão em alta no Brasil?

Além das funções mais bem remuneradas no Brasil, existem outras profissões que dão dinheiro e estão em cotação positiva no mercado.

Mesmo que sejam consideradas mais acessíveis para quem está começando, ou para quem planeja construir um plano de carreira, uma vez que não dependem de fatores como nomeações públicas, é importante conhecer mais sobre elas.

Continua após a publicidade

Afinal, podem ser opções mais atrativas para os profissionais que desejam estabilizar seu custo de vida, além de estarem ligadas à áreas em crescimento no país.

Por esse motivo, para quem deseja conhecer atividades com salários atrativos, ou consolidadas atualmente, vale a pena verificar a lista de cargos que estão em alta, como a lista divulgada pelo LinkedIn, com algumas das principais atividades em 2022.

De acordo com a plataforma, as 10 principais profissões que dão dinheiro e possuem maior popularidade no Brasil são:

1. Recrutador(a) especializado(a) em tecnologia

O recrutador especializado em tecnologia é um profissional responsável por procurar e posicionar candidatos para todos os tipos de funções dentro desse segmento, desde programação e desenvolvimento até segurança e manutenção.

Continua após a publicidade

Basicamente, trata-se de uma especialização do cargo de recrutador convencional, voltado para a área de Tecnologia da Informação e Serviços, uma vez que o setor está aquecido e exige o preenchimento de vagas com candidatos adequados.

Além disso, o procedimento de contratação e recrutamento pode ser burocrático, de modo que essa função se torna valorizada para as empresas.

Para se tornar um recrutador especializado em tecnologia, é comum que o profissional já possua experiência como analista de recursos humanos ou assistente administrativo. Ainda, é recomendável possuir conhecimentos na área de TI.

Nesse caso, existem oportunidades disponíveis para iniciantes no mercado de trabalho que possuam as formações corretas, principalmente em RH.

Continua após a publicidade

Contudo, é mais comum que o cargo acompanhe um plano de carreira dentro da empresa em questão, ou seja um serviço terceirizado contratado pela corporação.

2. Engenheiro(a) de confiabilidade de sites

O segmento de tecnologia tem algumas das principais profissões que dão dinheiro no Brasil atualmente, como o engenheiro de confiabilidade de sites.

Esse cargo é responsável por assegurar a rapidez e segurança de um software ou website, desenvolvendo soluções que possam aprimorar a sua usabilidade no dia a dia, tornando a experiência dos usuários mais positiva.

Além disso, também é o cargo que atua de forma proativa na resolução de problemas envolvendo plataformas e programas, detectando, por exemplo, possíveis falhas e invasões.

Continua após a publicidade

A função também é conhecida como Site Reliability Engineer (SRE), e entre as principais competências destaca-se, principalmente, com a otimização de sistemas, e o diagnóstico e prognóstico de automações.

No entanto, a profissão exige um alto nível de conhecimento em tecnologia, sendo ocupada por engenheiros de softwares ou de servidor previamente formados e contratados.

3. Engenheiro(a) de dados

Também conhecido como Data Engineer, o engenheiro de dados transforma os dados brutos, em seus variados formatos, em informações relevantes para o cientista de dados trabalhar.

Uma vez que os sistemas apresentam quantidades significativas de comunicações diárias, é necessário que um especialista selecione quais as trocas mais pertinentes para desenvolver posteriormente.

Continua após a publicidade

Nesse caso, o Engenheiro de Dados assume essa função, além de trabalhar com outras atividades referentes a bancos de dados.

Além disso, a área possui exigências mais complexas, como cálculos matemáticos que possam providenciar soluções adequadas para o sistema, tornando-o ainda mais eficiente.

Por esse motivo, trata-se de uma área da Engenharia, com estudos convencionais, mas também adaptados para a atualidade.

Assim, sendo uma posição mais elevada na equipe de avaliação de dados, esta também se tornou uma das profissões que dão dinheiro no Brasil atualmente. Contudo, é fundamental ter habilidades de analista de dados ou engenheiro de software antes de alcançar esse nível.

Continua após a publicidade

4. Especialista em cibersegurança

O especialista em cibersegurança, ou segurança da tecnologia da informação, é o responsável pela prática de proteção dos hardwares e softwares da empresa, especialmente contra roubos, danos e falhas críticas.

Além disso, ele também deve cuidar dos servidores, dispositivos móveis, redes e aplicativos da organização, cuidando para que não ocorram situações prejudiciais para as informações armazenadas nesses sistemas.

Essa profissão está em alta por conta da necessidade de aumentar as garantias das plataformas, especialmente na internet, que deixa os dados mais suscetíveis a ações criminosas.

Ainda, a necessidade de segurança digital não se limita somente à internet. Afinal, as empresas também podem apresentar servidores locais, que precisam ser protegidos.

Continua após a publicidade

Nesse caso, existem equipes especializadas para realizar esse tipo de monitoramento, agindo diretamente na busca por falhas e no controle de dados.

Usualmente, esses colaboradores são liderados pelo especialista em cibersegurança, por conta dos seus conhecimentos e experiência na área.

Assim, é comum que o cargo seja preenchido por profissionais analistas de cibersegurança ou especialistas nesse ramo, também formados em tecnologia.

5. Representante de desenvolvimento de negócios

Um representante de desenvolvimento de negócios, também conhecido como desenvolvedor de negócios, é um membro da equipe de vendas que atrai novas oportunidades de negócios para a empresa.

Continua após a publicidade

Embora sua função possa parecer simples, trata-se de uma das profissões que dão dinheiro mais valorizadas atualmente. Isso porque ela lida com todos os tipos de networking e marketing social dentro da corporação.

O cargo também pode ser conhecido como Business Development Representative, pela possibilidade de ação no exterior. Inclusive, é comum que o profissional responsável realize estas conexões ao longo da sua atuação.

Usualmente, o responsável já possui conhecimentos de vendedor e assistente administrativo, embora deva trabalhar outras competências relacionadas a marketing e vendas internas.

Além disso, sua ação não costuma ser focada na oferta dos produtos da empresa, mas na prospecção de negócios e parcerias, o que torna a profissão ainda mais requisitada.

Continua após a publicidade

6. Gestor(a) de tráfego

Para quem procura profissões que dão dinheiro, o gestor de tráfego é uma das alternativas que estão em alta no mercado.

Isso se deve ao crescimento e a popularização da atuação virtual das empresas, além da busca pela consolidação da marca na internet.

Nesse caso, surge a necessidade de monitorar informações como visitas ao site, conversões de clientes e realização de vendas. Essas e outras funções são feitas por um gestor de tráfego qualificado.

Além de ser responsável por acompanhar essas métricas, o profissional também elabora soluções para posicionar a marca em buscadores, como o Google, realizando campanhas de Social Ads e tráfego pago.

Continua após a publicidade

Atualmente, essa posição é difícil de ser preenchida nas companhias,por conta da complexidade das atividades e pela falta de profissionais qualificados.

Dessa forma, trata-se de uma profissão valorizada e que pode oferecer boa remuneração ao longo da carreira.

Para se tornar um gestor de tráfego, é comum que o candidato apresente conhecimentos como analista de sistemas, vendedor ou especialista em marketing. Auxiliares administrativos também podem assumir essa posição, caso apresentem as habilidades necessárias.

7. Engenheiro(a) de machine learning

Enquanto isso, o engenheiro de machine learning, ou engenheiro de aprendizagem de máquina, se tornou uma das profissões que dão dinheiro mais requisitadas no Brasil e no mundo, por conta dos avanços da tecnologia inteligente.

Continua após a publicidade

Esse cargo é responsável por projetar e desenvolver sistemas de aprendizado profundo, uma habilidade que permite aos sistemas aprenderem de forma autônoma, oferecendo resultados mais precisos para as áreas que são destinados.

Além disso, esse profissional também deve realizar a execução de testes junto à máquina, a fim de implementar os algoritmos adequados no desenvolvimento do projeto.

Por ser uma área de conhecimento mais específica e complexa, é comum que os candidatos desenvolvam habilidades referentes à engenharia de software e de dados.

Ainda, é comum que o engenheiro de machine learning seja contratado por empresas que não possuam foco, necessariamente, em tecnologia, mas que contem com equipamentos voltados para esse objetivo.

Continua após a publicidade

Por exemplo, hospitais e instituições de saúde estão adotando sistemas inteligentes para auxiliar na avaliação de pacientes. Nesse caso, o cargo auxilia no aprendizado da máquina e realiza os devidos testes voltados para essa ocupação.

Contudo, trata-se de uma área que ainda está evoluindo, de modo que existem poucos profissionais especializados nessas habilidades, além de ser um mercado em aquecimento.

8. Pesquisador(a) em experiência do usuário

Atualmente, para quem busca profissões que dão dinheiro, é recomendável procurar em áreas digitais voltadas para usabilidade, como é o caso do cargo de pesquisador em experiência do usuário, ou UX Researchers.

Esse responsável avalia o comportamento real do consumidor por meio de métodos qualitativos e quantitativos, incluindo:

Continua após a publicidade

  • entrevistas;
  • pesquisas de mercado;
  • criação e estudo de personas;
  • testes de usabilidade.

Sua função é tornar os portais, sistemas e softwares adequados para o uso dos usuários, melhorando sua experiência e deixando o serviço ainda mais acessível.

Para isso, é necessário entender como esse público utiliza esses sistemas e o que eles buscam em uma plataforma, por exemplo.

Ainda, é essencial acompanhar a evolução da experiência do público ao longo do tempo, que evolui com rapidez.

Por outro lado, esse cargo permite que diversas áreas possam se especializar como pesquisador de UX, sem focar, necessariamente, em analistas de sistemas,  por exemplo.

Continua após a publicidade

Designers de experiência, consultores de design e estrategistas de conteúdo também estão habilitados a atuar nesse segmento, conforme análise do LinkedIn.

Isso porque o uso dessas plataformas também está ligado às impressões visuais e otimizadas do público, envolvendo profissões como Design.

9. Cientista de dados

Assim como os engenheiros de dados e de sistemas, os cientistas de dados são especialistas que possuem habilidades técnicas para desenvolver soluções a partir de uma série de informações.

Sua atuação pode ser aplicada em diversas áreas, embora foquem na Tecnologia da Informação. Isso porque eles utilizam partes matemáticas, científicas e de observação a fim de solucionar um problema que surgiu no sistema.

Continua após a publicidade

Dessa forma, podem agir na produção de softwares, por exemplo, ou na solução de websites. Com base nos dados avaliados dentro do servidor, esses cientistas elaboram medidas que sejam adequadas para cada situação.

Contudo, apesar das possibilidades de operação, é comum que apenas os profissionais especializados em TI se tornem cientistas de dados, uma vez que a profissão engloba, principalmente, conhecimentos da área.

10. Analista de desenvolvimento de sistemas

Por fim, entre as profissões que dão dinheiro, também é importante destacar o analista de desenvolvimento de sistemas.

Esse profissional é responsável por projetar, desenvolver e analisar diferentes programas e suas funcionalidades.

Basicamente, é a base da programação e da elaboração de soluções digitais, incluindo plataformas e sistemas online, por exemplo.

Continua após a publicidade

Embora não apresente funções muito complexas, como é o caso do engenheiro ou cientista de dados, o cargo se tornou valorizado no mercado pela expansão dos serviços tecnológicos nas empresas.

Dessa forma, também permite uma remuneração alta, conforme a atuação da categoria em cada setor.

Além disso, vale a pena destacar que é possível que o analista de desenvolvimento de sistemas opere em vários nichos e segmentos, sem precisar se restringir ao setor de TI de uma corporação, por exemplo.

Assim como o engenheiro de machine learning, projetos individuais também podem exigir seus conhecimentos. Inclusive, muitos profissionais atuam de maneira autônoma por conta dessa característica.

Continua após a publicidade

Para se tornar uma analista de sistemas, não é preciso ter muitos conhecimentos prévios ou uma carreira consolidada, sendo um cargo acessível para iniciantes.

No entanto, é comum que, dentro de um setor, engenheiros de softwares e analistas de desenvolvimento se destaquem para atingir essa função.

O que é preciso para investir em profissões que dão dinheiro?

Como apresentado pela lista do LinkedIn, muitas das profissões que dão dinheiro e estão sendo valorizadas atualmente no Brasil fazem parte do segmento de tecnologia da informação.

Basicamente, analistas, engenheiros e cientistas de dados estão entre os cargos mais requisitados, por conta do cenário vivido no mercado de trabalho.

Continua após a publicidade

Além disso, as necessidades de serviços de empresas e corporações também fazem com que essas atividades sejam mais solicitadas, valorizando os profissionais de tecnologia.

Dessa forma, se você busca uma carreira bem remunerada e que está em alta, o primeiro passo é adquirir conhecimentos voltados para esse objetivo.

Em um primeiro momento, é recomendável buscar cursos de formação superior em Tecnologia da Informação, que habilitem o profissional a atuar dentro desse segmento.

No entanto, existem outros tipos de cursos técnicos, e até mesmo treinamentos mais pontuais, que também podem contribuir para o aprendizado do candidato. Desde que seja capaz de realizar as atividades solicitadas, será possível alcançar essas posições.

Continua após a publicidade

Enquanto isso, a construção de um plano de carreira dentro da empresa também é uma forma de atingir uma das profissões que dão dinheiro no Brasil. Nesse caso, o investimento pode levar mais tempo, embora apresente uma posição mais estável para o profissional.

Ainda, existem outros cargos valorizados com alta remuneração, que não pertencem ao setor de tecnologia, como diretores e gerência. Contudo, também costumam seguir um plano de promoções de longo prazo.

Assim, para iniciantes no mercado de trabalho que desejam investir em profissões que dão dinheiro, vale a pena acompanhar as tendências de tecnologia, uma vez que apresentam as melhores oportunidades de crescimento e atuação no país.

Perguntas frequentes

  1. Qual é o trabalho que dá mais dinheiro?

    No Brasil, a profissão mais bem remunerada é Diretor de Créditos, com salário aproximado de R$37 mil. Além disso, outros cargos de diretoria também estão nessa categoria.

  2. O que é considerado um bom salário no Brasil?

    Um salário considerado bom no Brasil está na faixa de R$10 mil, um valor suficiente para cobrir as despesas básicas no cenário atual, e fornecer estabilidade para o profissional. 

  3. Qual país tem o melhor salário do mundo?

    A Austrália é o país com o maior salário mínimo do mundo, com valor de US$12,9 a hora de serviço, aproximadamente R$60 na cotação atual. Isso corresponde a 6 vezes o salário mínimo brasileiro.

  4. Quais as profissões mais bem pagas no Brasil?

    Além de diretores de crédito e serviços de informática, cargos públicos também são bem pagos no Brasil, como Titular de cartório, membro do Ministério Público e do Poder Judiciário, com media superior a R$50 mil por mês.

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.