Priority Pass: entenda como funciona e conheça os benefícios das salas VIP em aeroportos do mundo inteiro!

Se deparou com o termo “Priority Pass” a respeito de viagens e quer saber do que se trata? Leia nosso conteúdo e tire suas dúvidas!

WhatsApp Image 2022-05-06 at 11.57.41
Heloisa Moraes

As conexões fazem parte da vida de quem está sempre viajando, sendo assim, nada melhor do que desfrutar do conforto das salas VIP enquanto aguarda o próximo voo, não é mesmo? É justamente isso que o priority pass oferece.

São mais de 1.300 salas VIP espalhadas pelos aeroportos ao redor do mundo. Nesse artigo vamos abordar como funcionam e quais são os benefícios que esses espaços oferecem. Confira!

Continua após a publicidade

O que é e como funciona o Priority Pass?

O Priority Pass é um programa que oferece acesso a salas VIP dos aeroportos do mundo inteiro. Ao todo são mais de 1.300 salas espalhadas por mais de 600 cidades de 148 países, que oferecem todo o conforto e serviços variados nas suas dependências aos associados.

O programa é uma grande vantagem para quem viaja frequentemente ou passa muitas horas em conexão. O aplicativo do Priority Pass está disponível para download no Google Play e na App Store.

Continua após a publicidade

No entanto, todo esse conforto tem um preço, e convenhamos não é dos mais baixos. O mínimo que você pagará por ano para fazer parte do programa é US$ 99, já o plano mais completo e obviamente mais caro custa US$ 399. 

O funcionamento do Priority Pass é bem simples. Após assinar um dos planos, o associado recebe um cartão. Ao chegar à sala VIP basta apresentá-lo para ter o acesso liberado.

No entanto, caso seja necessário pagar um valor adicional pela visita, ele não será feito na sala VIP, mas sim posteriormente debitado no cartão de crédito indicado pelo associado.

A maioria das salas VIP permite o acesso de um número ilimitado de convidados, entretanto, como já mencionado, cada um deles terá que desembolsar US$ 32 pela visita.

Continua após a publicidade

Quais são os benefícios do Priority Pass?

Os benefícios do Priority Pass são muitos. Dentre eles podemos destacar:

  • acesso a mais de 1.300 salas VIP em aeroportos de todo o mundo;
  • antes do voo é possível desfrutar gratuitamente de lanches e bebidas com ou sem álcool;
  • acesso digital com entrada instantânea por meio do app;
  • espaços calmos, confortáveis para relaxar;
  • wi-fi, jornal e revistas grátis;
  • instalações voltadas para o negócio, como salas para realização de conferências.

Qual a diferença entre Priority Pass e Lounge Key?

O Priority Pass é um programa que oferece acesso a uma quantidade maior de salas VIP do que o Lounge Key. 

Ele é um excelente programa, especialmente se você for um viajante frequente ou que passa bastante tempo fazendo conexão.

Já o Lounge Key é um programa que oferece aos clientes acesso às salas VIP por meio de seus cartões de crédito.

Sendo assim, a principal diferença é que o Priority Pass pode ser solicitado por qualquer pessoa, independentemente de seleção de cartão, indicação ou renda mínima.

Continua após a publicidade

Se você não for usuário dos cartões Visa Infinite ou American Express The Platinum Card, basta se associar e pagar o valor anual de um dos três planos. São eles:

  • Standard;
  • Standard Plus;
  • Prestige.

Quais cartões dão acesso ao Priority Pass?

Hoje, as opções de cartão de crédito que dão acesso ao Priority Pass são bem restritas e se resumem ao Visa Infinite e ao American Express – The Platinum Card. Veja quais são:

  • Porto Seguro Visa Infinite;
  • American Express – The Platinum Card – Versão de Metal;
  • Santander American Express – The Platinum Card;
  • BRBCARD Dux Visa Infinite;
  • BRBCARD Dux Eurobike Visa Infinite.

Tenho cartão com Priority Pass, como acessá-lo?

Não tem muito mistério. Independentemente da sua companhia aérea ou classe, seja primeira ou econômica, basta somente apresentar o cartão na recepção da entrada da Sala VIP para ter acesso.

Caso seja necessário o pagamento da taxa, o valor será debitado diretamente do cartão de crédito que dá direito ao priority Pass.

Continua após a publicidade

Como obter o Priority Pass? Veja as outras opções!

Além dos cartões de créditos mencionados, é possível obter o Priority Pass por meio do pagamento de três planos anuais que vamos apresentar a seguir:

1- Standard

Destinado ao viajante ocasional, o plano Standard custa US$ 99 por ano. No entanto, o acesso às salas não é totalmente gratuito. Para acessar os espaços, o associado precisa desembolsar uma taxa de visita no valor de US$ 32, o mesmo valor será cobrado ao seu acompanhante, se houver.

2- Standard Plus

O plano Standard Plus, que é destinado ao viajante regular e custa US$ 299 por ano, oferece 10 visitas às salas VIP sem nenhum custo adicional. Entretanto, após esse limite, a taxa de visita no valor de US$ 32 também será cobrada tanto para o associado quanto para o seu convidado.

3- Prestige

O Prestige é o plano mais completo do Priority Pass, ele custa US$ 429 por ano e é destinado ao viajante frequente.

Continua após a publicidade

O acesso às salas VIP de todo o mundo é ilimitado sem custo adicional, porém, o convidado paga US$ 32 pelo acesso.

Afinal, vale a pena aderir ao Priority Pass?

A resposta para essa pergunta é algo muito pessoal e depende de alguns fatores, como a quantidade anual de viagens de cada um, e a possibilidade de acessar as salas de outras maneiras, como por exemplo, passagens em classe executiva ou programas de milhas.

Além disso, outro ponto que precisa ser avaliado é a real necessidade de acesso às salas, principalmente por questões profissionais.

Após avaliação pessoal, caso julgue necessário aderir ao programa, é importante fazer uma análise de acordo com o número estimado de viagens que serão feitas durante o ano, a fim de verificar qual dos três planos é o mais apropriado para o seu perfil.

Continua após a publicidade

Porém, podemos afirmar que para quem viaja pouco, o Priority Pass parece não ter muito sentido, ou seja, não vale o investimento, haja vista que fazer parte de outros programas ou até mesmo pagar pelo acesso pode ser mais barato.

Conclusão

O Priority Pass é o programa que mais tem salas disponíveis ao redor do mundo. Sendo assim, se você é um viajante frequente, principalmente de voos internacionais, sem dúvida alguma ele é uma ótima opção.

Se você tiver um cartão de crédito que dê acesso ao programa, melhor ainda, mas caso contrário, você não se arrependerá de pagar por ele.

As conexões fazem parte da vida de quem está sempre viajando, sendo assim, nada melhor do que desfrutar do conforto das salas VIP enquanto aguarda o próximo voo, não é mesmo? É justamente isso que o recurso do Priority Pass oferece.

Continua após a publicidade

São mais de 1.300 salas VIP espalhadas pelos aeroportos ao redor do mundo. Nesse artigo vamos abordar como funcionam e quais são os benefícios que esses espaços oferecem. Confira!

O que é e como funciona o Priority Pass?

O Priority Pass é um programa que oferece acesso a salas VIP dos aeroportos do mundo inteiro. Ao todo são mais de 1.300 salas espalhadas por mais de 600 cidades de 148 países, que oferecem todo o conforto e serviços variados nas suas dependências aos associados.

O programa é uma grande vantagem para quem viaja frequentemente ou passa muitas horas em conexão. O aplicativo do Priority Pass está disponível para download no Google Play e na App Store.

icon

Valores

No entanto, todo esse conforto tem um preço, e convenhamos não é dos mais baixos. O mínimo que você pagará por ano para fazer parte do programa é US$ 99, já o plano mais completo e obviamente mais caro custa US$ 399. 

O funcionamento do Priority Pass é bem simples. Após assinar um dos planos, o associado recebe um cartão. Ao chegar à sala VIP basta apresentá-lo para ter o acesso liberado. No entanto, caso seja necessário pagar um valor adicional pela visita, ele não será feito na sala VIP, mas sim posteriormente debitado no cartão de crédito indicado pelo associado.

Continua após a publicidade

A maioria das salas VIP permite o acesso de um número ilimitado de convidados, entretanto, como já mencionado, cada um deles terá que desembolsar US$ 32 pela visita.

Quais são os benefícios do Priority Pass?

Os benefícios do Priority Pass são muitos. Dentre eles podemos destacar:

  • acesso a mais de 1.300 salas VIP em aeroportos de todo o mundo;
  • antes do voo é possível desfrutar gratuitamente de lanches e bebidas com ou sem álcool;
  • acesso digital com entrada instantânea por meio do app;
  • espaços calmos, confortáveis para relaxar;
  • wi-fi, jornal e revistas grátis;
  • instalações voltadas para o negócio, como salas para realização de conferências.
icon

Prós

O recurso do Priority Pass pode ser uma alternativa muito interessante para aqueles que estão viajando frequentemente e fazendo conexões de voos com longas horas de duração.

Qual a diferença entre Priority Pass e Lounge Key?

A diferença é que o Priority Pass oferece acesso a uma quantidade maior de salas VIP do que o Lounge Key. Sendo o primeiro um excelente programa, especialmente se você for um viajante frequente ou que passa bastante tempo fazendo conexão. Já o Lounge Key é um programa que oferece aos clientes acesso às salas VIP por meio de seus cartões de crédito.

icon

Diferença

Sendo assim, a principal diferença é que o Priority Pass pode ser solicitado por qualquer pessoa, independentemente de seleção de cartão, indicação ou renda mínima.

Se você não for usuário dos cartões Visa Infinite ou American Express The Platinum Card, basta se associar e pagar o valor anual de um dos três planos: Standard, Standard Plus, e Prestige.

Quais cartões dão acesso ao Priority Pass?

Hoje, as opções de cartão de crédito que dão acesso ao Priority Pass são bem restritas e se resumem ao Visa Infinite e ao American Express – The Platinum Card.

Continua após a publicidade

Veja quais são:

  • Porto Seguro Visa Infinite;
  • American Express – The Platinum Card – Versão de Metal;
  • Santander American Express – The Platinum Card;
  • BRBCARD Dux Visa Infinite;
  • BRBCARD Dux Eurobike Visa Infinite.

Confira: Porto Seguro Visa Infinite: conheça os benefícios do cartão, pontos negativos e muito mais!

Tenho cartão com Priority Pass, como acessá-lo?

Não tem muito mistério. Independentemente da sua companhia aérea ou classe, seja primeira ou econômica, basta somente apresentar o cartão na recepção da entrada da Sala VIP para ter acesso.

icon

Atenção

Caso seja necessário o pagamento da taxa, o valor será debitado diretamente do cartão de crédito que dá direito ao Priority Pass.

Como obter o Priority Pass? Veja as outras opções!

Além dos cartões de créditos mencionados, é possível obter o Priority Pass por meio do pagamento de três planos anuais que vamos apresentar a seguir:

1- Standard

Destinado ao viajante ocasional, o plano Standard custa US$ 99 por ano. No entanto, o acesso às salas não é totalmente gratuito. Para acessar os espaços, o associado precisa desembolsar uma taxa de visita no valor de US$ 32, o mesmo valor será cobrado ao seu acompanhante, se houver.

Continua após a publicidade

2- Standard Plus

O plano Standard Plus, que é destinado ao viajante regular e custa US$ 299 por ano, oferece 10 visitas às salas VIP sem nenhum custo adicional. Entretanto, após esse limite, a taxa de visita no valor de US$ 32 também será cobrada tanto para o associado quanto para o seu convidado.

3- Prestige

O Prestige é o plano mais completo do Priority Pass, ele custa US$ 429 por ano e é destinado ao viajante frequente. O acesso às salas VIP de todo o mundo é ilimitado sem custo adicional, porém, o convidado paga US$ 32 pelo acesso.

Afinal, vale a pena aderir ao Priority Pass?

A resposta para essa pergunta é algo muito pessoal e depende de alguns fatores, como a quantidade anual de viagens de cada um, e a possibilidade de acessar as salas de outras maneiras, como por exemplo, passagens em classe executiva ou programas de milhas.

Além disso, outro ponto que precisa ser avaliado é a real necessidade de acesso às salas, principalmente por questões profissionais.

icon

Dicas

É importante fazer uma análise de acordo com o número estimado de viagens que serão feitas durante o ano, a fim de verificar qual dos três planos é o mais apropriado para o seu perfil.

Porém, podemos afirmar que para quem viaja pouco, o Priority Pass parece não ter muito sentido. Ou seja, não vale o investimento, haja vista que fazer parte de outros programas ou até mesmo pagar pelo acesso pode ser mais barato.

Gostou do nosso artigo sobre o Priority Pass? Ative as notificações e assine a newsletter do iDinheiro para receber mais conteúdos como esse!

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.