Notícias

Prazo para sacar até R$ 998,00 do FGTS terminará amanhã. Veja como consultar e receber os valores!

Victor Leitão
Cédulas de dinheiro em um bolso representando o dinheiro das contas inativas do FGTS

Buscando evitar a propagação do novo coronavírus, a Caixa orienta que o trabalhador faça a transação pelo aplicativo do FGTS, disponível para smartphones com sistema Android e iOS.

Artigo originalmente publicado em blog.mobills.com.br. Conteúdos e comentários foram integralmente mantidos.

Prazo para sacar até R$ 998,00 do FGTS terminará amanhã. Veja como consultar e receber os valores!

 

Terminará amanhã (31/03) o prazo para que trabalhadores retirem os recursos do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Continua após a publicidade:

Quem trabalhou ou trabalha com carteira assinada pode receber até R$ 998,00 por vínculo trabalhista registrado.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, 36 milhões de pessoas ainda têm recursos para sacar, totalizando quase 15 bilhões de reais disponíveis.

Continua após a publicidade


Os 15 melhores apps para controle financeiro pessoal


Quem pode sacar até R$ 998?

Aqueles trabalhadores que, até o dia 24 de julho do ano passado, tinham até esse valor em conta.

A quantia é equivalente ao salário mínimo de 2019, ano em que os saques foram liberados por medida provisória e, posteriormente, viraram lei após aprovação no Congresso Nacional.

Caso o montante em cada conta fosse maior que o mínimo vigente, o trabalhador pode sacar no máximo R$ 500,00.

Vale destacar que o limite é por conta.

Logo, se o trabalhador tiver duas contas, por exemplo, poderá sacar até R$ 1.000,00, sendo R$ 500,00 de cada.

Continua após a publicidade

Como consultar o valor a receber

A maneira mais simples é pela internet. Você pode ver como acessando o texto a seguir.


O passo a passo para consultar o saldo do FGTS pela internet


Entretanto, você também pode ligar para o número 0800 724 2019 ou ir até uma agência da Caixa.

Cada conta do FGTS é criada por vínculo empregatício.

Desse modo, quem tiver mais de um registro em carteira, tem mais de uma conta.

Outro ponto importante a se observar é que aqueles que optam pelo saque imediato podem movimentar os recursos normalmente caso sejam demitidos sem justa causa.

Continua após a publicidade

Já a opção pelo saque-aniversário (que também foi liberado no ano passado e possibilita que, uma vez por ano, o trabalhador saque uma parte do seu fundo), impossibilita o trabalhador de mexer no FGTS.

Até o momento existe a possibilidade do saque imediato.

Além disso, o governo federal já sinalizou que deve flexibilizar nova movimentação extra dos recursos dos FGTS para ajudar na movimentação da economia em meio a pandemia do COVID-19 (novo coronavírus).

Como realizar o saque

Buscando evitar a propagação do novo coronavírus, a Caixa orienta que o trabalhador faça a transação pelo aplicativo do FGTS, disponível para smartphones com sistema Android e iOS.

Ao solicitar a modalidade, os recursos serão transferidos para a conta bancária indicada pelo trabalhador, sem nenhum custo.

Continua após a publicidade

Segundo o banco, o dinheiro deve cair na conta em até 5 dias úteis.

Apesar da orientação de ficar em casa, é possível também solicitar o dinheiro por meios físicos, por meio das lotéricas e caixas eletrônicos.

Já aqueles que não têm senha e cartão cidadão devem procurar uma agência da Caixa com CPF, RG e carteira de trabalho em mãos.

Lembrando que as agências da Caixa estão funcionando em horário reduzido, das 10h às 14h.


Como elaborar um planejamento financeiro pessoal incrível em 13 passos simples


O que fazer com o dinheiro do FGTS?

Essa talvez seja uma das maiores dúvidas de quem tem dinheiro disponível para sacar.

Então, vamos esclarecê-la!

Retire todos os valores possíveis

Isso mesmo. Essa é a primeira dica. Em hipótese alguma, você deve cogitar não retirar o dinheiro de lá.

Continua após a publicidade

Sacar é sempre a melhor solução, pois a rentabilidade do FGTS fica abaixo da inflação.

Trocando em miúdos, deixar o saldo parado na conta, na prática, é perder dinheiro.

Logo, se tem dinheiro disponível, retire!

Agora, vamos falar das alternativas depois que você estiver com o dinheiro em mãos.

Quite ou pelo menos comece a pagar as dívidas

Caso você esteja endividado, priorize a quitação (se possível) ou o máximo que der para pagar de dívidas.

Inicie pelas dívidas que cobram taxas de juros maiores, como cheque especial e crédito rotativo do cartão de crédito.

Busque também renegociar com os seus credores as dívidas que estão complicadas de pagar todos os meses, você pode conseguir um bom abatimento.

Continua após a publicidade

Forme sua reserva para “imprevistos”

Se o seu orçamento está controlado e você não possui dívidas que não pode pagar, mas também ainda não começou a formar sua reserva de emergência, esse dinheiro do FGTS vai ser de grande valia para iniciar esse objetivo.

O fundo de emergência é essencial para todas as pessoas e vai te ajudar a se livrar de grandes apertos que você provavelmente passaria se não tivesse uma reserva.

Boas alternativas para colocar o dinheiro destinado à sua reserva para imprevistos são o Tesouro Selic e o RDB da Nuconta. CDBs com liquidez diária também são uma boa pedida.


Aprenda a montar sua reserva de emergência e proteja-se de imprevistos financeiros


Invista para atingir outros objetivos financeiros

Caso você não possua dívidas descontroladas e já tenha completado sua reserva de emergência, aí a sugestão é que você parta para investimentos mais sofisticados, visando realizar objetivos financeiros maiores, tais como:

  • Alcançar a independência financeira;
  • Garantir uma aposentadoria tranquila;
  • Comprar uma casa um carro;
  • Fazer uma viagem pela Europa;
  • Ou qualquer outro que faça sentido para você.

Nesse sentido, com o fraco desempenho da Renda Fixa atualmente, você terá que buscar opções na renda variável, se quiser obter bons lucros.

Segue os links de ótimos textos aqui do blog sobre a renda variável:

E  aí, o que achou da notícia sobre o saque do FGTS? Quer receber outros conteúdos sobre o fundo de garantia? Então, assine a newsletter do iDinheiro.

 

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *