Notícias, Poupança

Poupança teve perda de 0,46% nos últimos 12 meses, com rendimento inferior à inflação

Heloísa Vasconcelos
Heloísa Vasconcelos
cofrinho, representando poupança teve perda

Em um cenário com a Selic baixa e inflação alta, a poupança teve perda, trazendo prejuízo aos que deixaram nela dinheiro. Saiba mais.

Quem manteve dinheiro investido na poupança no último ano teve perda de 0,46%. Isso porque, com o cenário atual de Selic em 2% e com inflação em alta, o rendimento do investimento mais popular entre os brasileiros tem caído cada vez mais.

Conforme levantamento da casa de análises financeiras Economatica, a poupança registrou valorização nominal de 2,67% nos 12 meses acumulados até setembro de 2020. 

Continua após a publicidade

Por outro lado, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que representa a inflação, foi de 3,14% no mesmo período. A variação, portanto, fica negativa, de -0,46%.

Isso significa na prática que os brasileiros que deixaram dinheiro na poupança no último ano “perderam” dinheiro, já que o dinheiro que está guardado já não tem tanto valor.

Poupança teve perda; entenda

Que a poupança não é um dos investimentos de renda fixa mais vantajosos os economistas já falaram várias vezes. Mas há tempos o rendimento não estava tão ruim.

Esse é o pior rendimento em 12 meses desde agosto de 2016, quando a poupança teve rentabilidade real negativa de 0,75%. Nessa época, a Selic estava em 14,25% ao ano e a inflação estava em 8,97 %.

Como é o rendimento da poupança?

Atualmente, de acordo com a nova regra, a poupança rende 70% da taxa Selic se a mesma tiver abaixo de 8,5%.

Hoje, a taxa Selic, taxa básica de juros da economia brasileira, encontra-se em 2% (Definida na última reunião do Copom, em 05 de agosto de 2020).

Desta forma, o rendimento da poupança é de 1,4% ao ano; já o juros da poupança mensal é de 0,11%.

Opções mais vantajosas

Quem quer maior rentabilidade mas ainda quer permanecer na renda fixa pode ter opções mais vantajosas que a poupança. 

Alguns dos investimentos de renda fixa mais populares são:

  • CDB
  • Tesouro Direto
  • LCI e LCA
  • Letra de Câmbio
  • CRI/CRA

Esta matéria foi útil? Então assine a newsletter do iDinheiro e receba diretamente no seu e-mail mais notícias sobre investimentos.

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *