Planner Corretora: conheça produtos, taxas e como abrir sua conta

Pensa em investir na Planner Corretora? Veja as opções de investimentos e quais são as taxas cobradas para ter certeza de que vale a pena!

Fabiola Thibes
Fabíola Thibes

Planner Corretora: conheça produtos, taxas e como abrir sua conta

 

Quando você pensa em investir seu dinheiro, quer uma instituição financeira confiável. Para alcançar esse resultado, precisa comparar as opções e definir a melhor. Aqui, entra a Planner Corretora.

A empresa promete transformar oportunidades em geração de valor para o seu patrimônio. Com esse propósito, já tem cerca de 25 anos de história, R$ 24 bilhões em fundos de investimentos, R$ 25 bilhões em controladoria e R$ 19 bilhões em gestão de fundos.

Continua após a publicidade

A questão é: esses números podem ser traduzidos em confiabilidade para o seu dinheiro? Neste post vamos trazer mais informações para você tomar sua decisão.

A Planner Corretora é confiável?

A Planner Corretora divulga uma imagem de segurança. A instituição financeira destaca que ficou em 1º lugar no ranking Equipe de Pesquisa do Prêmio Broadcast Analistas e destaque no ranking Top Asset da Revista Investidor Institucional.

Continua após a publicidade

Além disso, tem a certificação ISO 9001. Ela destaca ser a primeira corretora de valores brasileira com o sistema de gestão alinhado aos padrões internacionais.

Ainda foram realizadas participações em Programas de Qualificação Operacional da B3, a bolsa de valores brasileira. Entre eles estão:

  • Agro Broker, voltado para commodities agropecuárias;
  • Nonresident Investor Broker, para investidores não residentes no Brasil;
  • Retail Broker, para investidores pessoas físicas e jurídicas não financeiras;
  • Execution Broker, para investidores institucionais nos ambientes de negociação da B3.

A empresa também tem todas as autorizações exigidas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Associação Brasileira das Entidades do Mercado Financeiro e de Capitais (Anbima) e Banco Central.

Como abrir conta na Planner Corretora?

A Planner Corretora aceita tanto pessoas físicas quanto jurídicas. Para abrir sua conta, você precisa:

Continua após a publicidade

Um ponto negativo é que o site pode apresentar problemas no momento da abertura da conta. Com isso, você precisa entrar em contato pelo formulário do Fale Conosco ou pelos telefones:

  • (11) 2172-2600;
  • 0800-179-444 para chamadas locais e interurbano de telefone fixo ou (11) 2172-2668.

Quais são os principais produtos?

A Planner Corretora trabalha com diferentes categorias de investimentos. As opções estão estruturadas da seguinte forma:

Mercado de ações

Oferece:

  • opções: são contratos que dão o direito de comprar ou vender uma ação com preço predeterminado;
  • mercado futuro: são contratos em que há o compromisso de comprar ou vender determinada quantidade de ativos por um preço específico;
  • ofertas públicas: consiste na primeira venda de ativos de uma empresa na B3. Pode estar relacionada à sua entrada na bolsa de valores ou a um lançamento de mais ações.

Ainda são apresentadas análises diárias, dados estatísticos, carteiras recomendadas e relatórios.

Fundos de investimento

Funcionam como um condomínio, ou seja, você adquire uma ou mais cotas e um gestor faz a alocação dos recursos. Na Planner, eles são divididos em:

  • de renda fixa: são aqueles fundos em que 80% das aplicações são feitas em títulos públicos e privados;
  • multimercado: combinam diferentes investimentos para potencializar o retorno;
  • de ações: são aqueles que alocam 80% ou mais do capital em ações. Por isso, são mais arriscados;
  • cambiais: têm o dinheiro aplicado no câmbio. É arriscado, porque sofre muitas oscilações devido às moedas.

No site dos fundos de investimento da Planner Corretora são especificadas todas as opções, com taxa de administração, estratégia e aplicação mínima.

Continua após a publicidade

Renda fixa

É composta por títulos públicos e privados. Na primeira categoria, estão incluídas as opções do Tesouro Direto. Na segunda, as alternativas são:

  • Letra de Crédito Imobiliário e do Agronegócio (LCI e LCA): são emitidos por bancos e têm por objetivo financiar atividades desses setores de atuação. Costumam ter baixa liquidez e aplicação inicial mais alta. Porém, são isentos de Imposto de Renda (IR);
  • Letra de Câmbio (LC): é emitido por instituições financeiras para referenciar os contratos de financiamento;
  • Certificado de Depósito Bancário (CDB): é um título emitido por bancos para financiar operações de empréstimos e outras;
  • Certificado de Recebíveis Imobiliários e do Agronegócio (CRI e CRA): tem como referência o crédito imobiliário e é emitido por securitizadoras. Também é isento de IR.

A liquidez é o termo que se refere à capacidade de transformar um título em dinheiro. Basicamente, quanto mais alta for a liquidez, mais fácil é de você sacar o dinheiro quando quiser.

Oferta pública

São empresas que emitem seus títulos pela primeira vez na bolsa de valores. Abrange tanto companhias que estão abrindo capital quanto aquelas que desdobram as ações existentes e fazem novas ofertas.

Na página das ofertas públicas da Planner, você pode consultar as informações de cronograma, links oficiais, regras e mais.

Câmbio

Consiste em um serviço de assessoria e consultoria em câmbio turismo e comercial, além de comércio exterior e tratamento de capital estrangeiro no Brasil. Tem registro no Banco Central e oferece análise e atualização dos processos de entradas e saídas de recursos.

Continua após a publicidade

Taxas e tarifas

Todos os serviços da Planner Corretora são tributados. Segundo a instituição financeira, as taxas são as seguintes:

  • transferência eletrônica: R$ 9,50 em débito automático na conta da corretora;
  • taxa de Banco de Títulos CBLC (BTC) — aluguel de ações: é dividido em:
    • taxa de liquidação mínima: R$ 5 por contrato;
    • tarifa de extrato Câmara Brasileira de Liquidação e Custódia (CBLC): R$ 2,70, conforme cobrança da B3, se você optar por receber os extratos via Correios;
    • tarifa de manutenção e atualização de cadastro: até R$ 20 por mês para contas sem sem posição de ativos e sem movimentação;
  • corretagem B3: varia de acordo com a movimentação financeira no dia. O valor pode ir de isento a R$ 25,21. A cobrança é da bolsa de valores;
  • taxa de custódia: na renda variável é de R$ 15 por operações via mesa de operações e home broker, ou ainda para uso de plataformas apenas para consulta. Para o valor em custódia, é feita a cobrança de uma alíquota anual que vai de isento a 0,0130%;
  • Tesouro Direto: tem uma taxa de custódia de 0,25% ao ano sobre o valor dos títulos — para o Tesouro Selic há isenção — e taxa de corretagem da Planner de 0,20%;
  • corretagem B3 por home broker e mesa de operações: R$ 1 por contrato de índice e R$ 1,50 por contrato de dólar para day trade. Para posição, são R$ 2 por contrato de índice e R$ 3 por contrato de dólar.

Ainda há cobrança de emolumentos e taxas de serviços da B3, que podem ser acessadas no site da bolsa de valores.

Como é a nota da Planner Corretora no Reclame Aqui?

Um aspecto negativo da Planner é que ela não tem perfil no Reclame Aqui. Existe uma página em que há uma reclamação específica da corretora de valores.

O motivo foi a ausência de divisões de proventos e cotas em um fundo de investimento imobiliário. O comentário foi respondido, mas não sinalizou exatamente como o problema seria resolvido.

Continua após a publicidade

Nesse mesmo perfil há outras 3 reclamações, mas elas se referem a empréstimos — serviço não prestado pela corretora de valores. Portanto, não há indicativos de segurança pelo perfil do Reclame Aqui.

A Planner Corretora é boa?

Pelos indicativos do site, é possível dizer que sim. No entanto, a falta de perfil no Reclame Aqui deixa uma dúvida.

Um ponto positivo é a transparência de informações do site. Há vários detalhes especificados. Ainda assim, pode ser interessante entrar em contato para confirmar as informações.

Com essas informações, você já tem um ponto de partida para definir a melhor corretora de valores para as suas finanças. Então, avalie outras alternativas e confira as taxas.

Lembre-se de que, na Planner Corretora, há cobrança de algumas tarifas isentas em outras instituições financeiras. Por isso, vale a pena dar uma conferida para tomar a melhor decisão.

Gostou de saber mais? Assine a newsletter do iDinheiro e receba informações sobre outras corretoras e mais informações úteis para construir o seu futuro!

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.