Penhor Caixa: o guia completo sobre este modelo de empréstimo

Entenda como solicitar o Penhor Caixa, além quais as suas maiores vantagens, taxas, e quando este modelo de empréstimo é interessante.

Karina Carneiro
Karina Carneiro

Penhor Caixa: o guia completo sobre este modelo de empréstimo

O Penhor Caixa é uma das modalidades de empréstimo mais antigas do Brasil.

Por meio dela, os clientes concedem bens temporariamente em troca de dinheiro rápido e sem análise em empresas de avaliação de crédito. 

Essa é uma alternativa para pessoas que necessitam de capital urgentemente e possuem alguns itens valiosos que podem servir como garantia de pagamento. 

Continua após a publicidade

Além disso, o Penhor Caixa é uma das alternativas menos burocráticas.

Em poucos minutos, é possível possível sair com o dinheiro em mãos de uma das agências da instituição financeira.

Agora, se você se interessou em saber mais sobre o assunto, o iDinheiro preparou um guia completo com tudo o que você precisa entender sobre o Penhor Caixa.

Continua após a publicidade

O que é o Penhor Caixa?

O Penhor Caixa é uma das modalidades de empréstimos oferecidas pela Caixa Econômica Federal.

Através deste método, o cliente deve dar um bem como garantia do pagamento da dívida.

Dentre as regras desse serviço oferecido, estão algumas informações importantes sobre o seu funcionamento. 

Entre elas, o fato de que o valor mínimo do empréstimo é de R$ 50,00 e o máximo de R$ 100.000,00. 

Além disso, o Penhor Caixa concede o valor de até 100% do bem entregue.

No entanto, para pessoas que desejam renovar o período e possuem um bom relacionamento com a instituição financeira, essa porcentagem pode aumentar para 130% do valor do objeto. 

Outro ponto importante é o fato de que para penhorar um bem pela Caixa, não é necessário nenhum tipo de avaliação junto a órgãos de análise de crédito, como SPC ou Serasa.

Todavia, o prazo para pagamento pode variar entre 30 e 180 dias. 

Caso o valor da dívida não seja quitado no período, é possível que o cliente solicite a renovação no Penhor Caixa. 

Continua após a publicidade

Como funciona o penhor da Caixa?

Para fazer o Penhor Caixa é fundamental que o cliente vá até uma agência com seus bens para que eles sejam avaliados. Além disso, é necessário levar alguns documentos, como:

  • documento de identificação original com foto ,como RG ou CNH;
  • CPF;
  • comprovante de residência. 

Após a apresentação desses papéis, os objetos serão avaliados por um colaborador da Caixa e com isso ele oferecerá as condições. 

Se as solicitações forem aceitas, bastará assinar o contrato e escolher o prazo de pagamento. 

No final do período estabelecido com a quitação do empréstimo, todos os bens serão devolvidos ao proprietário.

Continua após a publicidade

Quais bens são aceitos?

O Penhor Caixa aceita diversos tipos de objetos valiosos para realizar o empréstimo aos seus clientes.

Porém, podemos destacar alguns dos bens penhorados mais comuns: 

  • jóias;
  • pratarias;
  • canetas de valor;
  • metais nobres;
  • pedras preciosas em geral; 
  • pérolas;
  • relógios;
  • diamantes lapidados.

No entanto, não é possível ter prévia dos valores que cada item pode conseguir com o penhor, já que todas as peças sofrem uma análise individual por um funcionário especializado, que leva em consideração:

  • valor de mercado;
  • tipo de produto;
  • estado de conservação;
  • entre outros critérios.

Quais são as vantagens?

O Penhor Caixa conta com diversos benefícios, principalmente para pessoas que precisam de dinheiro rápido ou estão com o nome negativado. 

Além disso, os prazos podem ser renovados por quantas vezes o cliente entender que é necessário, desde que não exista atraso nos pagamentos ou na solicitação do novo penhor. 

Continua após a publicidade

Bônus: perguntas frequentes

Para que você tire todas as suas dúvidas sobre o Penhor Caixa, separamos as respostas das perguntas mais frequentes. Confira. 

Quais são as multas por atraso?

A Caixa não divulga quais são os valores das multas pelos atrasos de pagamento devido ao fato de que elas podem se alterar de acordo com o objeto penhorado.

Quais as taxas de juros do Penhor Caixa?

Em geral, as taxas de juros cobradas pelo Penhor Caixa são em média de 2,25% ao mês. No entanto, há contratos mais atrativos. 

Um exemplo são os feitos para casos de micropenhor. Neles o valor máximo é de R$ 1.000,00 e a taxa de juros chega a ser de 1,7% ao mês.

Continua após a publicidade

Quais agências trabalham com o serviço?

Para saber quais as agências Caixa que oferecem o empréstimo com a modalidade de penhor basta acessar este link

É possível pagar o Penhor Caixa pela internet?

Para pagar o Penhor Caixa é necessário ir a mesma agência em que os bens foram deixados para a realização do empréstimo. 

Neste caso, os bens não são enviados por correio e precisam ser entregues na mão do proprietário. 

Em quais canais de atendimento posso tirar minhas dúvidas sobre o serviço?

Para tirar dúvidas sobre o Penhor Caixa a instituição financeira disponibiliza algumas linhas telefônicas. São elas:

Continua após a publicidade

  • SAC: 0800 726 0101;
  • ouvidoria: 0800 725 7474.

Além disso, as redes sociais podem ser usadas como meios de contato para tirar dúvidas, como o Facebook

Como fazer a consulta do contrato do Penhor Caixa?

Para fazer a consulta do ao contrato do Penhor Caixa é necessário que o usuário acesse este link.

A partir dele, será possível clicar em “login” no canto superior direito e informar senha e CPF. 

Assim, o cliente entrará em uma página com todas as suas informações e o contrato estará disponível para consulta. 

Continua após a publicidade

Posso fazer a penhora na boca do Caixa?

Para fazer o Penhor Caixa o cliente deverá chegar à agência e se informar qual é o meio de atendimento em que pode ser realizado o serviço. 

É comum que em agências menores o primeiro contato seja na boca do Caixa. 

No entanto, para unidades maiores, normalmente existem funcionários especializados que trabalham apenas nesse setor. 

Qual é o valor da grama do ouro em 2020 na penhora da Caixa?

Atualmente, a Caixa faz a avaliação da grama do ouro em média com o valor de R$ 76,00.

No entanto, conforme a variação da cotação do ouro a mercado, o pagamento pode se alterar. 

Vale a pena optar pela penhora de bens?

Para pessoas negativadas ou que necessitam de dinheiro de maneira rápida, o Penhor Caixa pode ser uma das melhores opções oferecidas no mercado. 

Continua após a publicidade

Através dela, o valor de avaliação do bem pode ser justo e representar a quantia exata que o cliente precisa. 

No entanto, para pessoas que possuem mais tempo e altas pontuações de score, é possível encontrar modalidades de crédito com taxas menores e até mesmo com prazos mais atraentes. 

Por isso, vale a pena averiguar são as alternativas antes de decidir qual a melhor opção para cada um dos casos. 

Quer saber mais sobre as opções de crédito existentes? Então, assine a Newsletter do Dinheiro e receba toda semana uma notícia exclusiva sobre o que importa para o seu dinheiro.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.