Notícias, Sair das dívidas

74% dos brasileiros deixaram de pagar contas na pandemia

Heloísa Vasconcelos
computador e calculadora, representando pagar contas na pandemia

Pesquisa feita pela fintech Acordo Certo mostra que grande parte dos brasileiros deixaram de pagar contas na pandemia. Cerca de 70% tiveram renda reduzida.

Pagar contas na pandemia se tornou um desafio para a maioria dos brasileiros, diante de um cenário com desemprego e redução de salários e jornadas de trabalho. Pesquisa feita pela fintech Acordo Certo mostra que 74% dos brasileiros deixaram de pagar alguma conta.

O Levantamento, feito com 1.487 pessoas no início de agosto, também aponta que 70% dos entrevistados tiveram alguma diminuição de renda durante o período de crise. 

Continua após a publicidade:

A principal conta que foi deixada de lado foi a de negociação de dívidas, seguida por faturas de cartão de crédito e de luz.

Dificuldades para pagar contas na pandemia

Das pessoas ouvidas pela Acordo Certo, 3 em cada 10 deixaram de trabalhar. Mais da metade dos entrevistados afirmou ainda que precisou pedir dinheiro emprestado para pagar de dívidas.

Dentre os que pediram dinheiro emprestado, 53% obtiveram o auxílio por meio de um amigo ou parente. 

A fintech entrevistou pessoas que utilizaram o saque emergencial do FGTS ou auxílio emergencial. Segundo elas, o principal uso do recurso foi para pagar contas atrasadas e para comprar alimentos.

Renegociação de dívidas

Dos entrevistados, 35% afirmaram terem contraído essas dívidas por conta dos efeitos da pandemia. A Acordo Certo, que funciona como um canal entre pessoas físicas e empresas para negociação de dívidas, relata ter realizado mais de 1,5 milhão de renegociações entre janeiro e julho.

“Ninguém gosta de ficar inadimplente, mas é natural que, com o orçamento apertado, algumas contas mais urgentes e a compra de comida sejam priorizadas. Quando as finanças estiverem menos fragilizadas, as pessoas precisarão de soluções que as ajudem a retornar ao equilíbrio”, percebe o chefe de marketing da Acordo Certo, Thales Becker.

Segundo ele, outra pesquisa feita pela fintech em maio indicava que as pessoas achavam que não conseguiriam pagar todas as dívidas.

Quer continuar acompanhando as novidades sobre pagamento de dívidas na pandemia e outras pesquisas? Então, assine a newsletter do iDinheiro e ative as notificações de push. 

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *