Onde investir 10 mil reais? Confira 9 opções para aumentar seu patrimônio!

Aproveite as ótimas possibilidades disponíveis no mercado, valorize seu dinheiro e multiplique seu patrimônio.

melissa nunes perfil
Melissa Nunes

Você trabalhou duro, soube controlar seus gastos e conseguiu economizar dez mil reais. Maravilha! Agora que tem essa soma significativa, você provavelmente está em busca das melhores opções para valorizá-la, não é? E talvez esteja se perguntando… o que fazer com 10 mil reais?

É preciso admitir: 10 mil reais é uma excelente quantia de dinheiro. Com ela em mãos, você pode pagar um bom curso de especialização, viajar para o exterior, comprar uma moto, entre muitas outras opções. Contudo, se você pretende melhorar cada vez mais suas finanças pessoais e aumentar seu patrimônio, você pode investir esse capital e buscar um bom retorno.

Continua após a publicidade

Para te ajudar neste caminho, listamos algumas boas opções de investimento. Eles também são válidos para outras quantias, como 15, 20 ou até 50 mil reais, basta adaptar para a sua realidade.

Quanto rende 10 mil reais na poupança?

A caderneta de poupança é o “investimento” mais popular do Brasil, sobre isso não se pode discutir. A praticidade de poder aplicar seu dinheiro de maneira rápida faz com que milhares de brasileiros utilizem esta modalidade na hora de guardar suas economias.

Continua após a publicidade

No entanto, apesar da popularidade, a poupança nem de longe é o melhor lugar para ver seu dinheiro render. Isso porque seu rendimento depende da taxa básica de juros do país, a Selic. Quando ela está abaixo de 8,5% ao ano, cenário mais comum nos últimos anos, a poupança rende apenas 70% dessa taxa. Assumindo que a Selic seja de 3,5% ao ano, a caderneta rende 2,4% ao ano.

Se colocarmos 10 mil reais na poupança a essa taxa, usando nosso simulador, chegamos a um valor de R$ 10.245,00. Isso mesmo, apenas R$ 245,00 de rendimento! Pouca coisa, não?

Por isso é tão importante conhecer várias opções de investimento. Existem possibilidades tão seguras e acessíveis quanto a poupança e que rendem, pelo menos, o valor da Selic. Um exemplo disso é o Tesouro Direto, que com apenas R$ 30 já permite que você comece a investir.

Se seu desejo é investir para ter um futuro mais tranquilo para você e sua família, é preciso buscar alternativas para além da caderneta. Continue lendo para saber onde investir 10 mil reais e ganhar mais!

Continua após a publicidade

Onde investir 10 mil reais? Veja as melhores opções!

Investir dez mil reais pode não ser uma tarefa fácil para quem tem pouco conhecimento. A tendência é colocar esse dinheiro no lugar mais seguro possível, algo familiar e de fácil resgate. Porém, quando pensamos em crescimento de patrimônio, precisamos dedicar um pouco mais de tempo para conhecer e escolher investimentos que nos ajudem nessa tarefa correndo um risco controlado.

A boa notícia é que com 10 mil reais existem diversas possibilidades! Então, se você deseja iniciar um investimento, mas não sabe por onde começar, confira as opções a seguir para facilitar seus estudos.

1. Fundos imobiliários

Os fundos imobiliários são um tipo de investimento em que várias pessoas aplicam seus recursos em empreendimentos imobiliários, que podem ser residenciais ou comerciais. Eles funcionam como uma espécie de condomínio, onde vários investidores se reúnem para adquirir cotas e aplicar em imóveis.

São uma ótima opção para as pessoas que querem receber renda a partir de seus investimentos, pois costumam pagar bons rendimentos mensalmente. Além disso, esses fundos permitem autonomia e flexibilidade para o investidor que deseja entrar no mercado de imóveis.

Continua após a publicidade

Os preços das cotas costumam variar entre R$ 100 e R$ 200, sendo um investimento viável para quem tem um pouco mais de dinheiro. Vale lembrar, porém, que esse é um ativo de renda variável, negociado em bolsa de valores, e que vai sofrer oscilações diárias de preço.

Para aprender mais sobre esse tipo de investimento, leia este artigo: Fundos imobiliários: O QUE SÃO, COMO ESCOLHER e INVESTIR!

2. Ações

Quem deseja saber onde investir 10 mil reais, precisa conhecer a bolsa de valores. Com 10 mil reais, é possível entrar no Mercado de Ações para negociar ativos de empresas grandes ou menores, como Ambev, Americanas, Magazine Luiza, Banco Inter, etc.

No entanto, antes de investir em ações de companhias, mesmo aquelas que você já conhece, é preciso estudar muito bem suas chances de valorização. Como seu objetivo é a valorização no longo prazo, é interessante analisar alguns indicadores, como o modelo de negócio da empresa e as perspectivas para o futuro do seu setor de atuação.

Continua após a publicidade

A análise minuciosa deles é o que indicará se a probabilidade de lucrar com esse investimento é boa ou não. Nada de contar com a sorte na hora de comprar ações! Entenda sempre os riscos e busque ajuda profissional se achar necessário.

Para começar a investir em ações, não deixe de ler o artigo: Como investir em ações e quais erros você não pode cometer!

3. Fundos de investimento

Fundos de investimento são uma excelente sugestão para aqueles que pretendem diversificar sua carteira de investimentos, mas não querem ou não têm tempo para procurar muito. Isso porque, em um fundo, o responsável pela compra e venda de ativos é um gestor profissional.

Além disso, existem vários tipos de fundos disponíveis no mercado, com estratégias diferentes para cada perfil de investidor ou objetivo financeiro. O investimento inicial também varia, começando em R$ 100, geralmente, até alguns milhares de reais.

Continua após a publicidade

Uma dica importante para encontrar boas oportunidades nesses casos é buscar as menores taxas de administração possíveis e ficar atento ao histórico de gestão do fundo no qual você está pensando em investir.

4. Tesouro Direto

Para quem está apenas começando, os títulos emitidos pelo Governo Federal, que compõem o Tesouro Direto, são a opção mais segura do mercado (e com rendimento melhor que a poupança).

Por terem taxas, valores e prazos variados, esses títulos podem servir para diferentes propósitos. O Tesouro IPCA, por exemplo, é bastante usado para a formação de um fundo de aposentadoria, já que sua taxa garante sempre o retorno acima da inflação.

Continua após a publicidade

O Tesouro Selic, por outro lado, é um dos preferidos para a reserva de emergência, pois seu resgate é rápido e não costuma gerar perdas.

Por fim, o Tesouro Prefixado pode ser usado para uma meta com horizonte de médio prazo, garantindo um retorno previsível.

Aprenda mais sobre o Tesouro Direto neste artigo: Como investir no Tesouro Direto em 5 passos SIMPLES!

5. Certificado de Depósito Bancário (CDB)

O CDB é um título muito comum, emitido por bancos para captar dinheiro para financiar suas próprias atividades. Com 10 mil reais, é possível encontrar títulos com uma rentabilidade razoável, sendo que o ideal é que eles rendam, pelo menos, 100% do CDI.

Uma vantagem desses títulos é que eles contam com a garantia do Fundo Garantidor de Crédito (FGC), o que faz com que investimentos até R$ 250 mil por CPF e por instituição fiquem protegidos. Ou seja, caso o banco decrete falência, você não ficará no prejuízo.

Outra dica para escolher um bom CDB é ficar de olho nas oportunidades oferecidas por bancos de menor porte, pois, para conquistar investidores, as instituições menores costumam emitir títulos com taxas melhores. Mesmo assim, vale avaliar a saúde financeira da mesma, a fim de evitar dores de cabeça que podem ser evitadas.

Continua após a publicidade

Veja mais informações sobre CDB neste texto: CDB liquidez diária: como funciona e onde encontrar!

6. Letra de Crédito Imobiliário (LCI)

A LCI, assim como o CDB, é um investimento comum de bancos e corretoras de valores. Nesse caso, a instituição emissora do título usa o dinheiro investido para financiar ativos do mercado imobiliário. Da mesma forma, existe a Letra de Crédito do Agronegócio (LCA), que direciona o capital para tal fim.

A grande vantagem desses títulos é que eles são isentos de imposto de renda, podendo ser um pouco mais rentáveis que outros tipos de investimentos. Porém, vale observar que nem todos garantem resgate rápido, já que ele é, no mínimo, de 90 dias.

Essa aplicação pode ser bastante interessante para quem precisa investir com segurança no curto e médio prazo, já que também possui a garantia do FGC e uma boa previsibilidade.

Continua após a publicidade

Para entender se vale mais a pena investir em LCI ou CDB, dê uma olhada aqui: LCI ou CDB – qual o melhor investimento de renda fixa pra você?

7. Franquias

Existem algumas franquias onde investir 10 mil reais será um aporte inicial excelente. As opções, nesses casos, são as mais diversas e talvez uma delas possa se encaixar no seu perfil. O fato dessas franquias não exigirem um capital inicial elevado é um grande atrativo para os novos empreendedores.

E o melhor, o baixo investimento inicial não significa que elas sejam menos lucrativas do que outras que exigem um investimento muito maior. Muito pelo contrário! Se analisadas a partir de alguns indicadores financeiros e de risco, elas podem superar operações maiores e que requerem um investimento bem superior.

Entenda mais sobre franquias neste artigo: Franquias baratas e lucrativas: 31 opções para começar o seu negócio

8. Fintechs de investimentos

Outra boa opção para investir seus 10 mil reais são as fintechs de investimentos, como a Warren. Essa fintech tem soluções inovadoras para ajudar você a investir focados no seu perfil do investidor e objetivos financeiros.

A Warren traz como proposta o que chamamos de investimentos orientados a objetivos e seu funcionamento se resume a 4 passos:

Continua após a publicidade

Para saber como abrir uma conta gratuita nesta Fintech, acesse este artigo: Como investir na Warren: guia completo.

9. Monte seu negócio próprio

Se você quer de fato multiplicar seus 10 mil ou até mesmo 20 mil reais de forma honesta e segura, só existe um caminho: montando seu negócio.

Tome cuidado e não acredite em promessas de multiplicação de dinheiro de forma fácil, que provavelmente é ilegal. Como diz a frase: “só existe uma maneira de ganhar dinheiro fácil, que é vendendo a ideia de ganhar dinheiro fácil.”

Nos patamares atuais da taxa Selic, rendimentos sem risco lhe trarão juros cada vez menores. Ou seja, para ter retornos mais elevados, você vai precisar gerenciar riscos.

De fato, os investimentos que podem trazer mais retornos em menos tempo e até multiplicarem seu patrimônio são negócios próprios. Porém, como sempre, há riscos envolvidos e, para diminuir esses riscos, um bom planejamento e muito esforço podem ajudar você a conseguir a meta de transformar 10 mil em 20mil, ou até 100 mil!

Continua após a publicidade

Cuidados ao investir seus dez mil reais

Importante lembrar que muitas das opções de investimentos listadas acima só são adequadas após você ter sua reserva de emergência de pelo menos 6 meses do seu custo de vida mensal, a qual deve ficar em um ativo adequado para esse propósito.

Para aprender mais sobre reserva de emergência, confira nosso artigo sobre esse assunto: Reserva de emergência: como montar e onde guardar?

Supondo que você montou sua reserva financeira de forma adequada, deve tomar alguns cuidados para seus próximos investimentos sejam eles de 10 mil reais, 20 mil ou até 30 mil reais:

  • invista seu dinheiro de forma gradual, para ganhar experiência e tornar os erros (que provavelmente irão ocorrer no meio do caminho) menos impactantes;
  • cuidado com sugestões de amigos e influenciadores: busque sempre estudar e orientações de profissionais;
  • invista apenas no que você conhece, assim, corre menos risco de fazer alguma besteira por impulso, por exemplo;
  • procure ativos que sejam adequados a seu perfil de risco e objetivos financeiros.

Conclusão

Agora que você já sabe onde investir 10 mil reais, o que está esperando para escolher o caminho certo para o seu dinheiro? Aproveite as possibilidades disponíveis no mercado e valorize seu patrimônio.

Continua após a publicidade

Mas antes de bater o martelo, lembre-se: pesquise as taxas e as condições oferecidas em cada alternativa. Estude bastante as opções e também aprenda sobre a dinâmica do Mercado Financeiro. Afinal, com conhecimento e estratégia, suas chances de melhorar sua vida financeira serão bem maiores.

Além disso, é muito importante também que você continue controlando suas receitas e despesas, corte gastos desnecessários e busque novas formas de poupar (um app de controle financeiro pode te ajudar nessa tarefa). Dessa maneira, você conseguirá investir mais dinheiro mensalmente e ficará cada vez mais próximo de alcançar a independência financeira.

E aí, o que achou do artigo? Quer receber outros conteúdos exclusivos sobre investimentos? Então, assine agora mesmo a newsletter do iDinheiro.

Continua após a publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.