Fiverr chega ao Brasil com ofertas de trabalho freelancer

A startup israelense Fiverr chegou ao Brasil, trazendo ofertas de trabalho freelancer. A plataforma liga pequenas e médias empresas a profissionais.

Isabella Proença
Isabella Proença

Desde a última terça-feira, 10, a Fiverr, startup israelense líder de ofertas de trabalho freelancer, passou a operar oficialmente no Brasil.

Embora a plataforma já fosse acessada por brasileiros, agora há uma versão inteira em português, além de possibilidades de pagamentos em real, por meio de boleto bancário e cartão de crédito.

Continua após a publicidade

Assim, a empresa abre oportunidades de negócios internacionais para os brasileiros, que que há clientes de todos os lugares do mundo no site.

Empresa traz ofertas de trabalho freelancer

A empresa, criada em 2010 pelos israelenses Shai Wininger e Micha Kaufman, opera atualmente em 160 países, oferecendo trabalhos pontuais para profissionais de diversas áreas.

Continua após a publicidade

Os serviços que podem ser oferecidos estão divididos em diferentes vertentes de negócios, com:

  • Programação e tecnologia;
  • Marketing digital;
  • Design gráfico;
  • Redação;
  • Tradução;
  • Vídeo;
  • Animação;
  • Design gráfico.

O grande diferencial da startup está na atuação, agindo como uma espécie de marketplace. No caso, ela permite que o trabalhador defina os preços e o objetivo de trabalho para as ofertas disponíveis.

Além disso, as ofertas de trabalho também são selecionadas por algoritmos, que as enviam para os freelancers que melhor se enquadram em cada demanda.

A plataforma fica com 20% do valor de todas as transações realizadas e o foco está nas pequenas e médias empresas que, por algum motivo, têm impedimentos para realizar contratações.

Outro serviço interessante disponibilizado pela organização israelense é o programa de microcrédito, que empresta até US$ 1.000 (cerca de R$ 5.400) para pequenos negócios utilizarem dentro da própria plataforma.

Continua após a publicidade

Cada empresa associada tem o direito de requisitar o recurso uma vez por mês.

Contratações da startup

No ano passado, mais de 3 milhões de contratações foram realizadas por meio do site em 400 categorias diferentes, fazendo o valor da startup triplicar.

Só neste ano, além do Brasil, a empresa também chegou na França, na Espanha e na Alemanha.

A vice-presidente de expansão internacional da empresa, Peggy De Lange, explica que boa parte do crescimento e da procura se deve à pandemia.

“Já enxergávamos no Brasil um cenário promissor para essa nova forma de trabalhar e a pandemia fez com que mais pessoas buscassem outras maneiras de exercer suas atividades e gerar renda”, explica.

Continua após a publicidade

Segundo uma pesquisa interna, 41% dos novos usuários do site estavam desempregados quando se cadastraram na plataforma. Por outro lado, 35% afirmaram que o isolamento social foi o motivo principal da busca por trabalho na startup.

Somente no Brasil, mais de 4 milhões de pessoas perderam o emprego nos últimos meses. 

Para obter mais informações sobre a Fiverr, acesse o site.

Esta matéria foi útil? Então, assine a newsletter do iDinheiro e receba nossas publicações diárias diretamente no seu e-mail!

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.