Descubra o que é crediário, como ele funciona e se vale a pena usar essa modalidade na hora de fazer as compras!

Confira o que crediário e veja se essa modalidade vale a pena na hora de fazer suas compras!

Julyana Andrade
Julyana Andrade

Você sabe o que é crediário? Apesar de não ser tão comum atualmente, essa modalidade é uma alternativa ao cartão de crédito. Confira!

Muito utilizado no passado, o crediário é um tipo de pagamento no qual o consumidor consegue pagar suas compras em parcelas. No entanto, em vez de a cobrança ser feita de forma digital, como ocorre com o cartão de crédito, o crediário utiliza um carnê (ou promissória) com a quantidade de folhas referente ao número de parcelas. 

Continua após a publicidade

Devido à popularização do cartão de crédito, o crediário deixou de ser uma das opções de pagamento mais usadas pelos brasileiros. No entanto, ainda existem lojas que disponibilizam o carnê e o crediário online.

Se você não é familiarizado com o crediário e quer entender melhor como funciona essa forma de pagamento. Então, acompanhe a leitura deste artigo!

Continua após a publicidade

O que é crediário?

Como mencionamos, o crediário funciona como um tipo de empréstimo. Por meio dele, é possível financiar a aquisição de bens e serviços. Ao optar por esse tipo de pagamento, o consumidor recebe um carnê com o valor das parcelas e a data de pagamento. Nesse caso, dependendo da loja e da instituição, é possível parcelar a compra em até 48 vezes. 

As parcelas contém valores fixos acrescidas de juros e correção monetária e o pagamento pode ser feito:

  • na própria loja;
  • em lotéricas;
  • agência bancária;
  • internet banking;
  • escâner.

Como funciona o crediário?

Assim como ocorre com o cartão de crédito, para conseguir abrir um crediário é preciso passar por uma análise de crédito feita pela própria loja, instituição financeira ou banco. O objetivo da análise é consultar o histórico de compras e verificar as chances de inadimplência.

Quando a análise é aprovada e as informações checadas, o consumidor já pode utilizar o crediário como forma de pagamento. Devemos deixar claro que em caso de atraso, os juros cobrados podem chegar até 6%. Por isso, vale a pena dispor de um bom planejamento financeiro para não perder o controle e se afundar em dívidas, ok?

Continua após a publicidade

Quais são as vantagens e desvantagens de comprar no crediário?

Entre as opções de empréstimos disponíveis no mercado, o crediário pode ser considerado um dos mais vantajosos. Isso porque a taxa de juros cobrada é menor e os prazos para parcelamento costumam maiores.

Logo pode ser visto como uma ótima opção para quem quer comprar um produto de valor mais alto. Além disso, a possibilidade de negociar o valor da compra e conseguir um bom desconto é maior.

No entanto, há também desvantagens que precisam ser consideradas. Embora a possibilidade de ter um prazo maior para quitar o pagamento da compra pode ser vista como uma vantagem, o risco de endividamento é maior, já que é preciso seguir à risca o planejamento financeiro para não comprometer o orçamento. 

Além disso, a burocracia para conseguir o crédito também pode ser considerada uma desvantagem, já que é preciso se submeter a uma análise de crédito, que pode ser bem rigorosa.

Continua após a publicidade

Outro ponto negativo do crediário é a falta de praticidade de alguns estabelecimentos. Acontece, que alguns comerciantes só permitem que as parcelas sejam pagas na própria loja. Isso significa que o consumidor precisa se deslocar todos os meses para quitar a dívida. 

O que precisa para abrir crediário em loja? 

Normalmente, cada instituição possui sua própria política de crédito. O intuito é controlar a taxa de inadimplência. Sendo assim, é comum que além da política de crédito interna, a loja utilize de outros recursos para analisar as chances de os clientes de conseguir assumir o compromisso financeiro.

Em geral, é solicitado na abertura de crediário:

  • documento de identificação pessoal;
  • comprovante de residência;
  • comprovante de renda;
  • contato de terceiros.

O que as lojas consultam para abrir crediário?

Além dos documentos citados, os lojistas podem fazer uma consulta aos serviços de proteção, como SPC e Serasa, para verificar se o consumidor possui dívidas pendentes. Outra forma de saber se o cliente é um bom pagador é conferindo, por meio do Cadastro Positivo, o seu histórico de compras dos últimos 12 meses. 

Essa ação, permite consultar o score de crédito do cliente. Nesse caso, um score alto significa que você tem maiores chances de arcar com suas despesas. Essa vantagem facilita a liberação do crediário. Para ter um score alto, basta manter o pagamento das contas em dia e dá preferência para o pagamento à vista.  

Continua após a publicidade

Quais são as lojas que fazem crediário online?

Mesmo que o crediário tenha perdido o protagonismo nos últimos anos para o cartão de crédito, ainda continua sendo aceito por diversas lojas. Podemos citar como exemplo:

  • Magazine Luiza — oferece o carnê Digital;
  • Casas Bahia — disponibiliza o carnê Casas Bahia e crediário online para compras na loja virtual;  
  • Lojas Cem — o carnê Lojas Cem é feito sem burocracia direto na loja;
  • Pernambucanas — o Crediário Pernambucanas permite que o cliente parcele suas compras em até 24 vezes; 
  • Americanas — também permite o parcelamento das compras em até 24 vezes.

Concluindo

Agora que você já sabe o que é crediário, fica mais fácil saber se ele é a opção ideal na hora de fazer qualquer tipo de aquisição. Lembre-se de avaliar quais são as taxas de juros cobradas no parcelamento, visto que, dependendo da incidência, o valor pode ficar muito mais alto do que o preço de venda.

Portanto, após a leitura deste artigo, podemos concluir que vale a pena comprar no crediário desde que você tenha total controle sobre as suas finanças. Afinal, além de ser mais uma forma de pagamento, o crediário pode ser uma opção mais viável no momento de adquirir um bem.

Dúvidas frequentes sobre o crediário

  1. Qual é a diferença entre crediário e cartão de crédito?

    Tanto o crediário quanto o cartão de crédito são formas de fazer compras parceladas. O que diferencia essas duas formas de pagamento é a quantidade de meses em que isso pode ser feito. Enquanto o cartão libera compras em até 12 vezes, o crediário pode chegar até 48 vezes.

  2. Tem como fazer crediário online?

    Sim. Algumas empresas e instituições oferecem a opção de crediário pela internet, chamado de Carnê Digital. É o caso da Magazine Luiza, Casas Bahia e Losango.

  3. Vale a pena fazer crediário?

    Depende. É preciso lembrar que há a incidência de juros. Antes de fazer a compra, é de suma importância fazer os cálculos para analisar a viabilidade desse tipo de empréstimo, pois podem existir outras formas de pagamento mais interessantes.

  4. Qual é melhor: crediário ou cartão?

    Depende. É preciso ver as condições que ambos oferecem para as compras. Dependendo da loja ou da instituição, os juros podem ser embutidos já no crediário, o que aumenta o valor do produto. Nesses casos, o cartão pode ser a melhor alternativa.

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.