Pesquisa do Procon-SP mostra diferença de até 50% entre tarifas de pacotes de banco

Diferença de tarifas podem chegar até a 50% a depender do banco. Pesquisa calculou a cobrança nos seis maiores bancos do país.

Cindy Damasceno

Um levantamento realizado pelo Procon-SP calculou a diferença entre as tarifas de banco cobradas no país. A pesquisa mostrou que o pacote com serviços essenciais podem ser até 50% mais caros a depender da instituição. O cálculo teve como referência as informações divulgadas pelas próprias instituições, em páginas oficiais, e se referem ao preço cobrado Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú, Safra e Santander

A maior diferença observada pela pesquisa, encabeçada pelo Núcleo de Inteligência e Pesquisas da Escola de Proteção e Defesa do Consumidor do Procon-SP, foi entre o Banco Safra e o Banco Itaú. Enquanto o primeiro pratica tarifa de R$ 31, o segundo cobra R$ 46,65 — uma discrepância de 50,48%.

Continua após a publicidade

O Banco Central obriga as instituições financeiras a oferecer pacotes com serviços básicos. São quatro modalidades no total, e a diferença entre as categorias está na quantidade de opções disponíveis ao cliente: podem ser adicionados, a depender do preço, serviços como inclusão dos itens sobre fornecimento de folhas de cheque e transferências por meio de DOC e TED. 

Já na comparação entre os chamados ‘serviços prioritários’, a diferença pode chegar a 900%. É o caso da tarifa para ‘compra de moeda estrangeira – cheque viagem’: ela custa R$ 25 no Bradesco e R$ 250 no Banco do Brasil.

Tarifas de banco: o que deve ser oferecido para o cliente

As instituições financeiras bancos são obrigadas a oferecer um mínimo de serviços para o cliente sem cobrar taxas. Veja quais os seus direitos:

  • Cartão de débito
  • Fornecimento de segunda via do cartão de débito (exceto nos casos de pedido de reposição decorrentes de perda, roubo, furto, danos e outros motivos que não sejam imputáveis ao banco
  • Quatro saques por mês
  • Duas transferências mensais entre contas da mesma instituição financeira
  • Dois extratos mensais contendo a movimentação financeira dos últimos 30 dias
  • Realização de consultas pela internet (como verificação de saldos, por exemplo)
  • Fornecimento do informe de rendimentos para Imposto de Renda
  • Compensação de cheques
  • Fornecimento de dez folhas de cheque por mês (desde que o cliente cumpra com os requisitos para utilização desse tipo de material)
  • Prestação de qualquer serviço por meios eletrônicos, no caso de contas cujos contratos prevejam utilizar exclusivamente meios eletrônico

Quer continuar acompanhando as novidades sobre o mercado financeiro? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações push. Se inscreva, também, no nosso canal do Telegram para receber todas as novidades.

Continua após a publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.