Senador propõe estender auxílio emergencial até 31 de março de 2021

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) apresentou um projeto para estender o pagamento do auxílio emergencial até 31 de março de 2021.

LilianCH
Lilian Calmon

Na última segunda-feira, 14, o relator do auxílio emergencial no Senado, o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) propôs estender o pagamento do auxílio emergencial até 31 de março de 2021.

Para tanto, o estado de calamidade pública também teria que ser prorrogado, a fim de permitir ao governo não ficar limitado pelo teto de gastos.

Continua após a publicidade

“Não podemos cogitar de subitamente retirar das famílias a renda que aqui garantimos. Enquanto o Parlamento trabalha para fornecer novos programas e soluções que garantam alguma segurança de renda às famílias vulneráveis à pobreza, é necessário criarmos um mecanismo que permita uma regressão lenta e controlada do auxílio emergencial”, disse Vieira para justificar a proposta.

Na fala, ele se referiu à intenção do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de criar um programa de transferência de renda mais robusto, que se chamaria Renda Cidadã, para substituir o Bolsa Família.

Com informações do Valor Econômico e UOL.

Estender o auxílio emergencial com valor de R$ 300

O “auxílio emergencial residual”, como classificou o senador, seria de R$ 300. “De fato, infelizmente, a pandemia não acabou e a vacinação ainda demorará alguns meses. Não podemos aceitar o fim formal do estado de calamidade se a calamidade continua”, afirmou ele.

Nos primeiros meses da pandemia, o governo custeou benefício de R$ 600 mensais para trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados. De setembro para cá, o valor foi reduzido para R$ 300. 

Publicamente, o presidente Bolsonaro tem chamado a atenção para o impacto disso nas contas públicas do país. Até o momento, o benefício, pago pela Caixa, está previsto para acabar este ano.

“Por conta da inércia do governo federal, é impossível ter um programa nacional de vacinação em execução antes de março de 2021. É preciso garantir o mínimo de estabilidade social até lá”, argumentou Vieira em perfil no Twitter.

Aproveite e leia também: “Projeto quer aumentar penas por recebimento indevido do auxílio emergencial”.

Quer acompanhar as notícias sobre auxílio emergencial até março? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações do Push.

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.